Em cerimônia presidida pelo Comandante do 4° Distrito Naval assumiu o novo Comandante da Capitania dos Portos

Conforme estava anunciado, tomou posse no último dia 14/01. O novo Comandante da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental-CPAOR, Capitão-de-Mar e Guerra André Luiz Martini Vieira, em substituição ao seu colega de igual patente, Manoel Pinho. A cerimônia, dentro das recomendações da Marinha, foi presidida pelo vice-almirante Valter Citavícius Filho, Comandante do 4° Distrito Naval, como aparece na foto.

Conforme já informamos, por outras vezes, essa Capitania é uma das mais movimentadas do Brasil, com mais de 160 anos, atendendo os setores fluviais, pesca, portuário, cabotagem e longo curso, fazendo parte do Comando de 4° Distrito Naval, dispondo inclusive de um efetivo de alto nível, composto de civis e militares. O colunista deseja sucesso ao novo Comandante.

Hospital Naval de Belém-HNBe comemorou 62 anos de atividades

No último dia 31 de dezembro o Hospital Naval de Belém-HNBe, completou 62 anos de efetiva atuação, sendo de seu gênero um dos melhores do país, hoje sob a direção da Capitão-de-Mar e Guerra (MD) Mônica Luna, que aparece na foto.

O evento, entretanto, só foi comemorado no último dia 21 de janeiro, dentro das normas recomendadas pela Marinha, tendo em vista os problemas do momento, causados pela pandemia da COVID-19.

Por sinal, o HNBe dispõe de modernos equipamentos e um Corpo Médico-Odontológico e Laboratorial do mais alto nível profissional, funcionando em área do próprio Comando do 4° Distrito Naval. (Foto: Luiz Celso).

SINDMAR grande força dos Mercantes Brasileiros

Elogiável sobre todos os aspectos o trabalho do SINDMAR – Sindicato dos Oficias da Marinha Mercante, em defesa dos seus associados marítimos da Transpetro, bem como de empresas de capital estrangeiro que operam na cabotagem. Se não fosse essa entidade o pior já teria acontecido, por sinal, em Belém funciona uma atuante Delegacia do mesmo, que tem a dirigi-la com excelente desempenho o bom caráter Comandante-CLC Darlei Pinheiro, por sinal nosso colega do Mérito Tamandaré.

Secular PRATICAGEM DA BARRA contribuindo muito para o desenvolvimento do Pará

Altas patentes da Marinha do Brasil, quando de passagem por Belém, conheceram de perto a nova sede da secular Praticagem da Barra do Pará, não pouparam elogios à extraordinária Arquitetura, obra do consagrado Arquiteto paraense dr. Aurélio Meira, por sinal Amigo da Marinha. Os elogios, conforme informamos anteriormente, foram unânimes, sem favor nenhum. Do seu gênero é a mais completa do país, merecendo o “Prêmio ANTAQ-2020”.

Não me canso de levar a público, muito especialmente para quem desconhece, o trabalho dessa empresa de Praticagem, que muito vem contribuindo para o desenvolvimento do nosso Estado e do País, com destaque especial para os seus profissionais, considerados, repetimos: OS ZELADORES DO PATRIMÔNIO PÚBLICO E PRIVADO”.

Comentários na “BEIRA DO CAIS’ que o atual DGP da CDP é um PHD em assuntos portuários

Muita gente não sabe, mas o atual Diretor de Gestão Portuária da CDP-Companhia Docas do Pará, engenheiro José Alfredo de Albuquerque e Silva, é uma das grandes expressões do setor portuário do País, já tendo exercido outras importantes funções, inclusive na Bahia. Na atual já deu provas, com apenas oito meses, marcou seu trabalho com importantes realizações, muito especialmente em direção a Vila do Conde.

Hoje a CDP está no rumo certo, é evidente que em um órgão público nem sempre é possível agradar a todos, mas o impossível aconteceu na atual administração, a empresa apresenta um lucro razoável e, com isto, todos os servidores serão beneficiados. Em tempos difíceis, isto é muito bom.

BEIRA DO CAIS

Problema técnico em importante equipamento que chegou recentemente no porto de Vila do Conde, mas isto depois eu conto com os devidos detalhes. Lamentável…

Executivo de alto nível deixando o Grupo em que atuava, mas continua voltado para Vila do Conde, desta vez ligado ao segmento envolvendo ENERGIA. Eu volto.

Muita gente não sabe, mas o atual diretor-presidente de importante estatal ligado ao setor que funciona em Belém, tem como “PADRINHO” em Brasília um “BOTINA BRANCA”.

A HENVIL Transportes é hoje destaque também no setor turístico do Pará, oferecendo na rota do Marajó o maior e mais confortável “Ferry-Boat”, o “São Gabriel”.

Ainda no decorrer deste ano poderá aumentar o número de grandes comboios fluviais transportando grãos para exportação através do porto de Vila do Conde.

Sem favor nenhum a tradicional Casa das Tintas, com quase quatro décadas comercializando as melhores marcas de tintas, inclusive para a indústria naval. É nota 10.

Aquele Deputado Federal do Rio Grande do Sul, que desconhece totalmente os Serviços de Praticagem, com certeza já recebeu o último número da revista Rumos PRÁTICOS, enviada por este colunista.

A MARINE do Grupo Atlântica Matapi movimenta um extraordinário número de embarcações de RECREIO, tudo pela segurança que oferece e sua especial localização.

A cidade de Cametá foi berço de dois competentes Comandantes dos SNAPP-Serviços de Navegação da Amazônia e Administração do Porto do Pará: Arthur Melo e Silva e Alfredo Lourenço Jr.

Embora um pouco atrasado, vai hoje o abraço do colunista para os Comandantes Ricardo Monteiro, Hildelene Baia e para o Prático da Barra do Pará, Edvaldo Paiva Lima pelo transcurso de seus aniversários. Saúde e vida longa para todos.

Não será nenhuma surpresa para o colunista se uma Oficial de Náutica tentar migrar para a navegação fluvial, objetivando o Comando de um dos super comboios que atende Vila do Conde no transporte de grãos.

Dizem, não sei, que poderá acontecer mudanças a qualquer momento na cúpula da TRANSPETRO. Eu acredito, porque de onde sai fumaça, com certeza absoluta tem fogo. Eu volto.

Grandes grupos multinacionais que atuam na Amazônia ligados ao setor, nem sede própria aqui eles têm. Funcionam em pequenas salas alugadas, ao contrário dos tempos da Normaok e da Boate Lines.

O saudoso amigo Alfredo Rodrigues Cabral, teve papel importantíssimo para regularização dos serviços de travessia na rota Belém/Arapari/Belém. O colunista participou do almoço sobre o assunto no Restaurante LÁ EM CASA, com a presença do então, também saudoso, vice-governador Gerson Peres. (AS).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next