Presidente da HENVIL aniversariando

Hoje está aniversariando uma das maiores expressões do setor aquaviário do Pará, trata-se do empresário e armador dr. Daniel Pereira, diretor-presidente do conceituado Grupo HENVIL, exercendo ainda as funções de Diretor do SINDARPA, SOAMAR-Belém e da Federação dos Transportes, de fina educação, sendo portador, inclusive, das altas comendas do Mérito Tamandaré e Mérito Naval, honrarias que são concedidas só a ilustres personalidades, ele que aparece na foto, vai comemorar o evento em família, mas, por certo, será bastante cumprimentado. Receba o abraço desse seu grande amigo. (Foto: Luiz Celso).

Federação Nacional dos Práticos sediada em Brasília vem tendo papel importante em defesa da categoria

Vem tendo excelente atuação a Federação Nacional dos Práticos, sediada na capital federal, reunindo diversos Sindicatos de Práticos, sem dúvida uma grande força em defesa desses profissionais, hoje sob a direção do Comandante-Prático Gustavo Martins, que, por sinal, aparece na foto com o colunista, o armador José Rebelo III e o Comandante-Prático Linésio Júnior, presidente da Cooperativa UNIPILOT.
Como se sabe, o Comandante-Prático Gustavo Martins, desempenhou antes a presidência do CONAPRA-Conselho Nacional de Praticagem, no Rio de Janeiro, onde realizou um grande trabalho em defesa da categoria, ele que é Oficial Superior da Reserva da Marinha, de elevada competência, com certeza vai repetir o sucesso que teve no CONAPRA. (Foto: Luiz Celso).

Programa BR do Mar deixa marítimos brasileiros preocupados

Tudo indica que o Programa BR do Mar, que ora tramita no Congresso, vai se tornar realidade, voltado para a navegação de cabotagem no Brasil, com a presença de navios estrangeiros, iniciativa do Governo que na verdade não está agradando, tanto o setor marítimo brasileiro como da indústria naval, que já se pronunciaram a respeito do assunto.
Aliás, sobre o problema o SINDMAR – Sindicato Nacional dos Oficiais da Marinha Mercante, com sede no Rio de Janeiro, já se posicionou, assim como outras entidades do setor, defendendo o embarque de profissionais brasileiros, se isto de fato acontecer, já que existe hoje um grande número deles desembarcados, das mais diversas categorias.

Encerramento do PSNA-2020 será diferente dos anos anteriores

Já está devidamente confirmado que o encerramento do Programa de Segurança da Navegação da Amazônia- PSNA-2020, não terá aquela cerimônia festiva, tendo em vista a pandemia voltada para a covid-19. As empresas premiadas receberão seus Prêmios de outra maneira, o que será confirmado oportunamente pela Capitania dos Portos da Amazônia Oriental-CPAOR. Com certeza deverá acontecer ainda no decorrer do mês de dezembro, mas isto confirmaremos, porque o atual Comandante da CPAOR estará deixando a função no início do próximo ano.

MARESIAS

Por conta própria, o colunista enviou para o Deputado Federal Alceu Moreira, um exemplar da Revista Rumos-PRÁTICOS. A leitura da mesma será muito importante para esse parlamentar, que através de um Projeto de Lei tenta prejudicar a categoria.

Sempre é bom repetirmos que mudar a Regulação da Praticagem, sob qualquer contestação, é uma grande ameaça a segurança do tráfego aquaviário e a preservação de mares e rios. Só quem está mal informado poderia admitir essa prática absurda.

Continua nada cordial o relacionamento entre o Governador do Maranhão, Flávio Dino, e o Presidente da República, Jair Bolsonaro, e, com isto, com certeza, vai acabar sobrando para a EMAP-Empresa Maranhense de Administração Portuária-Porto de Itaqui.

Os marítimos da Transpetro, subsidiária de transportes marítimos da Petrobras, esperam que na próxima reunião aconteça um desfecho que seja bom para todos, já que a primeira proposta foi rejeitada. Com certeza o bom senso vai prevalecer.

O nosso bom amigo Comandante/Prático Gustavo Martins vem dinamizando cada vez mais as atividades da FENAPRÁTICOS-Federação Nacional dos Práticos, com sede em Brasília. Ele também é Oficial Superior da Reserva da Marinha do Brasil.

O bom caráter armador e empresário dr. Daniel Pereira, é hoje muito solicitado no setor. Além dos muitos afazeres na HENVIL, faz parte da Diretoria do SINDARPA, da SOAMAR-Belém e agora mais recentemente, da Federação dos Transportes.

É injustificável sob todos os aspectos, a omissão voltada para a reflutuação do navio-boiadeiro “HAIDAR”, naufragado há mais de quatro anos no porto de Vila do Conde. A reflutuação do mesmo não é uma tarefa tão difícil. Falta sim, boa vontade.

Muita gente não sabe, mas o porto de Belém chegou a operar em um só dia seis navios boiadeiros, com quatro ao largo da Guajará, aguardando vaga, isto antes das operações serem transferidas para o porto de Vila do Conde por força de uma liminar.

Um importante Grupo voltado para grandes operações marítimas e portuárias, está anunciando sua volta ao porto de Vila do Conde, mas isto só deverá acontecer no próximo ano. As primeiras providências já estão sendo tomadas. Confirmaremos. (AS).

 

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next