Graças a Secretaria Nacional de Portos a Capitania dos Portos da Amazônia Oriental – CPAOR terá sua nova sede em Miramar

No dia 03 de março será assinado o acordo entre a Companhia Docas do Pará (CDP) e o 4º Distrito Naval para mudança da Capitania dos Portos para novas instalações. A medida é importante porque além de possibilitar melhorias nos trabalhos da Capitania, a presença da Marinha do Brasil trará segurança à área da antiga residência dos diretores e do presidente da CDP. Um revitalização que chega em boa hora.
Aliás, o Secretário Nacional de Portos, Luiz Otávio Campos, assinou com o governador Amazonino Mendes um termo transitório valido por 180 dias para que o governo do Amazonas possa atuar como autoridade portuária naquele estado. A medida visa evitar um vácuo na gestão portuária durante o processo de liquidação da Companhia Docas do Maranhão (Codomar).
Diante da boa vontade e interesse da Secretaria Nacional de Portos, futuramente a Capitania dos Portos da Amazônia Oriental – CPAOR passará a funcionar em amplas instalações, com vazão para a baia de Guajará. Esse Almirante Edervaldo é mesmo um grande PÉ QUENTE. Na foto o Dr. Luiz Otávio tendo ao seu lado duas grandes lideranças do setor os armadores Eduardo Carvalho e José Rebelo – III e o armador paraense Carlos Bannach. (Foto: Luis Celso).

Navio Auxiliar Pará realiza ACISO com atendimento de saúde em Macapá

O Navio-Auxiliar Pará, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte, ofereceu atendimento básico de saúde em apoio às comunidades de Macapá (AP), como parte das atividades desenvolvidas nas Ações Cívico Sociais (ACISO) no aniversário da cidade. Na ocasião, foram realizados 178 atendimentos médicos, 77 odontológicos, 237 exames laboratoriais, 43 exames preventivos contra o câncer de colo de útero, 39 mamografias e 113 atendimentos de enfermagem, bem como a distribuição de 2535 medicamentos. A presença do Navio, além de abrilhantar as comemorações alusivas aos 260 anos da cidade de Macapá, permitiu estreitar os laços da Marinha do Brasil com a população local.

Movimentação

Conforme era esperado, foi muito grande a movimentação de passageiros neste último Carnaval nas travessias Belém/Marajó, Belém/Arapari e Carapajó/Cametá. Tudo correu dentro da normalidade.

Praticagem

Já tem sangue novo na ZP-1 (Praticagem do Rio Amazonas), por sinal, a maior do mundo. Novos PRÁTICOS foram recentemente qualificados pela Capitania dos Portos da Amazônia Oriental – CPAOR.

Mercantes

Mesmo com um número bem expressivo de mercantes brasileiros desempregados, ainda tem empresa de navegação de capital estrangeiro que opera na cabotagem brasileira contratando marítimo peruano.

Convite

O vice-almirante Edervaldo Teixeira de Abreu Filho-Comandante do 4º Distrito Naval, está convidando o colunista para a cerimônia militar alusiva aos 100 anos da Capitania dos Portos de Santarém.

Maior Furto

Maior furto de combustível no Amazonas gerou prejuízos de quase dois milhões e a Polícia deflagrou operação para prender a quadrilha, que já vem atuando há bastante tempo nos rios da Amazônia.

Atenção

Numa atenção muito especial do Secretário Nacional de Portos, o Dr. Luis Otávio de Oliveira Campos, esse importante órgão do Ministério dos Transportes liberou os pedidos do Governador do Amazonas.

MARESIAS

Neste último Carnaval o Terminal Hidroviário “Luiz Rebelo Neto”que funciona no cais do porto, movimentou cerca de 28.000 passageiros, sem nenhum problema, isto graças a organização imprimida pela CPH – Companhia de Portos e Hidrovias.

O catamarã “PARÁ” – Navio Auxiliar da Marinha do Brasil, voltou ao tráfego novinho em folha, inclusive com novos propulsores. Esse bi-casco faz parte da Força-Tarefa do Grupamento de Patrulha Naval do Norte – 4º Distrito Naval.

O grande empresário paraense do setor Washington Cordeiro, presidente do Grupo Norte Empreendimentos, de Vila do Conde-Barcarena, ainda não sabe, mas brevemente vai receber uma importante honraria, mas isto depois eu conto.

Sem favor nenhum a grande revelação nacional da área portuária, em termos nacionais em 2017, foi o paraense Dr. Luis Otávio de Oliveira Campos, Secretário Nacional de Portos, no importante órgão do Ministério dos Transportes.

Muita gente não sabia mas o porto de Manaus (RODWAY) por muitos anos vinha sendo administrado pela CODOMAR – Companhia Docas do Maranhão, que no momento se encontra em processo de extinção, conforme Decreto recente do Governo Federal.

Elogiável sobre todos os aspectos a atenção muito especial que o nosso querido amigo Dr. Luis Otávio de Oliveira, Secretário Nacional de Portos vem dando para o estado do Pará. Isto desde quando assumiu essa função.

Na beira do cais tudo se sabe. Comentários diversos sobre o acidente que envolveu o navio de cabotagem “Mercosul Santos” e o comboio fluvial da empresa amazonense Bertolini. Uma outra versão está surgindo sobre o assunto. Eu volto.

A sede própria da secular Praticagem da Barra, projetada pelo nosso Arquiteto Aurélio Meira, deverá ser inaugurada no decorrer deste ano, com vazão para a Guajará, já está sendo considerada uma verdadeira obra de arte.

Esse grande Almirante, meu amigo Edervaldo, chegou com o pé direito no Comando do 4º Distrito Naval.

No próximo domingo vamos trazer em absoluta primeira mão mais uma grande vitória, marcando o seu extraordinário trabalho. Aguardem.

BEIRA DO CAIS

A coluna, como sempre bem informada, pode adiantar que já tem pelo menos dois interessados no Terminal SOTAVE, localizado na Ilha de Outeiro, com calado para navios de até 70 mil toneladas. Esse Terminal próprio da CDP – Companhia Docas do Pará, estará brevemente indo a leilão. Foi construído especialmente para o embarque de grãos, por uma empresa particulare , mesmo antes de operar passou para a Portobrás, órgão do Governo Federal, que já foi extinto. Resta, portanto, aguardar.

Uma equipe do mais alto nível vem atuando no Gabinete do Secretário de Portos, Dr. Luis Otávio de Oliveira Campos, colocando sempre a imprensa especializada muito bem informada. Na verdade esse órgão nunca funcionou tão bem como agora, consignando muitos elogios de todo sistema portuário brasileiro.

Em pleno domingo de Carnaval o nosso muito estimado Vice-Almirante Alípio Jorge Rodrigues da Silva, lá do Rio de Janeiro manteve um cordial contato em linha direta com o colunista, ao seu lado estava, inclusive, outro bom amigo, o ilustre Professor Mecenas Gonçalves, que passou também pela Marquês de Sapucaí.

A Capitania dos Portos da cidade de Santarém, que está completando um século de atividades, tem uma movimentação muito grande com um número bastante expressivo de embarcações fluviais, dos mais variados tipos registradas, tendo hoje no seu Comando o ainda jovem Capitão-de-Fragata Robson Carneiro, que assumiu recentemente essa importante função. Tem diversos municípios sob a sua jurisdição. (AS).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next