Recordando a última visita do Almirante Marcos Olsen a nossa capital quando ainda vice-almirante titular da DNH

O colunista, ao longo dos anos, sempre manteve um estreito relacionamento com altas patentes da nossa gloriosa Marinha do Brasil, por sinal, com muito orgulho ostentamos as Medalhas Amigo da Marinha, do Mérito Tamandaré e do Mérito Naval, está última do Grau de Oficial, além de outras honrarias, como HIDRÓGRAFO HONORÁRIO, por indicação do grande amigo, hoje Almirante-de-Esquadra Marcos Olsen, quando da sua última visita a Belém, ainda vice-almirante Diretor da DNH.
Na foto ele aparece com o colunista, na outra também com o colunista, seu assistente, com o dr. Luiz Otávio de Oliveira Campos e o Comandante Clythio Speranza – Diretor da Cargill.

Apenas 50 jovens estarão cursando a EFOMM do poderoso CIABA em 2021

A nossa Universidade do Mar, que é o nosso poderoso CIABA – Centro de Instrução “Almirante Braz de Aguiar”, através da EFOMM – Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante, está recebendo para os cursos de Náutica e de Máquinas em 2021, apenas 50 jovens, sendo 45 brasileiros e 5 estrangeiros.
Sem favor nenhum, destaca-se cada vez mais o trabalho do Capitão-de-Mar e Guerra Josué Teixeira, Oficial Superior de elevados méritos, que muito tem feito pela nossa Universidade do Mar, com uma equipe do mais alto nível.

Ex-Comandante do CIABA concluiu com sucesso importante curso na ESG

O nosso grande amigo Capitão-de-Mar e Guerra Marcelo Baptista dos Santos, que realizou um extraordinário trabalho à frente do CIABA – Centro de Instrução “Almirante Braz de Aguiar”, por sinal muito estimado na capital paraense, concluiu com sucesso o importante curso realizado na EGM – Escola Superior de Guerra, no Rio de Janeiro.
É oportuno agradecer a este grande amigo, as referências elogiosas feitas ao colunista quando do encerramento do mesmo, o que transmitimos ao nosso poderoso “O LIBERAL”, que sempre manteve um relacionamento muito especial com a nossa gloriosa Marinha do Brasil.

Grupo CELTE vem prestando diversos serviços importantes

O Grupo CELTE, que também opera nos serviços de travessia, prestando serviços ao INSS e à Caixa Econômica Federal, sem alardes, vai aumentando as suas atividades, mantendo inclusive um Terminal Fluvial muito bem organizado, dentro das normas recomendadas pela ANTAQ – Agência Nacional de Transportes Aquaviários, com movimentação permanente, para embarque e desembarque de viaturas que fazem a rota do Arapari.
O Grupo CELTE dispõe também de embarcações rápidas para o transporte de executivos, ou seja, com tripulação especializada para atender qualquer serviço, sem nenhum problema.

Reflutuação do navio-boiadeiro “HAIDAR”

Há alguns anos, um navio de cabotagem que pertencia à empresa de navegação H.Dantas, ao descarregar no Armazém 2 da CDP, adernou, e em seguida naufragou. Uma empresa local de imediato contratada, em poucos dias conseguiu reflutuar o referido cargueiro. Enquanto isto, o navio-boiadeiro “HAIDAR”, depois de cinco anos no fundo, somente agora vai ser feita a reflutuação do mesmo. Dizem até que o mesmo será cortado. De qualquer maneira, só resta aguardar. Essa demora não tem nada a ver com a atual Diretoria da CDP. De qualquer maneira voltaremos ao assunto.

Terminal Hidroviário “Luiz Rebelo Neto” no cais do porto

Sem favor nenhum, o Terminal Hidroviário “Luiz Rebelo Neto”, que é administrado pela CPH – Companhia de Portos e Hidrovias, órgão do Governo do Estado, poderia também receber aquelas embarcações de passageiros que diariamente chegam a impedir o trânsito na Rua Siqueira Mendes, perimetro entre a Praça da Sé e a Praça do Carmo, com reclamações constantes.
O Terminal Hidroviário “Luiz Rebelo Neto” é público, não existindo nenhum impedimento para operações de embarque e desembarque, desde que obedecidas as normas recomendadas.

MARESIAS

Devidamente aprovado o Programa BR do Mar, resta agora aguardar a importação dos navios estrangeiros. Esse procedimento, que tem o apoio do Ministério da Infraestrutura, com certeza ainda vai demorar um pouco. Vamos aguardar os acontecimentos.

Mais um ano encerrando e o Pedral do Lourenço continua na mesma situação, assim como o navio-boiadeiro “HAIDAR”, no mesmo lugar, ou seja, no fundo do porto de Vila do Conde. Com certeza neste novo ano esses dois problemas serão solucionados.

Dentro de mais alguns dias estará acontecendo a posse do novo Comandante da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental – CPAOR. Seu novo titular, Capitão-de-Mar e Guerra André Luiz Martini Vieira substituirá o CMG Manoel Pinho, por sinal paraense.

Empresa do Ano. Por tudo de bom que realizou, mesmo enfrentando a pandemia da Covid-19, a empresa de navegação HENVIL, que atua regularmente na rota do Marajó, utilizando possantes e confortáveis ferry-boats, foi considerada a Empresa do Ano, merecidamente.

Uma nova bomba que vem a caminho, como já foi anunciada, será a privatização dos RIOS. No Brasil, com certeza, a região que será mais atingida será a Amazônia. Custa-se a acreditar, mas isso já foi anunciado lá pelo Planalto. Muito triste.

O Grupo GDias, que tem suas atividades diversificadas, iniciou as suas atividades com a empresa de navegação TRANSDOURADA, hoje, por sinal, destacada com grande liderança no transporte de derivados de petróleo, atuando em todas as direções da Amazônia.

Muita gente não sabe, mas a Faculdade de Engenharia Naval da Universidade Federal do Pará é reconhecida como uma das melhores do Brasil, tanto assim que tem profissionais formados pela mesma que estão atuando no exterior. Orgulho.

Nosso bom amigo Professor dr. Mecenas Gonçalves, acompanhado da sua “mobília”, bordejando pelo Rio de Janeiro, muito bem protegido, lá no Copacabana Palace, ele que também faz parte da Diretoria da nossa SOAMAR-Belém. Gente da melhor qualidade.

A ABANI- Associação Brasileira da Navegação Interior, com sede no Rio de Janeiro, que já teve diversos armadores fluviais da Amazônia na presidência, vem com força total em defesa do setor em 2021. Isto será muito bom. Nota 10.(AS).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next