Importantes autoridades prestigiaram com suas presenças o TRANS – 2018 realizado no Hangar pelo SINDARPA

Na foto o presidente do SINDARPA e do MPL armador empresário economista Eduardo Carvalho, com o presidente da Assembléia Legislativa do Pará – ALEPA, Deputado Márcio Miranda e o Secretário Nacional de Portos, Dr. Luiz Otávio de Oliveira Campos, que participaram da Mesa Oficial. Ambos fizeram importantes pronunciamentos voltados para o setor.
Segundo avaliação, esse evento foi considerado como um dos mais bem organizados voltados, não só para o transporte fluvial, mas para todos os demais modais, que também poderão ter vez na Amazônia, para o seu maior desenvolvimento. A Carta denominada ALYRIO SABBÁ diz tudo, e já se encontra na mesa do Ministro dos Transportes, elaborada pela FENAVEGA em meio o referido TRANS. (Foto: Luis Celso).

Exportação de Bois Vivos vai aumentar através do porto de Vila do Conde

Em função dos problemas que envolveram o porto de Santos, hoje o mesmo concentra apenas 6% de exportação de bois vivos e com a liberação pela Capitania dos Portos da Amazônia Oriental – CPAOR de mais dois berços, o porto de Vila do Conde passará neste próximo semestre a exportar maior número desses animais para o Líbano e Turquia.
Enquanto isto o Ministério dos Transportes, acaba de publicar o Edital de Concorrência para a reflutuação do navio – boiadeiro “Haidar” que naufragou num dos berços de Vila do Conde há mais de dois anos sacrificando cinco mil animais.

Diversos Terminais Fluviais serão inaugurados no decorrer deste próximo semestre

Em meio a palestra do Diretor do DNIT no TRANS-2018, Comandante Eric Medeiros, que representou também o Ministro dos Transportes, Valter Casimiro, foi apresentado os Terminais Fluviais que estão sendo construídos em nosso Estado em diversos municípios, por sinal, quatro deles estarão sendo inaugurados dentro em breve, todos eles com a supervisão técnica da AHIMOR, que nunca funcionou tão bem como agora, sob a direção dos grande expert Dr. Miguel Fortunato.
Sem favor nenhum, deve-se a construção desses Terminais ao trabalho do Deputado Lucio Vale, junto ao Ministério dos Transportes em Brasília.

Curso de formação de pescador profissional em Vista Alegre-PA

A Comunidade de Vista Alegre, em Marapanim-PA recebeu pela primeira vez o Curso de Formação de Pescador Profissional, ministrado pela Marinha do Brasil, por meio da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental. O curso foi realizado no período de 18 a 26 de junho, no salão paroquial de Vista Alegre.
Sessenta pessoas da comunidade foram capacitadas para exercer atividades de pescador com qualificação e segurança.
O curso contou com o apoio da Praticagem da Barra do Pará e da Paróquia Nossa Senhora do Livramento.

Carta do TRANS

A Carta do TRANS-2018, denominada ALYRIO SABBÁ, assinada pela FENAVEGA, SINDARPA e mais cinco Sindicatos ligados ao setor, com uma serie de reivindicações, já aterrissou no Gabinete do Ministério dos Transportes em Brasília.

Exportação

Por tudo que estão informando, a exportação de bois vivos através do porto de Vila do Conde deverá aumentar no decorrer deste próximo semestre, especialmente agora com a liberação dos dois Berços, pela Capitania dos Portos. Muito bom.

Contribuição

O Grupo Norte Empreendimentos, que graças ao dinamismo da sua diretoria vem contribuindo também para o desenvolvimento o município de Barcarena, em diversos aspectos, inclusive na área da saúde, com o Hospital São José de primeiro mundo.

Importância

Sem favor nenhum, o TRANS-2018 promovido pelo SINDARPA foi um grande sucesso e vai trazer muitos e muitos benefícios para toda a Amazônia. O SINDARPA conseguiu reunir em Belém as mais importantes autoridades ligadas ao setor, coisa nunca vista.

Sindicato

O SINDMAR-Sindicato Nacional dos Oficiais da Marinha Mercante, com sede no Rio de Janeiro e Delegacia em diversas cidades brasileiras, inclusive em Belém, é o grande defensor dos marítimos brasileiros, com destaque internacional.

Mulheres

No dia 17 de julho o Corpo Feminino estará comemorando condignamente 36 anos, com uma grande novidade, ou seja, ascender até o Posto de Almirante, como, aliás, já aconteceu na área de Saúde. A Marinha foi pioneira na admissão de mulheres no seu Quadro.

BEIRA DO CAIS

A Praticagem da Barra do Pará, com mais de 100 anos de atividades, é hoje uma das mais bem organizadas da América Latina e faz parte do desenvolvimento do nosso Estado. A entidade goza de elevado conceito junto às autoridades navais.

Através do Portal da Navegação a coluna é leitura também na Representação do Brasil junto a IMO em Londres – Inglaterra, isto
há bastante tempo, inclusive quando o nosso companheiro Darlei Pinheiro representou os marítimos brasileiros na capital inglesa.

O presidente do SINDARPA Eduardo Carvalho teve a gentileza de entregar pessoalmente os Diplomas do TRANS, a todos os participantes que com seus stands contribuíram para o grande sucesso do evento que ficou marcado na história dessa entidade.

Muita gente não sabe, mas a CNA – Companhia de Navegação da Amazônia, quando ainda com sua sede funcionando em Belém operou por um bom período na hidrovia Tietê-Paraná no transporte de etanol, ainda pertencia ao Grupo LIBRA. Não teve grande sucesso.

Pelo que se observa nos comentários ligados ao setor portuário e pelas providencias que estão sendo tomadas, todas as companhias docas do Brasil, caminham para serem privatizadas, entre elas a nossa CDP – Companhia Docas do Pará.

Sobre o assunto as entidades ligadas ao setor portuário, tendo a frente a Federação Nacional dos Portuários, já estão se mobilizando para um encontro nacional na pauta também a defesa do PORTUS, cuja situação se agrava a cada dia, prestes a naufragar.

O jovem engenheiro Flávio Acatauassu, que já exerceu importantes funções no setor inclusive em Brasília, mestre inclusive em finanças e logística, é a mais nova aquisição da CPH – Companhia de Portos e Hidrovias, importante órgão do Governo do Estado.

Colocado em funcionamento o projeto para a Barra Norte, navios maiores, que os que estão operando, poderão cruzar o rio Amazonas conduzido pelos Práticos da ZP-1 até Itacoatiara e dela até Manaus por outros profissionais da ZP-1.

O porto de Itaqui em São Luiz do Maranhão, hoje devidamente estadualizado e administrado pela EMAP, teve um grande desempenho neste primeiro semestre de 2018 especialmente na exportação de grãos. Esse porto está hoje na lista dos mais movimentados do Brasil.

A Coluna retorna na próxima sexta-feira. (AS).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next