Grupo NORTE – 11 anos de relevantes serviços no setor com grande liderança nas operações marítimas, portuárias e de logística

O poderoso e conceituado Grupo NORTE, que funciona em Vila do Conde-Barcarena, padrão dos serviços de operações fluviais, marítimas, portuárias e de logística, comemorou 11 anos de atividades, sendo hoje considerado como o maior Operador Portuário do Estado do Pará, capitaneado pelo grande empresário Washington Cordeiro, que também comanda outros importantes empreendimentos, ele que, por sinal, aparece na foto com o colunista. O significativo evento, com certeza, será festivamente comemorado oportunamente.
Como se sabe, o Grupo Norte foi destaque nacional, sem modéstia, graças a coluna que circula em “O LIBERAL” e através também do Portal da Navegação, inclusive pelo pioneirismo do mesmo no embarque de minérios através de Bacia Metálica, protegendo o meio ambiente, isto, aliás, vai lhe proporcionar um merecido Prêmio no final do ano, mas isto depois eu conto.

Terminal Concentrador de Contêineres no Amapá poderá acontecer no Amapá

Muita gente não sabe, mas existe um projeto que beneficiaria inclusive a navegação fluvial, ou seja, a construção de um Terminal Concentrador de Contêineres no Amapá, para atender os navios de longo curso e cabotagem de maiores portes, com dificuldade de adentrar o rio Amazonas.
A finalidade principal seria transportar para Manaus os contêineres carregados, o mesmo fazendo de Manaus para o Terminal Concentrador através dos comboios fluviais, que, segundo estudos, seria mais econômico. Até agora isto não aconteceu, mas de qualquer maneira… olho vivo, porque consta no setor que tem gente importante trabalhando. Eu vou, mas depois eu volto ao assunto.

Aumentam no Brasil as operações Ship (To) Ship, inclusive na região Norte

A coluna que acompanha permanentemente os problemas que envolvem o setor, pode afirmar que as operações “Ship (To) Ship,”, ou seja, transbordo de produtos de “navios para navios” cresceram consideravelmente, por sinal, o Grupo REICON vem realizando esse tipo de operações há bastante tempo, utilizando seus navios petroleiros de médio porte e atendendo contrato que mantém com a Petrobrás, saindo-se muito bem graças ao cuidado especial para não agredir o meio ambiente.
Aliás, conforme estudos realizados por importantes órgãos, ligados ao setor, esse tipo de operação tende a aumentar nos próximos anos, inclusive na região Norte. Oportunamente voltaremos ao assunto com novas informações.

Grande Atuação

Muita gente não sabe mas no seu gênero a SOAMAR- Belém é hoje uma das mais atuantes do Brasil, graças ao trabalho dinâmico da atual diretoria, que tem a frente a bela presidente empresaria Drª.Sonia Guedes, gente da melhor qualidade, uma ANAJA já dizia o nosso querido amigo Almirante Edlander.

Comboio Fluvial

O primeiro maior comboio fluvial operado pela Hermasa, na rota Porto Velho/Terminal de Itacoatiara no rio Amazonas, transportou 40.000 toneladas de grãos. No seu Comando estava um Capitão de Longo Curso, por sinal amazonense, ex-Radiotelegrafista, que com o encerramento da categoria fez readaptação para Náutica.

Na Barra do Pará

O nosso muito estimado Capitão-de-Mar e Guerra (RM-1) Plínio Brayner da nossa Marinha, que exerceu com extraordinária capacidade as funções de Diretor do CNH -4, importante OM do 4º Distrito Naval, é a mais nova aquisição da nossa tradicional Praticagem da Barra do Pará, exercendo uma importante função. Meu abraço, com votos de sucesso na vida civil.

Condecoração

Não será nenhuma surpresa se num futuro bem próximo o nosso estimado amigo o jovem PHD Dr. Breno Dias, for condecorado com uma importante honraria, em reconhecimento ao seu grande trabalho no setor, ele que é Diretor do Grupo G.DIAS, que comanda a Transdourada, Diretor da SOAMAR-Belém e Diretor também do SINDARPA e SINDARMA-AM.

Nova Sede da CPAOR

Graças ao excelentíssimo Secretário Nacional de Portos, nosso querido amigo Dr. Luiz Otávio de Oliveira Campos, a secular Capitania dos Portos da Amazônia Oriental -CPAOR passou a contar com um terreno muito especial em Miramar, para a construção da sua sede nova, cujo início poderá acontecer na gestão do Almirante Edervaldo do 4º DN.

BEIRA DO CAIS

A inauguração dos dois primeiros Terminais Fluviais em nosso Estado, com recursos do Ministério dos Transportes, com certeza vai ser bastante prestigiada, isto graças ao Deputado Federal Lucio Vale, que muito tem feito pelo setor. Nota 10.

O Grupo Atlântica Matapi conta na sua frota de embarcações com um navio cargueiro que seria o ideal para fazer a rota do Caribe, com escalas em Caiena na Guiana Francesa. Essa embarcação, por sinal, já fez a costa brasileira e Mercosul afretado.

Nos bons tempos do DENTEL a fiscalização era rigorosa. Jamais acontecia o que hoje acontece, especialmente nas freqüências móvel marítima fluvial, até com pessoas sem a devida habilitação operando. Eu vou, mas depois eu volto ao assunto.

Mesmo em meio a grande crise que o Brasil está enfrentando, a nossa gloriosa Marinha acaba de incorporar um verdadeiro Gigante do Mar, o Porta Helicópteros “Atlântico”, uma Unidade de Primeiro Mundo da melhor qualidade. Isto foi muito bom.

No último domingo, quando o colunista bordejava pela Guajará, avistou em Miramar, na mesma posição de alguns anos, o navio fluvial convencional “Barcarena”, que pertenceu à frota da ENASA, ainda em boas condições de tráfego. Triste.

A travessia Carapajó/Cametá operada pela conceituada empresa Camila Navegação, por sinal bastante premiada, vem consignando muitos elogios pelo excelente trabalho que vem realizando com relação à regularidade no cumprimento dos horários.

O armador fluvial amazonense Claudomiro (Dodó) Carvalho, centralizou a sua campanha para Deputado Federal na próspera cidade de Parintins, onde, por sinal, a família Picanço é muito prestigiada.
É sem dúvida um forte candidato

Comenta-se na “beira do cais” que futuramente passará a funcionar na Amazônia Oriental mais uma empresa de Praticagem. Tudo indica que isto acontecerá após a qualificação dos últimos Praticantes de Prático, que só acontecerá em 2019.

A Capitania Fluvial de Santarém, a Sentinela do Tapajós, em conjunto com a SOAMAR, vem realizando importantes eventos, sempre focados para a segurança da navegação e preservação do meio ambiente, consignando com isto muitos elogios. (AS).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next