COMARA órgão da Aeronáutica operando nos rios da Amazônia dando apoio a um grande numero de Aeroportos

Hoje a coluna faz uma homenagem muito especial ao Brigadeiro Ricardo Campos (foto) – Comandante da Ala – 9, onde realiza um grande trabalho, ele que antes tinha servido a capital paraense, sendo conhecedor de todos os problemas da região, por sinal muito estimado no setor bem como na como na sociedade de Belém.
Muita gente não sabe, mais ele está diretamente também ligado a navegação fluvial, na qualidade de presidente da COMARA, órgão que é o braço fluvial da Aeronáutica na Amazônia, sediado em Belém com cerca de 19 comboios fluviais dando apoio logístico a um grande numero de aeroportos espalhados pela Amazônia Oriental e Amazônia Ocidental, com embarcações especializadas construídas no seu próprio estaleiro em nossa capital. (Foto: Luis Celso).

SINDARPA está de olho nas empresas fluviais de passageiros que fazem a região das Ilhas

Chegando ao SINDARPA – Sindicato das Empresas de Navegação Fluvial Lacustre e das Agencias de Navegação do Estado do Pará, que na região das Ilhas, especialmente na rota da cidade de Breves, tem empresa de navegação operando embarcações no transporte de passageiros, sem as condições exigidas, prejudicando seriamente aquelas que oferecem o melhor, seguindo fielmente as exigências do órgão competente.
Sem favor nenhum, podemos afirmar que na mesma operam dois catamarãs, que além do conforto, oferecem absoluta segurança, cobrindo o percurso até Breves em tempo recorde, ambos pertencem a frota da tradicional empresa de navegação Bom Jesus, com mais de meio século atendendo a região das Ilhas no transporte de cargas e passageiros, sem registrar qualquer problema.

TECON de Vila do Conde operando moderno guindaste para melhor atender seus clientes

O novo guindaste MHC do TECON – VILA DO CONDE que entrou em operação neste mês em substituição a equipamento já existente consegue carregar até dois contêineres ao mesmo tempo e tem capacidade de içar até 125 toneladas – característica importante para cargas de projeto. No primeiro semestre, a companhia já tinha adquirido dez caminhões e três empilhadeiras Reach Stacker – uma para contêineres vazios e duas para contêineres cheios.
O projeto de modernização e ampliação do Tecon Vila do Conde vai aumentar a produtividade do terminal e elevar o nível de serviço e atendimento ao cliente. Prevê investimentos de R$ 37,2 milhões até 2019, totalizando R$ 129,04 milhões até 2033. Um total de R$ 19 milhões já foi investido no primeiro trimestre em equipamentos.
De acordo com Marlos Tavares, diretor de operações da Santos Brasil, os investimentos visam a melhora do nível de serviço aos clientes. “Com a entrada em operação dos novos equipamento”.

Lanchas de Apoio

As velozes lanchas de apoio a Praticagem da Barra do Pará, além de transportarem os Práticos para manobras dos navios mercantes, nos seus bordejos fazem outras observações, inclusive voltados para o meio ambiente, comunicando de imediato qualquer anormalidade a Capitania dos Portos.

Primeiro Mundo

É incontentável, obra de primeiro mundo o Porto Futuro, que está indo de vento em popa na orla marítima e portuária de nossa capital, que após a sua conclusão será sem duvida alguma a maior atração turística de nossa capital, igual do Rio de Janeiro. Anotem para confirmar ainda neste ano.

Homenagem

O colunista recebeu ontem das mãos do empresário santareno Francisco Miranda, presidente da SOAMAR dessa importante cidade do Tapajós, o Diploma e Distintivo de Amigo da Capitania Fluvial de Santarém, que foi outorgado pelo seu Comandante Capitão de Fragata Robson Ferreira Carneiro. Thanks.

Notícia Triste

Noticia triste, foi o brusco falecimento do ultimo ex-combatente marítimo o Oficial de Máquinas Josias Araújo, que por sinal participou ainda recentemente de importante cerimônia militar realizada no CIABA – Centro de Instrução “Almirante Braz de Aguiar”, quando recebeu uma atenção especial.

Comandante

A primeira mulher a assumir o Comando de um navio porta – contêineres, a CLC Daise formada pelo nosso CIABA – Centro de Instrução “Almirante Braz de Aguiar”, por ironia do destino é casada com um colega também Comandante da empresa Aliança Navegação e Logística. E por sinal é paraense.

MARESIAS

Nosso companheiro bom SOAMARINO engenheiro empresário Carlos Nascimento, em rápido giro familiar pelo Rio de Janeiro, na sua agenda uma visita ao vice-almirante Alípio Jorge Rodrigues da Silva – Comandante-em-Chefe da Esquadra, gente da melhor qualidade.

Nosso bom amigo executivo Dr. Ricardo Medina, que já exerceu importantes funções no setor fazendo parte atualmente do CONSAD – Conselho de Administração da CDP – Companhia Docas do Pará, acaba de conseguir a sua titulação como Mestre em Ciências Empresariais pela Universidade Fernando Pessoa na cidade de Porto – Portugal. Meu abraço.

Em boa hora o Ministério dos Transportes, através do DNIT, vai iniciar a inaugurações de Terminais Fluviais em diversos municípios paraenses, supervisionados pela AHIMOR.

As empresas de navegação fluvial que investiram em novas embarcações, objetivando o transporte de produtos diversos através do rio Tocantins para exportação através do porto de Vila do Conde, estão sem mercado, porque o rio continua fechado. Triste.

O SINDARPA continua aguardando pagamento de algumas empresas que participaram do vitorioso TRANS – 2018, com seus STANDS, para também poder cumprir com alguns compromissos financeiros assumidos que deu origem ao grande sucesso do importante evento.

Muita gente não sabe, mais o saudoso amigo Phelipe Daou, que depois de Jornalista do Diário da Tarde em Manaus, tornou-se empresário, tinha ligação familiar com a família Chama, que era dona da famosa Casa Chama, na Castilho França no Ver-o-Peso.

A empresa Camila Navegação, dirigida pela armadora fluvial Priscila Pantoja, que por sinal é Amiga da Marinha, consignou muitos elogios pelo excelente trabalho realizado nas travessias que opera, no ultimo mês de julho inclusive Carapajó/Cametá.

Muio elogiado o trabalho do dinâmico executivo Miguel Fortunato a frente da AHIMOR, na verdade esse órgão nunca funcionou tão bem como nos últimos anos, mantendo inclusive uma equipe técnica de alto nível, ele que inclusive foi presidente da ARCON onde marcou sua passagem com extraordinário trabalho, muito elogiado.

Vem novidades a caminho sobre os serviços de Praticagem no Rio Amazonas, conhecida como ZP-1, onde operam mais de 130 Práticos, distribuídos em diversas empresas. Depois eu volto ao assunto com a devida confirmação. Praticagem é coisa séria. (AS).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next