Na reta final as providências para o completo sucesso do TRANS-2018 importante evento promovido pelo SINDARPA no HANGAR

Todas as providencias estão sendo finalizadas pelo SINDARPA para o sucesso absoluto do TRANS – 2018, que acontecerá nos dias 19, 20 e 21 no HANGAR, cujo objetivo principal será a integração da Região Pan-Amazônica junto ao Brasil e a comunidade logística internacional, através de importantes debates e de grandes negócios, também ligados ao setor fluvial inclusive. Grandes expositores estarão presentes prestigiando o importante acontecimento.
Importantes autoridades ligadas ao setor já confirmaram presenças, no momento destacamos o Comandante Erick Medeiros-Diretor do DNIT representando o Ministério dos Transportes, Dr. Luiz Otávio de Oliveira Campos-Secretário Nacional de Portos, engenheiro Adalberto Tokaski – Diretor Geral da ANTAQ-Agência Nacional de Transportes Aquaviários, ainda mais o presidente da FENAVEGA Raimundo Holanda.
Na foto o presidente do SINDARPA Eduardo Carvalho com o Almirante Edervaldo Teixeira de Abreu Filho Comandante do 4º DN com o colunista.

Novo Porta-Helicópteros da Marinha recebeu indicativo de costado chegando ao Brasil em agosto

Novo Porta-Helicópteros da Marinha do Brasil recebe indicativo de costado. Como parte do processo de transferência para a MB, o HMS “Ocean” recebeu, seu novo indicativo de costado na cidade de Plymouth, Inglaterra. Ao ser incorporado a Marinha do Brasil, recebeu o nome PHM Atlântico e será empregado em operações aéreas com helicópteros, operações anfíbias com tropas de fuzileiros navais e em missões de controle de área marítima para proteção de linhas de comunicações marítimas.
Além disso, conduzirá atividades de apoio logístico, de caráter humanitário, de auxilio a desastres naturais e de apoio a operações de manutenção da paz. Mostra de Armamento do PHM Atlântico à MB será realizada m 29 de junho, sendo a conclusão do processo de transferência do navio prevista para o final de julho e sua chegada ao Brasil em agosto. Foto exclusiva para a coluna.

Grande feito da Praticagem da Barra do Pará que foi inclusive destaque nacional

Está enganado quem pensa que a nossa secular Praticagem da Barra do Pará, só faz manobras para atracação de navios, ainda recentemente através de um pedido de socorro atendeu um navio mercante nas proximidades de Icoaraci, ou seja, o “ATALANTA” de grande porte, evitando que o pior acontecesse, a embarcação estava com um grande carregamento de trigo, atracado no Terminal SOTAVE, quando os cabos partiram, ficando o mesmo quase a deriva, mais graças a imediata providencia da Barra do Pará, que com uma lancha e um Prático a bordo evitou um acidente de grandes proporções. Nota 10, inclusive para o Prático profissional de alto nível que merece uma homenagem muito especial.

Obedecendo as devidas recomendações, como sempre faz a HENVIL TRANSPORTES, está devidamente alinhada, para atender as férias de julho na rota do Marajó com o mais absoluto conforto e segurança utilizando, como informamos anteriormente os dois maiores ferry-boats do Brasil para o transporte de viaturas e passageiros, o já conhecido “São Gabriel”, agora também o “Rainha da Condor”, este por sinal aparece na foto em plena Guajará.
Justiça se faça mais a HENVIL capitaneada pelo armador Daniel Pereira, ao longo dos anos vem contribuindo para o desenvolvimento do nosso estado, focada especialmente para a região do Marajó. (Foto: Luis Celso).

MARÉ ALTA

O pronto atendimento da nossa secular Praticagem da Barra ao navio mercante “ATALANTA” evitando com isto um acidente de grandes proporções, isto aconteceu nas proximidades de Icoaraci. O chamado do SOCORRO foi atendido de imediato através de uma das Lanchas dessa entidade, com um PRÁTICO abordo.

MARÉ BAIXA

Para algumas empresas de navegação, que com “rebates” oferecidos procuram fazer uma Concorrência desleal, com relação aos fretes, muito especialmente na rota de Macapá e do baixo Amazonas até Santarém, essa prática já vem acontecendo há bastante tempo, por isto talvez muitas delas não honram seus compromissos financeiros.

MARESIAS

A Delegacia do SINDMAR-Sindicato Nacional dos Oficiais da Marinha Mercante está convidando associados e outros marítimos interessados para Palestra Sobre Previdência Social que será realizada no dia 25 deste mês, tendo como palestrante Técnico Previdenciário Rosenil Barros. Serão abordados importantes itens, inclusive condições essenciais para obter o direito de benefícios. Muito bom, para todos.

De extraordinária importância para o Comando do 4º Distrito Naval, a instalação em Belém do Esquadrão de Helicópteros, considerando que o mesmo tem Jurisdição nos rios e no mar, muitas vezes necessitando de uma Operação de Socorro mais rápida que através dos Navios do Grupamento de Patrulha Naval do Norte. Sua instalação em nossa capital, se não ocorrer acidente de percurso será ainda neste ano.

Os Práticos que atuam também na Amazônia Ocidental, ainda não se conformaram, vão continuar na luta, para “esticar mais um pouco” a sua Jurisdição, chegando até a cidade de Parintins, algumas milhas fora de Itacoatiara, com isto e não poderia ser ao contrario a ZP-1 não concorda, porque na verdade seria um absurdo, já que Parintins é uma ILHA e tudo ficaria mais difícil para os profissionais da ZP-1.

O Grupo Norte, que funciona em Barcarena-Vila do Conde, que vai completar apenas 11 anos de atividades, é hoje o maior Operador Portuário do Estado do Pará, sendo inclusive pioneiro no embarque de minérios por Bacia Metálica no Porto de Vila do Conde, isto inclusive já foi destaque nacional, graças a coluna através o Portal da Navegação, isto deve-se ao dinamismo de sua diretoria a frente Washington Cordeiro.

Muita gente não sabe, mais o porto de Vila do Conde continua liderando o embarque de bois vivos, mesmo com o navio “HAIDAR que permanece no mesmo local, e em conseqüência impedindo a utilização de mais dois Berços. No ano passado (2017) foram exportados através de Vila do Conde 267 mil bois representando 66% do total do País. Com a retirada do “HAIDAR” com certeza vai aumentar mais isto ninguém sabe quando.

Hoje existem em Belém, “encalhados” sem operar quatro ótimos navios fluviais convencionais, deles por incrível que pareça, pertence ao Governo do Estado, trata-e do “Barcarena”, irmão gêmeo do navio “Soure” que se encontra em pleno trafego, considerado um dos melhores no transporte de passageiros em viagens rápidas com a bandeira da conceituada empresa de navegação BANAV. Um mistério… Depois eu volto. (AS).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next