Notícia do bom amigo Almirante Eduardo Leal Ferreira, ex-Comandante da Marinha, hoje em alta função na Petrobras

Ontem, em contato direto com o presidente do Centro de Capitães da Marinha Mercante, nosso bom amigo CLC Comandante Álvaro Almeida, tivemos notícias de outro grande amigo, Almirante-de-Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira, que foi inclusive Comandante da Marinha do Brasil, hoje no exercício de importante função na Petrobras.
Uma amizade, muito bem alicerçada, que vem desde quando ele ainda jovem, visitava seu genitor em nossa capital, que na ocasião era o Comandante do 4º Distrito Naval, onde, por sinal, foi promovido a quatro estrelas, no exercício dessa função. A foto lembra a última visita a Belém do Almirante Eduardo Bacellar Leal Ferreira, quando Comandante da Marinha, acompanhado de sua esposa, sra. Christiani, recebendo os cumprimentos deste colunista. (Foto: Luis Celso).

Agradecimento de bordo do NT “Dragão do Mar” em viagem para Portugal

A bordo do NT “Dragão do Mar”, que se encontra navegando rumo a Portugal, de propriedade da Transpetro, as duas “Belas do Mar”, ON Tainá e OM Cínthia, tiveram a gentileza de agradecer a nota publicada na coluna sobre suas atividades nesses “gigantes do mar”, já que a coluna circula a bordo do referido navio nos dias da sua publicação, através do Portal da Navegação.
As duas Oficiais Mercantes, formadas pela nossa Universidade do Mar, que é o poderoso CIABA, estão se destacando nas suas funções, com elogios inclusive do Comandante do Navio, CLC Ricardo Monteiro, por sinal paraense, também formado pelo CIABA – Centro de Instrução “Almirante Braz de Aguiar”.

Novos Grupos estão se estabelecendo na Amazônia

Pelo que se observa, até o final deste ano, novas empresas ligadas ao setor aquaviário estarão se estabelecendo tanto na Amazônia Oriental como na Amazônia Ocidental. Ainda recentemente a ANTAQ-Agência Nacional de Transportes Aquaviários, autorizou cerca de três grupos especialmente do sudeste a se estabelecerem em Vila do Conde, Santarém e Manaus, dentro das normas exigidas por este órgão.
Aliás, em Santarém já chegou um grupo do nordeste, trata-se do SULNORTE, este ligado ao grupo H.Dantas, que por muitos anos operou na cabotagem, hoje voltado para operações portuárias.

Grupo Bertolini hoje se destaca em todas as direções da Amazônia

O empresário e armador Irani Bertolini, que conhecemos desde o dia da sua chegada em Belém, conduzindo uma carreta, recebido e amparado pelo saudoso armador Chico Fonseca, dono da JONASA, é um vitorioso graças ao seu trabalho na Amazônia e, hoje o dono de importantes empreendimentos ligados ao setor.
Sua mais recente vitória, foi o início do transporte via fluvial, pelo rio Capim, de grandes partidas de grãos procedentes da região de Paragominas, por meio de comboios para exportação, através do porto de Vila do Conde. Esse gaúcho é bom mesmo. Tudo o que faz dá certo.

MARESIAS

Não são boas as notícias que circulam pelo setor no Rio de Janeiro, ou seja, a dispensa de marítimos das diversas categorias pela Transpetro – empresa subsidiária de transportes marítimos da Petrobras, que, inclusive, detém a maior frota da Marinha Mercante Brasileira.

Pelo menos até ontem, nada de novo sobre a reflutuação do navio-boiadeiro “HAIDAR”, que permanece naufragado no porto de Vila do Conde. A empresa vencedora da concorrência para sua reflutuação até agora não deu sinal de vida oficialmente… Muito lamentável.

A atual diretoria bem que poderia resolver essa situação, que vem se arrastando por mais de quatro anos, já tendo causado muitos prejuízos para a estatal portuária, impedindo a operação de mais navios onde o mesmo se encontra. Ninguém está entendendo…

O novo Comandante da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental – CPAOR, que vai assumir no início do próximo ano, está servindo no momento no Sudeste. Vai substituir um paraense que vem sendo uma grande revelação nessa importante OM da Marinha.

Isso é muito bom. O movimento dos grandes navios em demanda ao porto de Vila do Conde, segundo uma fonte bem informada revelou para o colunista, que no próximo ano vai aumentar consideravelmente. Está, portanto, na hora de dar uma repaginação no referido porto.

O Grupo Matapi está a todo vapor, realizando importantes operações fluviais, marítimas e portuárias, incluindo o sistema Ship To Ship, com a utilização de equipamentos potentes e uma equipe de profissionais especializados. Nota 10.

Se dependesse somente do Senador Jader Barbalho a derrocagem do Pedral do Lourenço, no rio Tocantins, já teria acontecido, mas, lamentavelmente, sabe-se que outros “interessados” no não funcionamento da Hidrovia, entraram no circuito. Uma vergonha!

O Estaleiro Rio Maguari, que goza de extraordinário conceito junto às autoridades navais, pela excelência da sua mão-de-obra, será o responsável pela construção dos modernos rebocadores azimutais, destinados a empresa SULNORTE, do tradicional Grupo H.Dantas.

O nosso muito estimado amigo Comandante Álvaro Almeida, presidente do Centro de Capitães da Marinha Mercante no Rio de Janeiro, foi homenageado quando da passagem do DIA MARÍTIMO, ele que é uma das maiores expressões da Marinha Mercante Brasileira. Basta ser paraense… (AS).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next