Audiência no Congresso discute mudanças no setor de Praticagem

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços (Cdeics) da Câmara dos Deputados reuniu em Brasília, representantes da Praticagem de todo o país para uma audiência pública sobre mudanças propostas para o setor. O projeto de lei 8.535/2017 altera a regulação do serviço de Praticagem, há mais de 200 anos sob responsabilidade da Marinha, para a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). Pelo texto, que tramita na Cdeics, a Antaq passaria a fiscalizar o trabalho da Praticagem e poderia fixar os preços máximos das manobras. Os valores hoje são negociados diretamente com as empresas de navios.
O projeto é de autoria do deputado Julio Lopes (PP/RJ) e aguarda parecer do relator da comissão. Participou da audiência), 85 práticos, o presidente do (Conapra), Gustavo Martins, Praticagem do Rio, Everton Schmidt, o presidente da (Fenapráticos), Otávio Fragoso, o diretor de Portos e Costas, vice-almirante Roberto Gondim, e o diretor da Antaq, Mário Povia.

Grupo Norte Empreendimentos cresce também na área de saúde com o Hospital São José

O Grupo Norte Empreendimentos, não vêm se destacando somente nas Operações Marítimas e Portuárias, mais também na área de Saúde, através do conceituado Hospital SÃO JOSÉ que funciona no município de Barcarena, considerado por sinal, o melhor do médio e baixo Tocantins, comum Corpo Médico de Alto Nível, equipamentos de ponta importados para melhor atender a região.
Sabe-se que esse conceituado Grupo, que tem outros importantes projetos, que pouco a pouco irão sendo colocados em pratica, orgulho sem duvida também para o estado do Pará e muito especialmente para a região do baixo Tocantins e Guajarina, que envolvem diversos municípios, nota 10, portanto, para o empresário Washington, que vem trabalhando como mineiro.

Veleiro “Cisne Branco” da Marinha do Brasil no final de setembro estará em Belém

Conforme a coluna noticiou anteriormente, confirma-se a escala em Belém no final do próximo mês de setembro do Navio -Veleiro “Cisne Branco”, que aparece na foto quando de sua ultima passagem pela nossa capital, atracado precisamente no Armazém-4 no cais do porto, quando o seu Comandante recepcionou a bordo ilustres convidados, estava no Comando do 4º Distrito Naval o excelentíssimo vice-almirante Alípio Jorge Rodrigues da Silva, hoje Comandante-em-Chefe da Esquadra no Rio de Janeiro.
Sem favor nenhum, o Veleiro “Cisne Branco” é conhecido como o Cartão Postal da Marinha do Brasil, representando sempre a Armada Brasileira em importantes eventos no exterior. Destaca-se que sempre é uma festa a sua presença no cais do porto, com suas velas içadas como aparece na foto. (Foto: Luis Celso).

MARÉ ALTA
A contra-tação pela Petrobrás de Barcos de Apoio Marítimo, para atender as Plataformas em Alto Mar, proporcionando com isto novos empregos para marítimos brasileiros, que em grande numero encontram-se desempregados, ainda mais com migração de estrangeiros, especialmente peruanos e outros mais.

MARÉ BAIXA
Os ataques a mão armada as embarcações fluviais que trafegam pelos rios da Amazônia, tanto de cargas como de passageiros, sem que uma providencia seja tomada por quem de direito para a criação da Polícia Hidroviária Federal,cujo pedido tramita no Senado Federal já há bastante tempo. Triste.

BEIRA DO CAIS

Tudo indica que a criação da Polícia Hidroviária Federal, nos moldes em que os políticos estão querendo, não sairá do papel, isto porque deseja tirar o setor hidroviário do controle da Marinha do Brasil, o que seria um absurdo! Jamais poderá acontecer. De qualquer maneira.. depois voltaremos ao assunto.

O porto de Itaqui em São Luiz do Maranhão, que antes foi administrado pela CODOMAR-Companhia Docas do Maranhão, está indo de vento em popa, graças ao trabalho da EMAP – Empresa Maranhense de Portos, órgão do Governo do Estado agora colocado entre os mais movimentados do Brasil, recebendo os maiores navios do mundo.

A ENASA-Empresa de Navegação da Amazônia S/A, irmã gêmea da CDP-Companhia Docas do Pará, se ainda existisse, no próximo dia 28 estaria completando 51 anos de existência. As duas estatais nasceram com a extinção dos SNAPP, Autarquia do Governo Federal. A primeira teve como seu primeiro presidente um Agente de Navegação.

O engenheiro naval Fabio Vasconcellos, um paulista muito legal, que adorou Belém, servindo no Estaleiro Rio Maguari, casado com uma bela paraense, é hoje profissionalmente destaque nacional, participando, inclusive, do Conselho de importantes órgãos, com tempo ainda para dirigir o Sindicato da Indústria Naval do Estado do Pará e Amapá.

Por falar no estaleiro Rio Maguari, não será nenhuma surpresa para o colunista se futuramente o mesmo participar de licitações para construção de navios para a Marinha do Brasil, qualificação e estrutura tem até demais, contando com engenheiros navais, mecânicos e outros técnicos com especialização no exterior.

O SINDARMA-Sindicato das Empresas de Navegação Fluvial do Estado do Amazonas, que também é um grande defensor do setor aquaviario da Amazônia Ocidental, sempre presente no Portal da Navegação, vai dar total apoio à candidatura ao ex-presidente Dodó para Deputado Federal. Aliás, o Portal pede um contato urgente.

Voltaremos ao assunto. Aquele projeto para construção de um Navio de turismo com capacidade para 200 turistas parece que desta vez vai sair do papel, será uma embarcação de luxo e muito conforto para ser colocada na linha Manaus fazendo regulamente o trecho Belém/Macapá/Santarém até Manaus/Belém.

A última informação sobre a retirada do Pedral do Lourenço, não foi nada agradável, tudo ao contrário do que chegou a ser anunciado na FIEPA pelo presidente da DTA – Engenharia, não por culpa da empresa, mas pelas exigências do IBAMA. Dessa maneira, resta esperar mais alguns anos. Triste.

Dizem… não sei, que os maiores defensores das empresas de navegação, com relação à remuneração dos PRÁTICOS, lutando, inclusive, pelo modelo chileno, o CENTRONAVE, com sede em São Paulo, e o SYNDARMA, com sede no Rio de Janeiro, totalmente ao contrário do que acontece nos países de primeiro mundo que até o REI é Prático. (AS).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next