J.R. Petróleo Ltda., vai receber a honrosa Medalha AMIGO DA MARINHA

Entre as ilustres personalidades que no próximo dia 6 de novembro estará recebendo a Medalha AMIGO DA MARINHA, destaca-se também o jovem empresário Carlos Cabral Rebelo Junior – Diretor Presidente da J.R. Petróleo Ltda., a mais nova Distribuidora de Derivados de Petróleo da Amazônia, que dentro em breve estará funcionando em amplas instalações na área de Miramar em nossa capital.
Esse jovem empresário, que fez escola ao lado do seu genitor junto ao conceituado Grupo ICCAR, aparece na foto com o mesmo, que, inclusive, há alguns anos foi presidente da SOAMAR-PARÁ, onde marcou seu trabalho com muitas realizações, sendo portador do Mérito Tamandaré e do Mérito Naval, e sendo muito estimado nos meios navais. (Foto: Luis Celso).

Frequentador

O meu muito estimado Almirante Edervaldo, quando ainda Primeiro-Tenente da Marinha servindo em Belém, ainda no fulgor da sua mocidade, isto há mais de 30 anos, era frequentador do nosso inesquecível Iate Clube do Pará. Por ser um “PÉ-DE-VALSA”, fazia muito sucesso.

Longo Curso

Com o fim dos Radiotelegrafistas Fluviais, a Marinha proporcionou aos mesmos Adaptação no CIABA-Centro de Instrução “Almirante Braz de Aguiar”, todos oriundos da ENASA, alguns deles chegaram a Capitão-de-Longo Curso. Muito legal.

Visita

Depois de alguns anos o colunista estará visitando (antes do final deste ano) o porto de Vila do Conde, passando por diversos Terminais, inclusive o TECON. A nossa última visita ali foi a convite da Albrás, regressando somente no final da tarde.

Publicação

Se assim permitir o G.A.D.U, esperamos lançar até o final do próximo ano a nossa história, que inclusive envolve muitos bordejos pela “beira do cais” e pelos rios da Amazônia. Estamos contando com a colaboração de antigos companheiros.

Três Amigos

No próximo dia 13 de dezembro, quando é comemorado o “Dia do Marinheiro”, três bons amigos do colunista estarão sendo agraciados com a alta comenda do Mérito Tamandaré. São eles, o deputado estadual Celso Sabino, empresário Nabih Abou e o Prático da Barra, Miguel Salgado.

MARESIAS

Sem alardes a Drª. Helena Moscouso, vem realizando um excelente trabalho a frente da Diretoria de Gestão Portuária da CDP-Companhia Docas do Pará. Ela que é portadora de uma grande bagagem voltada para o serviço público, sendo a segunda mulher a desempenhar essa função em toda história da estatal.

O gentleman empresário e engenheiro Carlos Nascimento, futuro presidente da nossa SOAMAR-Belém, deverá antes do final do ano visitar o Contente Antártico, a convite da Marinha do Brasil. Pela sua fina educação, Carlos Nascimento ganhou a simpatia dos soamarinos de Belém. É gente da melhor qualidade.

As primeiras providências já estão sendo tomadas pela Diretoria do SINDARPA-Sindicato das Empresas de Navegação Fluvial Lacustre e das Agências de Navegação, a frente o nosso especial amigo economista Eduardo Carvalho, para a possível realização, no próximo ano, de mais um TRANS em nossa capital de âmbito internacional.

Sempre é bom lembrar que FUNÇÃO PÚBLICA – POLÍTICA é passageira, ao contrário dos amigos, isto sempre publicava na sua coluna do “O JORNAL” em Manaus, o saudoso amigo Advogado e Jornalista Phelipe Daou, que foi um dos maiores empresários de comunicação da Amazônia. Trabalhamos juntos no “O JORNAL”, eu como Radiotelegrafista.

Sem alardes está sendo construído, por encomenda, um catamarã com capacidade para transportar 200 passageiros, que deslocará 30 milhas horárias das mesmas especificações daqueles que foram construídos em Belém, para o Governo de São Paulo, que estão atendendo a rota Santos/Guarujá/Santos.
Eu volto.

Sem nenhum constrangimento continuamos afirmando, que não existe nenhum interesse em atacar quem quer que seja, inclusive órgãos públicos. As informações, quando de fontes precisas, serão publicadas. Há 47 anos em o “O LIBERAL” jamais tivemos qualquer nota censurada, do contrário, só elogios pelas precisas informações.

Pela seriedade da coluna e conceito elevado, sempre destacamos os mais importantes convites, um deles inesquecível, foi para um almoço a bordo do luxuosíssimo iate do americano Forbes, quando o mesmo transitou por Belém há alguns anos passados, rumo à cidade peruana de Iquitos. Meu saudoso e querido Rômulo Maiorana fez até um registro especial no REPÓRTER 70, que guardo até hoje, com muito carinho.

BEIRA DO CAIS

Há alguns anos passados as regiões dos rios Tocantins e Araguaia eram atendidos pelos barcos conhecidos como “marabaenses”, que abasteciam o comércio das cidades paraenses, maranhenses e goianas, localizadas nas margens dos rios, como Imperatriz, inclusive. No retorno para Belém, mesmo enfrentando as cachoeiras do Itaboca e Capitaquara, traziam grandes partidas de castanha e outros produtos. Meu amigo Dhélio Mutran, deve se lembrar muito bem. Hoje, lamentavelmente, o rio Tocantins continua fechado, estagnando o desenvolvimento da região. Até quando?

vMuita gente não sabe, mas o empresário Carlos Cabral Rebelo, ainda muito jovem, foi Prefeito do município de Senador José Porfírio, com muitas realizações, inclusive, sendo até hoje uma grande potência política da região do Xingu. Gente da melhor qualidade.

Se faz da mais absoluta necessidade a construção de pelo menos dois Terminais Fluviais de Passageiros em nossa capital. Um nas proximidades do Porto do Sal e outro na Praça Princesa Isabel, na Condor, para evitar embarque e desembarque através de “portinhos” sem as mínimas condições de segurança. Esta na hora, Zenaldo.

A cábrea “Rio Branco” continua chamando atenção no porto de Belém, sem nada fazer, considerada como um “elefante branco” da CDP. O melhor faturamento desse equipamento foi há mais de 30 anos atrás, ou seja, quando da construção da hidrelétrica de Tucurui. Na administração de Clithio, passou por uma revisão, na BNVC, que envolveu uma grana bem alta.

Numa gentileza que lhe é peculiar, o prezado amigo CMG Fábio da Silva Andrade, Comandante do CIABA, a nossa Universidade do Mar, enviou para o colunista o bonito Diploma de “Amigo do CIABA”, acompanhado de dois bonés, muito especiais, que serviram para os bordejos do colunista nos finais de semana. Meu muito obrigado. (AS).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next