Grupo Atlântica Matapi continua aumentando o seu raio de ação oferecendo uma mão-de-obra de alto nível

Duas importantes operações realizadas recentemente na área, em primeiro plano a Cábrea “RIO BRANCO”, da REICON e, em segundo plano, a Atlântica Matapi, que por sinal se destaca a cada dia na realização de Operações Fluviais, Portuárias e Marítimas, atendendo importantes grupos, tanto nacional com internacional, hoje presente em diversos portos, envolvendo o Pará, Amapá, Maranhão e, futuramente, o Ceará, com uma equipe altamente especializada também no sistema Ship (To) Ship.

MEGA LOGÍSTICA levando novidades para Santarém

A MEGA LOGÍSTICA é pioneira na operação Ship To Barge no Brasil, através de licenciamento dos primeiros fundeios, em Santarém e Vila do Conde, onde acaba de inaugurar o seu Terminal de Transbordo Flutuante ao Largo – TFFL, com capacidade para receber navios Panamax, sem quaisquer danos para o meio-ambiente, operando diretamente na água, através de uma Plataforma com Guindaste Flutuante, com tecnologia exclusiva em nossa região.

SOAMAR-Belém prestes a realizar reunião com nova Diretoria

O novo presidente da nossa SOAMAR-Belém armador-empresário, Dr. Relton Osvaldo Pinto, com certeza brevemente estará presidindo a primeira Reunião dessa importante entidade que reúne os soamarinos de Belém, isto de acordo com o Presidente do Conselho Superior, o Vice-Almirante Valter Citavicius Filho.
Conforme já informamos anteriormente, a SOAMAR-Belém, graças ao dinamismo de suas Diretorias anteriores, foi considerada como uma das mais atuantes, graças a uma série de eventos voltados para o bem estar, inclusive dos ribeirinhos. Com certeza a atual diretoria vai dar continuidade ao trabalho desenvolvido pela anterior.

Praticagem através do CONAPRA em parceria com a USP

É sempre oportuno destacar que a Praticagem Brasileira, pela sua elevada capacidade técnica, vem há bastante tempo contribuindo com pesquisas que resultam em mais segurança para o tráfego aquaviário e eficiência nos portos, inclusive um dos Centros de excelência no setor é a Universidade de São Paulo-USP, com a qual o Conselho Nacional de Praticagem-CONAPRA coopera em dois Laboratórios.
O assunto, inclusive, foi objeto de uma importante reportagem publicada na Revista RUMOS Práticos. Daí porque também o colunista sempre destaca que “Praticagem é coisa séria”.

Melhor tratamento para a navegação fluvial e para o setor pesqueiro

A navegação fluvial, assim como o setor pesqueiro, por tudo de bom que fazem, merecem ter um tratamento melhor de alguns órgãos do Governo Federal, já que eles são da mais elevada importância para a região, onde os rios são as estradas naturais. Exigências absurdas estão acontecendo.
O colunista quase que diariamente está recebendo informações do que vem acontecendo, o que com certeza os escalões superiores não tem conhecimento, pela dificuldade dos prejudicados de chegarem até os mesmos. Os elogios merecidos são publicados pela coluna, mas as críticas, quando necessárias, também.

BEIRA DO CAIS

Dois conceituados Grupos também ligados à navegação fluvial, iniciaram as suas atividades, REICON e GDIAS, ambos são destaque em todas as direções da Amazônia. O primeiro, inclusive, já está presente no Sudeste e Nordeste.

A Rádio Marinha-FM já está sendo ouvida além de Santarém, muito especialmente pela manhã, segundo informações chegadas à coluna. Uma programação de qualidade, levando mensagens especiais aos navegantes, tudo pela segurança. Nota 10.

O SINDARPA, que é o verdadeiro defensor da Navegação Fluvial no Estado do Pará, graças ao excelente trabalho imprimido pela atual Diretoria, a frente o jovem PHD armador Dr. Breno Dias, tem total apoio do nosso Governador Helder Barbalho.

Tem gente na ‘BEIRA DO CAIS’ lamentando certas dificuldades encontradas na Capitania dos Portos para solucionar alguns problemas, inclusive morosidade ou falta de resposta aos processos protocolados. Confirmando ou não, voltaremos ao assunto.

O Terminal Hidroviário “Luiz Rebelo Neto” administrado pela CPH – Companhia Portos e Hidrovias, aumenta cada vez mais a sua movimentação, por tudo de bom que oferece, tanto no conforto como na segurança. Um atendimento cinco estrelas.

Agora muito bem aparelhado o Grupamento Fluvial de Segurança Pública do Estado, vem realizando um trabalho ainda melhor, defendendo as embarcações dos ataques de bandidos que circulam pelos rios nas proximidades de Belém.

Por pouco não foi construído um Terminal de Contêineres no local onde funciona o Armazém-11 da CDP-Companhia Docas do Pará, isto ainda quando a CMA CGM pertencia aos Governo Francês. Os entendimentos não chegaram a bom termo.

Nosso bom amigo Comandante Alexandre Santiago, que foi Capitão dos Portos da Amazônia Oriental-CPAOR, na Reserva, hoje residindo em Belém, dando o brilho da sua capacidade na MEGA LOGÍSTICA, que muito se destaca nas operações fluviais, marítimas e portuárias.

Nosso grande amigo armador-empresário Dr. Eduardo Carvalho, uma das cabeças iluminadas do setor aquaviário, ainda não sabe, mas vai ser convidado para proferir uma palestra em importante órgão sediado em Brasília, sobre a navegação nos rios Tocantins/Araguaia. (AS).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next