Almirante Alípio Jorge-Comandante da ESG no Rio de Janeiro com o empresário paraense Carlos Nascimento

O grande soamarino engenheiro – empresário Carlos Nascimento, que aparece na foto com o Almirante-de-Esquadra Alípio Jorge Rodrigues da Silva – Comandante da ESG – Escola Superior de Guerra, no Rio de Janeiro, ainda não retornou a Belém, ele que participou de importantes eventos ligados a alta cúpula da Marinha, como convidado especial, inclusive do Ministro de Estado de Defesa.
Aliás, sobre esse ilustre empresário – engenheiro, que já exerceu em Brasília importantes funções publicas, o Vice-Almirarante Edervaldo Teixeira de Abreu Filho no seu discurso de despedida, teceu ao mesmo os melhores elogios, pela colaboração espontânea dedicada ao Comando do 4º Distrito Naval durante toda a sua gestão.

Barra do Pará navegando com grandes navios através do Quiriri

A Secular Praticagem da Barra, que trabalha com a mais absoluta seriedade em todos os aspectos e com isto consignando sempre os melhores elogios das autoridades navais, teve papel importantíssimo com relação ao tráfego através do Canal do Quiriri, tanto assim que grandes navios operam na rota de Vila do Conde sem problemas, com calado maior.

ADICIONAL DE RISCO no cais do porto cancelado

Os servidores da CDP – Companhia Docas do Pará, lotados no cais do porto, ficaram sem receber Adicional de Risco e Horas Extras, em função da ausência de navios. Comenta-se ainda na “beira do cais” que por outro lado foi contratada uma advogada, mesmo existindo três profissionais dessa categoria no Quadro da estatal. Eu volto.

Empresa do sudeste na rota de cabotagem

Uma empresa de cabotagem de médio porte, do Sudeste, estuda as possibilidades de manter uma linha para Vila do Conde, com possibilidades, inclusive, de escalar em Belém. Com esse problema que envolveu a ponte sobre o rio Moju não seria nada mal. Voltaremos ao assunto.

PRATICAGEM nos portos e nas singradura é coisa séria

Nos países de primeiro mundo, existem navios que dispõe dos mais modernos aparelhos de navegação, mais nem por isso chegou a ser cogitada a ausência de PRÁTICOS a bordo.
Sobre o assunto, aqui na Amazônia surgiu uma empresa que teve a coragem de reivindicar essa pratica mais a sua intenção foi por água a baixo e não poderia ser ao contrario. Praticagem é coisa séria.

MARESIA

O SINDARPA continua trabalhando pelos seus associados, inclusive junto a ALEPA, buscando alíquota zero de ICMS para embarcações fluviais. Muito bom.

Essa entidade de extraordinário conceito que se aproxima dos 70 anos está também procurando retornar a parceria com o SEST/SENAT na capacitação de mão de obra.

Mesmo enfrentando a grande crise, o SINDARPA, espera inaugurar ainda neste ano a sua nova sede, para isto conta também com a colaboração das empresas associadas.

A derrubada da ponte sobre o rio Moju vem causando grandes transtornos, mais graças ao nosso jovem Governador Helder Barbalho, a situação vem sendo contornada.

O nosso amigo Almirante Newton, teve a gentileza de dirigir atencioso telefonema para o colunista, agradecendo a nota publicada, gente fina é outra coisa.

Nota 10 para o PRÁTICO Adônis Passos, da ZP-1, pelo apoio que também vem dando aos ribeirinhos do Tapajós através da Capitania Fluvial de Santarém, muito bom.

Os bons amigos Dário Pantoja e Benedito Pantoja do Grupo CAMILA NAVEGAÇÃO, hoje também fazem parte da nova Diretoria da CNT, ambos estiveram em Brasília.

Elogiável sobre todos os aspectos o trabalho das empresas de navegação que fazem a Travessia Belém/Arapari/Belém: HENVIL, CELTE, BANNACH e ARAPARI num momento preciso.

Se acontecer a privatização da TRANSPETRO, a Marinha Mercante Brasileira vai encolher ainda mais, sinceramente não acreditamos que isto venha acontecer.

O empresário e armador Eduardo Carvalho, presidente do SINDARPA e do Grupo PAES CARVALHO, teve papel importante no sistema Ship (TO) Ship em Santarém, está aumentando cada vez mais.

O Grupo REICON que opera também no SUDESTE, através de uma das suas empresas está interessado na cábrea “Rio Branco”, cujo equipamento encontra-se ocioso em Belém.

Um grande terreno localizado no litoral de Belém está à venda com prédio e tudo mais onde funcionou uma conceituada empresa de navegação próximo a Vila do Conde. (AS).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next