NA AMAZÔNIA AZUL – Ex-Comandante do 4º Distrito Naval, na Reserva, se destaca hoje como Diretor da Amazônia Azul

Neste mês de dezembro está completando nove meses que o nosso grande amigo Almirante Newton de Almeida Costa Neto, deixou a capital paraense após transmitir a função de Comandante do 4º Distrito Naval ao Vice-Almirante Valter Citavicius Filho.
Na reserva da Marinha, não ficou a ver navios, exerce hoje as funções de Diretor da Amazônia Azul, importante órgão que tem papel de extraordinária importância para o desenvolvimento do Brasil. Como recordar é viver… publicamos a foto da última reunião da qual ele participou como presidente do Conselho Superior da nossa SOAMAR-Belém. (Foto: Luiz Celso).

Práticos de Porto e de Singradura especializados no exterior

Muita gente não sabe, mas na Amazônia trabalham Práticos de Porto e de Singradura que já realizaram cursos de especialização, inclusive de manobras, no exterior, a maioria na França, por isto são profissionais altamente adestrados para o exercício dessa penosa profissão, que só os “leigos” desconhecem, como aquele Deputado Federal do Rio Grande do Sul.
O colunista sempre defendeu essa categoria, porque conhece de perto o trabalho da mesma, já que por um bom tempo trabalhou lado a lado, como Oficial de Radiocomunicação, na Amazônia e em portos brasileiros e estrangeiros.
HONRA AO MÉRITO.

Delegado do SINDMAR em Belém realiza um grande trabalho

O paraense Capitão-de-Longo Curso, Comandante Darlei Pinheiro, por sinal nosso colega do Mérito Tamandaré, vem realizando um excelente trabalho à frente da Delegacia local do SINDMAR –
Sindicato Nacional dos Oficiais da Marinha Mercante em nossa capital.
Portador de um currículo muito especial, marcou seu trabalho também por alguns anos como representante dos marítimos brasileiros junto a Representação da IMO em Londres, ele inclusive faz parte do Quadro Efetivo de Comandantes da Transpetro, empresa de navegação subsidiária da Petrobras, muito estimado no setor.

Significativa Mensagem de Natal enviada pela Praticagem da Barra

A Mensagem de Natal e Ano Novo enviada pela Praticagem da Barra, assinada pelo seu presidente Comandante/Prático Leonardo Claro Garcia, pelo seu especial conteúdo, transcrevemos na íntegra:
Em 2020, as águas foram turbulentas, o mar exigiu-nos mais cautela e prudência para atracar com segurança em portos seguros, mas não perdemos a esperança que tudo ficará bem e que bons ventos e mares tranquilos estarão a nossa espera.
Em 2021, permaneceremos juntos 24 horas por dia, 7 dias por semana e 365 dias por ano.
Desejamos um Natal de muita Paz e um Ano Novo de Prosperidade.

Incoerência total de empresa de capital estrangeiro

Um absurdo. Tem empresa de navegação brasileira, mas de capital estrangeiro, que continua se manifestando contra a obrigatoriedade de contratação de marítimos brasileiros nos navios que se enquadrarem no Programa BR do Mar, isto nada mais é que um comportamento incoerente, já que recebe isenções e outras facilidades governamentais.
Sobre este assunto, o SINDMAR, com sua força, já tomou posição, assim como outras entidades do setor, o mesmo deveria acontecer por parte das autoridades brasileiras.

Três empresas de cabotagem movimentam maior número de contêineres

Hoje no Brasil a movimentação de contêineres se concentra em três empresas, ALIANÇA, MERCOSUL LINES e LOG IN, as duas primeiras fazem a costa brasileira mantendo uma programação regular até Manaus. São elas as maiores concorrentes do modal rodoviário.
Futuramente, com a entrada dos navios estrangeiros, que serão importados para operações na rota de cabotagem, o modal rodoviário diminuirá com absoluta certeza a sua movimentação, já que seus custos são mais altos que os da cabotagem.

MARESIAS

Mas um bom amigo do colunista poderá assumir, num futuro próximo, importantíssima função. Na sua visita a Belém, ainda como vice-almirante, almoçou com com este jornalista num dos restaurantes da Estação das Docas. Mas isto, depois eu conto.

Por sinal, graças a ele recebemos há poucos anos o título de HIDRÓGRAFO HONORÁRIO, uma especialidade que tem também papel de extraordinária importância em nossa gloriosa Marinha do Brasil. Sem problemas, vamos em frente.

Na qualidade de Diretor de Divulgação da SOAMAR-Belém, destacamos regionalmente, nacionalmente e internacionalmente a posse da nova Diretoria da SOAMAR-Belém, que passou a ser presidida pelo bom caráter Relton Osvaldo da Pureza Pinto.

Já existem comentários no setor, que a partir do mês de janeiro será reiniciado o trabalho de remoção do Pedral do Lourenço e de outros obstáculos objetivando o funcionamento da Hidrovia do Tocantins, isto com a grande força do senador Jader Barbalho.

O jovem amador paraense José Rebelo III, hoje destacado nacionalmente, foi merecidamente agraciado com a Medalha do Mérito Tamandaré, ele que além de vice-presidente da FENAVEGA é o presidente do conceituado Grupo REICON, que cresce cada vez mais.

Elogiável sob todos os aspectos o trabalho do bom amigo empresário Apoliano Nascimento, presidente do SINPESCA, hoje uma grande força nacional, inclusive no setor industrial da pesca, apoiado por um grande número de empresas de conceito junto a Marinha.

Pelo que se sabe, o porto de Vila do Conde vai disparar, no bom sentido, com o aumento de navios em demanda ao mesmo, aliás, uma série de melhoramentos já está sendo agendada pela atual diretoria. Isso é muito bom e nota 10.

O extraordinário trabalho do Conselheiro Cilene Borges, no CONSAD da CDP, vai ficar marcado na história desse colegiado em defesa da empresa, autêntico, buscando sempre a linha do direito, como, aliás, aconteceu recentemente, cujo detalhe depois eu conto.

Nada com a atual administração da CDP – Companhia Docas do Pará. Hoje mais de 300 ações trabalhistas circulam na Justiça, de servidores dessa empresa, envolvendo uma grana alta, segundo informações chegadas à coluna. Lamentável.(AS).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next