Bastante prestigiado o Seminário voltado para Segurança Pública em Portos e Vias Navegáveis promovido pela CDP

Importantes autoridades civis e militares, inclusive de Brasília, participaram do importante SEMINÁRIO que levou assinatura da CDP-Companhia Docas do Pará, realizado no Auditório da Estação das Docas, presidido pela presidente em exercício da empresa Drª. Helena Moscoso.
O Secretário Nacional de Portos, Dr. Luiz Otávio de Oliveira Campos, na ocasião fez um importante pronunciamento, com relação ao setor portuário do Brasil, confirmando inclusive a regionalização de portos, devendo ser iniciada pelo de Santos-SP, o mais movimentado da América Latina. Aliás, é oportuno lembrar que essa iniciativa deu certo em Paranaguá -PR e Itaqui, este no Maranhão. Três flashes do evento. (Fotos: Luis Celso).

Presidente da CDP reassume logo após a eleição

Está confirmada a volta para a presidência da CDP – Companhia Docas do Pará, logo após a eleição do dia 7 de outubro, do PHD Dr. Parsifal de Jesus Pontes, que na verdade, mesmo enfrentando sérios problemas, inclusive financeiros, vem saindo-se muito bem.
Sempre é bom repetir que o número excessivo de ações trabalhistas contra a empresa nada tem a ver com a sua administração, todas elas vem de administrações anteriores.

Autoridade da Marinha na Romaria Fluvial a bordo do NH “Garnier Sampaio”

Está confirmada para o dia 7 de outubro a chegada em nossa capital do excelentíssimo Almirante-de-Esquadra Paulo Cezar de Quadros Kuster – Comandante de Operações Navais da Marinha do Brasil. Vem em viagem de inspeção às OMs do 4º DN.
Essa importante Autoridade da Marinha permanecerá em nossa capital até o dia 14, participando inclusive da Romaria Fluvial, a bordo do NH “Garnier Sampaio”, devendo também ser homenageado pela SOAMAR-Belém.

Brevemente acontecerá a operação reflutuação do navio “HAIDAR”

Dentro em breve estará suspendendo do Rio de Janeiro o equipamento especializado que vem a Vila do Conde, objetivando a reflutuação do navio-boiadeiro “HAIDAR”, em remoção do mesmo para outro local, conforme concorrência do Ministério dos Transportes, isto graças à oportuna interveniência do Secretário Nacional de Portos, Dr. Luiz Otávio de Oliveira Campos, que justiça se faça, vem fazendo muita coisa pelo nosso estado.

Secular Praticagem da Barra merece o Prêmio ANTAQ-2019

A Praticagem da Barra do Pará tem tudo para receber o Prêmio/2019 da ANTAQ-Agência Nacional de Transportes Aquaviários, por tudo de bom que vem fazendo. Sua nova sede, inclusive, consignou os melhores elogios de altas Autoridades da Marinha que visitaram a mesma, coisa de primeiro mundo, preenchendo todos os requisitos para ser premiada por esse órgão do Governo.

MARÉ ALTA

A designação do engenheiro naval Fábio Vasconcellos, diretor comercial do estaleiro Rio Maguari para Membro Mundial do ABS-American Bureau of Shipping, orgulho, sem dúvida, para a indústria naval da Amazônia. As reuniões desse importante órgão ocorrem a cada seis meses em Nova Iorque.

MARÉ BAIXA

O comentado RACHA que já está acontecendo envolvendo uma prestigiosa categoria que tem operações voltadas para a navegação, proporcionando a segurança de patrimônios públicos e privados através do rio Amazonas, o que jamais aconteceu, se confirmado voltaremos ao assunto com detalhes no próximo domingo.

MARESIAS

Com certeza neste ano a CDP-Companhia Docas do Pará não será estadualizada, mas no próximo Governo, com certeza absoluta acontecerá. Podem anotar para confirmar.

São dois Práticos candidatos a deputado federal, ambos da ZP-1, um pelo estado do Amapá e outro pelo estado do Ceará, se acontecer união… poderão ser eleitos.

Até parece que a Federação Nacional dos Portuários, com sede em Brasília, está perdendo aquela grande força. Nenhuma posição foi tomada até agora para salvar o PORTUS.

No próximo ano mais um catamarã de grande porte da mesma característica do “Rondônia” da empresa A. R. Transportes-ENART entrará em tráfego na linha Belém/Manaus.

Corrigindo: foi o jornal “A TRIBUNA” de Santos – SP, que consignou os melhores elogios ao trabalho do Dr. Luiz Otávio de Oliveira Campos, na Secretaria Nacional de Portos.

Todo mundo sabe que a ENASA foi entregue de mão beijada para o Governo do Estado do Pará, com mais de 100 embarcações. Lamentavelmente, não teve vida longa. Triste.

As empresas Henvil, Celte, Bannach e Arapari, são responsáveis pelo excelente trabalho que realizam a longos anos na travessia Belém/Arapari/Belém. Merecem nota 10.

Na beira do cais tudo se sabe. Comenta-se que já está existindo um “RACHA” em meio a uma importante categoria voltada para a navegação no rio Amazonas. Lamentavel.

Se Jair Bolsonaro for eleito Presidente da República, teremos um paraense, por sinal grande amigo do colunista, como um dos seus Ministros. Só não me perguntem o seu nome.

O início das obras da nova sede da Capitania dos Portos, com certeza acontecerá na gestão do nosso estimado Almirante Edervaldo – Comandante do 4º Distrito Naval.

O Governo Federal está decidido a entregar as Companhias Docas para o Governo Estadual. A de São Paulo, que administra o porto de Santos, está na ponta da linha.

A caçula das Operações fluviais, Marítimas e Portuárias que é a MEGA Logística, já firmou a sua estrutura, por sinal muito especial, no município de Santarém. Nota 10.

Não só o estaleiro Rio Maguari, mas também agora o seu diretor comercial engenheiro Naval Fábio Vasconcellos é internacional. Prestígio não se compra, adquiri-se.

Esta o meu amigo empresário engenheiro Carlos Nascimento, ainda não sabe, mas dentro em breve ele vai faturar mais uma importante honraria. Prestígio: TERRA, MAR e AR.

Dentro de mais um ano a Praticagem do Rio Amazonas-ZP-1 vai contar com um PRÁTICO, que é MÉDICO oftalmologista, from Bahia, que no momento faz o devido estágio. (AS).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next