Domingo (09/08) – Três grandes responsáveis pelo sucesso do Grupo GDIAS do qual faz parte a conceituada empresa de navegaçãoTRANSDOURADA

Hoje a coluna faz um destaque muito especial para três grandes amazonidas, empresários e armadores João (Araci) Dias e o jovem PHD dr. Breno Dias, que formam a direção do conceituado Grupo GDIAS, do qual faz parte também a conhecida empresa de navegação TRANSDOURADA, que opera tanto na Amazônia Oriental como na Amazônia Ocidental, transportando derivados de petróleo.
Por sinal, o jovem PHD dr. Breno Dias, ainda recentemente foi eleito, por unanimidade, presidente do SINDARPA – Sindicato das Empresas de Navegação Fluvial e Lacustre e das Agências de Navegação no Estado do Pará, onde já demonstrou em pouco tempo um extraordinário dinamismo, procurando de todas as maneiras buscar o melhor para os seus associados. Aliás, é oportuno destacar que os “xinguaras” em geral sempre foram vencedores. (Foto: Luís Celso).

Ex-Comandante da CPAOR agora atuando no grupo Bom Jesus

Depois de cerca de 40 anos servindo a Marinha do Brasil, exercendo diversas funções importantes, inclusive a de Comandante da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental-CPAOR, em nossa capital, hoje na reserva, voltou a Belém, desta vez como civil, para fazer parte como executivo do Grupo Bom Jesus, que há longos anos vem atendendo a região das Ilhas, mantendo, além de outras embarcações, dois modernos catamarãs na referida rota, trata-se do nosso amigo CMG da Reserva Alexandre Santiago, que assumiu no último dia 3 a nova função. Desejamos completo sucesso.

Ainda o Terminal da SOTAVE na Ilha do Outeiro

Muita gente não sabe, mas a filha do dono da empresa construtora do Terminal da Sotave na Ilha do Outeiro, dra. Tânia Coutinho, foi diretora-presidente da CNA-Companhia de Navegação da Amazônia, onde por sinal realizou um grande trabalho. Na ocasião essa empresa funcionava com sua sede em Belém e tinha como acionistas a Petrobras Distribuidora-BR, o Lloyd Brasileiro e o Grupo LIBRA.
O Terminal da Sotave não chegou a operar pela empresa que construiu, foi encampado pela PORTOBRÁS, órgão que era do Governo Federal, repassado depois para a CDP-Companhia Docas do Pará, que é a sua proprietária.

SINDARPA prestará significativa homenagem

O SINDARPA – Sindicato das Empresas de Navegação Fluvial e Lacustre e das Agências de Navegação no Estado do Pará, hoje muito bem dirigido pelo jovem armador e empresário Breno Dias, prestará uma significativa homenagem de despedida ao CMG Manoel Pinho, isto no final do ano, alguns dias antes dele deixar o Comando da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental – CPAOR, onde vem realizando um excelente trabalho.
Conforme noticiamos em primeira mão, o seu substituto já está designado, porém assumirá a função somente no início de 2021, cuja data informaremos na ocasião oportuna. Acreditamos que outras entidades ligadas ao setor também prestarão a merecida homenagem de despedida, por tudo de bom que vem realizando essa Autoridade da Marinha.

MARESIAS

O Terminal de Contêineres de Santos-SP é considerado o mais moderno do Brasil, com operações automáticas, tendo capacidade de operar dois milhões desses cofres de aço por ano.

Aliás, em Vila do Conde-PA a Santos Brasil também está presente mantendo uma grande movimentação, modernizando inclusive cada vez mais os seus equipamentos. Nota 10 para o mesmo.

Pelo que vem sendo observado, parece que a CDP-Companhia Docas do Pará, que por sinal estará aniversariando neste mês de agosto, está mais para privatização que para estadualização…

Ainda sobre a CDP, o novo Diretor de Gestão Portuária, pelo que informaram a coluna, é um verdadeiro PHD em assuntos portuários. Isto é muito bom. Vamos, com certeza, conferir.

Dois Comandantes do 4º Distrito Naval, foram promovidos a Quatro Estrelas em pleno exercício das funções. O primeiro foi Luiz Leal Ferreira e, o segundo, Ademir sobrinho. Meus amigos.

A Rádio Marinha-FM tem uma extraordinária audiência em todo baixo Tocantins. Esta informação chegou a coluna vindo da cidade de Mocajuba, por sinal, terra natal deste colunista.

Por lembrar Mocajuba, muitos jovens vieram do baixo Tocantins para cursar o EFOMM-Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (CIABA). Muitos deles tornaram-se empresários depois.

Foi justamente na época em que a PIMENTA DO REINO liderou bastante, com preço muito especial, tornando o baixo Tocantins como o maior exportador desse produto.

O SINPESCA, mesmo enfrentando alguns problemas no momento, não está deixando Belém sem peixe de boa qualidade, graças ao trabalho do dinâmico empresário Apolônio Nascimento.

O Grupo Santos Brasil, opera hoje no Brasil os mais modernos Terminais de Contêineres, presente inclusive em Vila do Conde com o TECON-CONVICON, com um grande movimento.

Nosso amigo CMG Manuel Pinho, Comandante da CPAOR, ainda vai presidir o encerramento de mais um Programa de Segurança da Navegação da Amazônia, no final deste ano, antes da sua partida.

Antes do final do ano, ou seja, no Dia Nacional do Amigo da Marinha, diversas personalidades da nossa capital estarão sendo agraciados com a Medalha Amigo da Marinha. Sobre o assunto voltaremos com mais detalhes. (AS).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next