17/12 (terça-feira) – Um paraense como convidado especial do Ministro da Defesa e do Comandante da ESG na inauguração do Campus

Pelo menos um paraense como convidado especial do Ministro da Defesa e do Comandante da ESG – Escola Superior de Guerra, Almirante-de-Esquadra Alípio Jorge Rodrigues da Silva, participou da inauguração do CAMPUS DA ESG em Brasília, foi o bom caráter nosso grande amigo engenheiro-empresário Carlos Nascimento, por sinal muito estimado inclusive junto as Forças Armadas do País.
Conforme já informamos anteriormente, o Dr. Carlos Nascimento que aparece na foto já exerceu as mais importantes funções publicas inclusive em Brasília, sempre contribuindo de maneira destacada para o desenvolvimento do Brasil, hoje voltado para a iniciativa privada, portador das mais altas comendas da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Aeronáutica, ele que também é Aviador. (Foto: Luis Celso).

NOTA TRISTE

Hoje o colunista com o mais profundo pesar noticia o falecimento do armador fluvial Alfredo Rodrigues CABRAL, cuja empresa de navegação de sua propriedade, foi a pioneira na Travessia Belém/Arapari/Belém, tendo contribuído de maneira destacada para o desenvolvimento do nosso Estado. Por tudo de bom que realizou, está agora na Paz de Deus. Aos familiares os sentimentos deste colunista que era também seu amigo.

AMPORT realizou seu encontro de Confraternização – 2019

A AMPORT – Associação dos Terminais Portuários e Estações de Transbordo de Cargas da Bacia Amazônica, que tem na presidência o ilustre executivo Paulo Moller Stefen, realizou ontem sua festa de CONFRATERNIZAÇÃO – 2019, no Hotel Mercure Belém precisamente no “Espaço Lounge”, reunindo seus associados e convidados. Infelizmente, por outro compromisso, o colunista deixou de atender ao atencioso convite.

Porto de Santarém vai comemorar meio século de atividades

Muita gente não sabe, mas o porto de Santarém foi inaugurado no dia 11 de fevereiro de 1970 e, no próximo ano, estará comemorando meio século, localizado à margem direita do Rio Tapajós, próximo a sua confluência com o Rio Amazonas, pelo seu grande desenvolvimento ocupa o 23º Lugar no ranking de portos brasileiros.

MARESIAS

Se não acontecer acidente de percurso, no mês de fevereiro do próximo ano, o atual Diretor – Presidente da CDP – Companhia Docas do Pará, estará completando um ano na função.

Aviso aos navegantes. A coluna neste quase meio século de publicação em “O LIBERAL” tem por principio não publicar noticia “requentada”. Tudo em primeira mão. Só dura muito o que é bom.

Sem favor nenhum a empresa MEGA LOGÍSTICA, foi a que mais se destacou em Logística e Operações Portuárias, neste ano movimentou o porto de Santarém no Sistema Shipp (TO) Shipp.

O funcionamento das Hidrovias do Tocantins, bem como a do Guamá, até hoje continuam só na promessa. Aquela inesquecível reunião na FIEPA ficou só na lembrança dos políticos presentes.

O porto de Itaqui em São Luis do Maranhão, administrado pelo Governo do Estado continua crescendo cada vez mais, um mega movimento está previsto para o próximo ano. Muito bom.

A Casa das Tintas, a mais tradicional do gênero, com produtos da melhor qualidade, inclusive para indústria naval, oferece inclusive cursos sem nada cobrar dos clientes.

Os “portinhos” improvisados no litoral de Belém continuam funcionando no embarque e desembarque de passageiros, sem as mínimas condições de segurança, isto é lamentável.

Se o Prefeito Zenaldo Coutinho, mandar construir os dois Terminais Fluviais prometidos na sua campanha, com certeza o problema poderá ser solucionado. Ainda existe tempo para tal.

A cábrea “Rio Branco”, que hoje chama atenção nas proximidades do Terminal da REICON, para operações em parceria com a Manobrasso, poderá muito bem ajudar na reflutuação do “HAIDAR”.

O armador e empresário Cipriano Sabino de Oliveira, lá de São Paulo em linha direta com o colunista, agradeceu a nota publicada na coluna. Gente fina é outra coisa.

Um dos possantes, Porta Contêineres da Aliança Navegação, que faz a rota de Manaus, com escalas em Vila do Conde, tem no seu Comando uma mulher, que vem saindo-se muito bem.

A COMARA, braço fluvial da ALA – 9 continua operando uma grande frota de comboios fluviais, atendendo diversos aeroportos espalhados pela Amazônia, oferecendo apoio logístico aos mesmos. (AS).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next