Esquadrão de Helicópteros: A gloriosa Marinha do Brasil tem papel de extraordinária importância em todas as direções da Amazônia

O Esquadrão de Helicóptero do Comando do 4º Distrito Naval, em pouco tempo de funcionamento já realizou importantíssimas missões, no mar e nos rios, no atendimento de urgência, através de seus possantes equipamentos como este que aparece na foto, isto nas diversas áreas de sua Jurisdição, envolvendo os Estados do Pará, Amapá, Maranhão e Piauí, quando necessários deslocados para outros serviços na região, como já aconteceu por algumas vezes.
Enquanto isto, destaca-se também o grande trabalho do Navio Auxiliar “PARÁ”, que faz parte da Força-Tarefa do Grupamento de Patrulha Naval do Norte, realizando sempre importantes de missões sociais, com serviços médico-odontológicos e laboratorial a bordo, no atendimento dos ribeirinhos carentes.
O que seria da nossa grande Amazônia sem a gloriosa Marinha do Brasil?

MEGA LOGÍSTICA continua crescendo na Amazônia com um trabalho de alto nível

Prestes a encerrar 2020, a MEGA LOGÍSTICA – Serviços Portuários Ltda, já ultrapassou a marca de 2 milhões de toneladas, marcados sem nenhum acidente, fruto do trabalho de uma equipe altamente especializada, que contribuiu com uma especial percentagem em toda a carga movimentada, inclusive pelo Arco Norte.
Para 2021 essa empresa que vem crescendo cada vez mais com a Amazônia, espera, com a aquisição de outros modernos equipamentos, apresentar um resultado ainda maior, isto graças a excelência dos seus serviços, por sinal, pioneiro na área de Santarém, hoje presente em outros importantes portos também.

BR do MAR poderá prejudicar estaleiros e marítimos brasileiros

As entidades representativas do Sistema Rodoviário levantaram bandeira contra o badalado Projeto BR do MAR do Governo Federal, que no momento tramita no Congresso, voltado para a navegação de cabotagem, com a importação de navios estrangeiros para fazer o transporte de cargas pela costa brasileira, oferecendo menores custos.
Contra o mesmo Projeto, já se posicionaram entidades representativas da indústria naval, bem como do setor marítimo, já que esse processo poderá atingir seriamente os estaleiros brasileiros e os marítimos nacionais com a vinda de profissionais estrangeiros, prejudicando seriamente o nosso mercado.

Governo do Estado do Maranhão colocou lá em cima o Porto de Itaqui

Justiça se faça, mas o Governo do Estado do Maranhão, através da EMAP-Empresa Maranhense de Administração Portuária, deu um impulso muito grande ao setor portuário, através, especialmente do porto de Itaqui, nivelando-o aos mais movimentados do Brasil, isso também graças ao calado, que permite as operações dos maiores navios do mundo. Isso não acontecia quando administrado pela CODOMAR.
Graças ainda ao trabalho muito dinâmico da atual Diretoria, já se observa novos negócios dentro e fora da poligonal do complexo Industrial e portuário do mesmo. Espera-se no final deste ano um resultado financeiro muito maior, isto graças a maior movimentação de cargas, incluindo também granéis líquidos. Oportunamente voltaremos com melhores dados sobre o mesmo, que nos tempos da CODOMAR o “vermelho” era certo no final de cada ano.

Porto de Santarém aumenta cada vez mais sua movimentação

O porto de Santarém, que também é administrado pela CDP-Companhia Docas do Pará, vem aumentando cada vez mais a sua movimentação, com a operação ali de grandes navios graneleiros, na sua maioria de bandeiras estrangeiras, todos eles cruzando agora o Rio Amazonas, através da Barra Norte, conduzidos pelos Práticos da ZP-1.
Para melhor atender às empresas de navegação, sem alardes, a atual Diretoria da CDP vem introduzindo ali novos melhoramentos, com seus próprios recursos, segundo informações chegadas a coluna. Isso é muito bom, considerando o futuro promissor dessa bela cidade banhada pelo Tapajós.

MARESIAS

Um especial trabalho vem realizando a ANTAQ-Agência Nacional de Transportes Aquaviários, com relação a movimentação do setor portuário no Brasil.

Esse importante órgão do Governo Federal está também presente na Amazônia, inclusive em Belém, com uma muito bem organizada Unidade. O que é muito bom.

Não só o pagamento de R$10 milhões que terão que ser pagos pela empresa BERTOLINI, conforme determinou a Justiça, lamentavelmente, outros problemas mais…

Sobre este assunto o colunista voltará depois, com um contato direto com o Tribunal Marítimo. Com certeza o SINDARPA entrará em ação em defesa da mesma.

Aliás, a BERTOLINI sempre foi uma empresa cumpridora fiel de todas as recomendações do órgão competente, mas ninguém, infelizmente, está livre da fatalidade.

O bom caráter, nosso amigo de muitos anos, armador e empresário Relton Osvaldo da Pureza Pinto é agora o Presidente da nossa muito querida SOAMAR.

Muita coisa boa vem a caminho voltado para o setor portuário no próximo ano, quando teremos, inclusive, o “Porto Futuro” com Janela e tudo o mais funcionando…

Justiça se faça, mas o trabalho do Senador Jader Barbalho em defesa da Hidrovia do Tocantins tem sido muito especial. Infelizmente, parece que “forças ocultas” entraram em campo para atrapalhar.

Agora ainda mais com essa história de “privatização dos rios”, vai ficar mais difícil. De qualquer maneira, resta esperar, porque em política tudo pode acontecer…

Nosso bom amigo empresário e armador Eduardo Carvalho (Grupo MEGA), numa verdadeira ponte aérea entre Belém/São Paulo/Belém, a serviço. Quem trabalha, Deus ajuda.

Marítimos da TRANSPETRO estão seriamente sendo prejudicados por essa subsidiária da Petrobras. Isso jamais aconteceu. A contrariedade é geral. Muito lamentável.

O catamarã “AMAPÁ”, que pertenceu à frota da ENASA, hoje da MARCONAVE, ainda poderá voltar ao tráfego, no transporte misto de cargas e passageiros na rota de Manaus. Anotem.

Como sempre, o Portal da Navegação vem sendo bastante solicitado, isto graças às boas informações regionais, nacionais e internacionais ligadas ao setor.

Com exceção de Roraima e Acre, todos os Governos dos Estados da Amazônia já tiveram suas empresas de navegação fluviais, inclusive o Pará e Amapá, com luxuosos navios. (AS).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next