Atual Presidente da SOAMAR-Belém tem como meta principal o início da construção da sede própria da entidade

Num encontro informal com a amiga de muitos anos, a bela empresária Drª. Sonia Guedes, presidente da SOAMAR-Belém, que aparece na foto com o nosso grande Almirante Edervaldo – Comandante do 4º Distrito Naval e o mais novo AMIGO DA MARINHA de nossa capital, empresário Carlos Rebelo Junior, ela falou de importantes projetos sociais que pretende colocar em prática através da SOAMAR, um deles em parceria com a SOAMAR-Santarém, cidade de hoje tem como Capitão dos Portos o brilhante Capitão-de-Fragata Robson Ferreira.
Uma das metas da Drª. Sonia Guedes, com irrestrito apoio da sua diretoria e especialmente de sua excelência vice-almirante Edervaldo, presidente do Conselho Superior da entidade, é dar partida o mais breve possível na construção da sede própria da SOAMAR, cujo terreno já foi doado pelo 4º DN. Foto: Luis Celso.

Empresário Carlos Rebelo – um grande colaborador da nossa Marinha desde quando Presidente da SOAMAR

O conhecido e conceituado empresário Carlos Cabral Rebelo, hoje voltado para o comércio de derivados de petróleo, ele que aparece na foto com o colunista, sempre que necessário colabora com a nossa Marinha do Brasil, tendo inclusive doado uma Lancha para a Capitania dos Portos da Amazônia Oriental-CPAOR, quando Comandante do 4º Distrito Naval o nosso muito estimado Almirante Edlander Santos, que, para satisfação do seu grande grupo de amigos, reside em Belém.
Esse grande empresário, que foi presidente da SOAMAR-Belém, portador inclusive de altas comendas do Mérito Tamandaré e do Mérito Naval, com certeza absoluta estará também colaborando para que a sede própria da SOAMAR se torne realidade. De boníssimo coração, Carlos Rebelo é muito conceituado nos meios navais. (Foto: Luis Celso).

Impressionado

O armador e empresário de mineração, Cipriano Sabino de Oliveira, deixou na Semana Passada o Comando do 4º Distrito Naval impressionado com a extraordinária inteligência e educação do Almirante Edervaldo-Comandante do 4º DN.

Empurradores

O estaleiro Rio Maguari como o maior e melhor da Amazônia, vai terminar a construção de três super-empurradores que tiveram suas construções iniciadas em Manaus, destinadas a grande empresa HB-Hidrovias do Brasil.

Recomendação

A empresa de Navegação Posidônia, está sendo recomendada a cumprir regularmente as normas recomendadas pela ANTAQ-Agência Nacional de Transportes Aquaviários, do contrario serão aplicadas as penalidades. Essa empresa opera no sudeste.

Presença

A Aliança Navegação e Logística confirmou presença na INTERMODAL South America em São Paulo com um movimentado STAND. Aliás, essa empresa da Hamburg Sud, incorporou recentemente à sua frota mais dois novos navios, já em tráfego.

Despedidas

Pelas informações chegadas ao colunista, já tem gente de Belém arrumando as gavetas, porque o “reinado” está chegando ao fim. Dizem, inclusive, que o PASTOR vem ai, com toda sua bagagem. Mas isto logo, logo eu conto com detalhes.

Comentário

Na beira do cais, tudo se sabe. Comentários de que já é conhecido o nome dos culpados referentes ao acidente que envolveu o navio de cabotagem Mercosul Santos e o Comboio Fluvial da Bertolini, ocorrido no Rio Amazonas. Eu não sei…

MARESIAS

A quem interessar possa. O jornal “O LIBERAL” faz parte da vida deste colunista, não só familiarmente, mais também profissionalmente. Destas mais de quatro décadas jamais tivemos uma qualquer nota censurada, ao contrário, somente elogios.

Em recente evento ligado ao setor, encontramos Flávio Acatauassu, técnico de alto nível da nova geração que, com certeza, faria o mesmo sucesso que o seu genitor, Carlos Acatauassu, fez na presidência
da nossa CDP.

A dinâmica dupla da Capitania dos Portos, meus amigos Comandante Santiago e Smith, sempre alinhados, trabalham desde agora montando um especial esquema de segurança para a Semana Santa, quando o movimento de passageiros aumenta.

O colunista guarda como verdadeira relíquia a Carta enviada pelo Almirante-de-Esquadra Hernani Goulart Fortuna, ao ser transferido para a Reserva da Marinha. Ele, CMG, foi Capitão dos Portos em Belém e, como vice-almirante, Comandante do 4º DN.

Tudo está caminhando muito bem para que aconteça o aumento de calado na Barra Norte, no estado do Amapá possibilitando com essa providência a entrada de maiores navios no Rio Amazonas. Isto, com certeza, será muito bom. Eu volto.

O nosso bom amigo Almirante (RM-1) Murilo Barbosa, presidente da Associação de Terminais Portuários, que bordejou por Belém e também grande entusiasta do aumento de calado do Quiriri, que dá acesso para o porto de Vila do Conde.

A qualquer momento poderá ser publicado Edital de Licitação referente ao leilão de diversas áreas portuárias vinculadas a CDP-Companhia Docas do Pará. Seria muito bom se o dinheiro arrecadado se destinasse aos cofres da estatal.

Com a entrada dos Comboios Fluviais da CIANPORT, vai aumentar o tráfego na rota Miritituba/Vila do Conde, no transporte de grãos para exportação. Seus comboios sofreram atraso na construção, segundo comentários da beira do cais.

O bom caráter Comandante Robson Ferreira, Capitão dos Portos de Santarém em linha direta com o colunista, formulou agradecimentos pelo destaque dos 100 anos dessa importante OM. Gente fina é outra coisa. Meu abraço amigo.

BEIRA DO CAIS

Já tem gente “cercando” a presidência da CPH-Companhia de Portos e Hidrovias, órgão do Governo do Estado, já que brevemente Alexandre Von deixará essa função para disputar um cargo político. Entre os candidatos tem um conceituado Oficial Superior da Reserva da Marinha, que tem um bom padrinho político.

Daqueles Terminais Fluviais anunciados há três anos passados em importante encontro na FIEPA-Federação das Indústrias do Estado do Pará, todos eles ficaram só na promessa do DNIT-Ministério dos Transportes, na ocasião Sérgio Passos e outro políticos vieram a Belém para anunciar. Mas um conto de vésperas de eleições.

Nosso bom amigo engenheiro naval Fábio Vasconcellos, um dos poucos na Amazônia que é detentor da importante comenda do Mérito MAUÁ, graças a sua elevada capacidade foi nomeado Membro de importante entidade ligada a CNI, ele que é presidente do SINCONAPA – Sindicato das Indústrias de Construção Naval do Estado do Pará.

Já se comenta no setor que nesta próxima temporada de navios de turismo estrangeiro, o número deles deverá ser maior que o do ano passado, podendo chegar a 25 transatlânticos que cruzarão o rio Amazonas até Manaus com escalas em Álter-do-Chão e Boca da Valéria.

Graças à interveniência do Secretário Nacional de Portos, Dr. Luis Otávio de Oliveira Campos, o Governador do Amazonas conseguiu junto ao Ministério dos Transportes a liberação de áreas portuárias interioranas para construção de Terminais Fluviais que se fazem da mais absoluta necessidade. Eu volto com melhores detalhes sobre o assunto. (AS).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next