Destaque especial

O Almirante Newton de Almeida Costa Neto, quando no Comando do 4º Distrito Naval e como presidente do Conselho Superior da nossa SOAMAR – Sociedade dos Amigos da Marinha, sempre abrilhantou as reuniões da entidade com idéias sempre voltadas para o bem, das comunidades mais carentes, sempre buscando o apoio tanto da nossa presidente, como dos demais soamarinos – diretores. Na foto ele aparece depois de uma movimentada reunião com dois ex–presidentes: Raul Ramos Moreira e Milva Cabral Rebelo, que muito fizeram pela entidade e a Diretora Raquel Gribel. (Foto: Luis Celso).

PRATICAGEM DA BARRA – Cuidado muito especial quando das manobras com navios estrangeiros

A Praticagem da Barra vem cumprindo todas as recomendações de saúde e segurança da ANVISA e do Ministério da Saúde, com objetivo de evitar o contagio do corona vírus, tanto os Práticos e colaboradores foram orientados e devidamente capacitados para o uso correto dos equipamentos individuais de manobras realizados. As lanchas da empresa passam inclusive por total higienização interna e externa. Nota – 10, mesmo porque seguro morreu de velho.
Convém destacar que a Barra do Pará, graças ao elevado adestramento dos seus profissionais, em toda sua trajetória que marca mais de um século, jamais registrou qualquer acidente, ao contrario sempre consignou elogios das autoridades navais.

Praticagem da Barra tem novo Presidente

A Praticagem da Barra do Pará, que é uma das mais bem organizadas do Brasil, tem agora novo presidente trata-se do PRÁTICO Leonardo Claro, que por sinal é Oficial Superior da Reserva da Marinha, que com certeza continuará levando essa importante entidade secular no rumo certo. Ele substituiu o seu colega Evandro Abi Saab, que por quase seis anos esteve a frente da mesma, realizando um grande trabalho.

COMENCHE – Sem data confirmada a transmissão de cargo

Ainda com relação sobre a nota publicada na semana que passou, o Almirante-de-Esquadra Alípio Jorge Rodrigues da Silva, em linha direta com o colunista, informou que a transmissão de cargo de Comandante-em-Chefe da Esquadra ainda não tem data para acontecer. Ele foi nomeado conforme já foi divulgado, Comandante de Operações Navais – CON da Marinha, mais ainda não assumiu.

MARESIAS

Gente fina é outra coisa, com uma mensagem bastante significativa, o Almirante Newton, fez sua despedida de todos soamarinos. Levou e deixou muitas saudades.

O Grupo Bom Jesus, capitaneado pelo amigo Armador Luiz Rebelo, espera futuramente dar continuidade a um projeto de aquisição de mais dois catamarãs de passageiros.

Muita gente não sabe, mas o porto de Porto Velho – Rondônia, a mais de duas mil milhas distante de Belém, chegou a ser por um bom tempo administrado pela CDP – Companhia Docas do Pará.

Observa-se uma excelente organização no SINDAMPA – Sindicato das Agencias Marítimas dos Estados do Pará, Amapá e Amazonas, uma potência sem duvida alguma. Muito bom.

Diversos portos localizados no litoral de Belém, já estão a venda, alguns deles com calado para embarcação de grande porte, o que está faltando é interessados.

O Esquadrão de Helicópteros, do 4º Distrito Naval, vem tendo papel de extraordinária importância na área de jurisdição desse Distrito Naval. São três Gigantes do Ar.

Na verdade, o novo Comandante do 4º Distrito Naval vice-almirante Valter Citavicius Filho, não é nenhum estranho a Amazônia, até Comandante de um NPaFlu ele foi.

Nos bons tempos do camarão rosa, e da lagosta o Grupo Empesca, que em Belém recebeu a visita do primeiro Ministro da Pesca, foi dona inclusive de um Banco.

Para se ter uma ideia a EMPESCA, tinha barco que chegava do mar, até com vinte toneladas de camarão rosa, a exportação da especie era constante trazendo divisas.

Muita gente não sabe hoje, mas todas as turbinas da hidrelétrica de Tucurui, como os demais equipamentos pesados foram transportados via fluvial pela JONASA.

Essa empresa que era capitaneada pelo saudoso amigo Chico Fonseca, chegou a ter na sua frota, mais de 100 embarcações, hoje não existe mais. Só recordações.

Nosso amigo engenheiro Kleber Menezes, sempre muito bem informado, espera que a derrocagem do Pedral do Lourenço, tenha a operação iniciada até o final deste ano. (AS).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next