CIABA renova certificação da Norma ABNT NBR ISO 9001:2015 para Sistema de Ensino Profissional Marítimo

O Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar (CIABA), Organização Militar subordinada ao Comando do 4º Distrito Naval, renovou, no dia 12 de fevereiro, a Certificação do Sistema de Gestão da Qualidade – SGQ (Norma ABNT NBR ISO 9001:2015) referente à qualidade do Sistema de Ensino Profissional Marítimo (SEPM).
Para continuar a exibir a Certificação ISO 9001:2015, o CIABA foi submetido a uma rigorosa auditoria de recertificação, ocorrida entre os dias 08 e 11 de fevereiro, por meio da empresa RINA, do grupo multinacional de certificação de qualidade desde 1861.
Entre os principais objetivos da auditoria constavam: avaliar a eficácia geral do Sistema de Gestão do CIABA e verificar a conformidade dos processos, sua manutenção e eficácia, conforme os requisitos da norma.
O relatório apresentado concluiu que não foram evidenciadas “não conformidades”, assim como foram sanadas todas as pendências da auditoria anterior, confirmando e renovando a Certificação ISO 9001:2015 do CIABA para os cursos do SEPM, com foco nos alunos, a fim de proporcionar a melhor formação, especialização, aperfeiçoamento, atualização e certificação dos profissionais da Marinha Mercante e atividades correlatas.

Hoje a nossa homenagem vai para um grande flamenguista, que vibrou com a conquista de mais um Campeonato Brasileiro pelo seu Flamengo. A foto lembra uma manhã de lazer no CASARÃO da Vila Naval, enquanto ele ainda Vice-Almirante, outro senão o especial amigo, hoje Almirante de Esquadra, Alípio Jorge Rodrigues da Silva, atualmente no exercício da alta função de Comandante de Operações Navais-CON. Ele, quando vice, foi Comandante do 4° Distrito Naval. UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tocantins/Araguaia já foi navegável antes da Hidroelétrica de Tucuruí

Os rios Tocantins/Araguaia, antes do funcionamento da Hidrelétrica de Tucuruí, eram movimentadíssimos, através dos Barcos conhecidos como “marabaenses”, que atendiam cidades interioranas do Pará, Maranhão, Goiás e Mato Grosso. Vários produtos, inclusive castanha, eram conduzidos através dos mesmos, que com a alta competência dos Pilotos Regionais, passavam pelas Corredeiras do Itaboca e Capitariquara, sem problemas. Hoje, lamentavelmente, com o Pedral do Lourenço e outros obstáculos mais, o rio Tocantins está fechado, sem condições de navegação durante o ano todo. Muito tem se falado sobre a derrocagem do Pedral do Lourenço, mas, infelizmente, até agora não aconteceu.

CONAPRA entidade representativa da Praticagem de conceito internacional

O CONAPRA Conselho Nacional de Praticagem, representante legal das Praticagem Brasileira, com sede no Rio de Janeiro, foi um dos fundadores do Fórum Latino Americano de Práticos. Brasil, Argentina, Chile, Cuba, Equador, México e Uruguai foram os signatários do Fórum em 2004. Ao Grupo juntaram-se Colômbia, Panamá, Peru e Venezuela.
O CONAPRA é uma entidade de grande conceito internacional, sempre presente nos grandes eventos internacionais ligados a Praticagem

BEIRA DO CAIS

Continua muito tenso o setor portuário de nossa capital, envolvendo a CDP-Companhia Docas do Pará. Até agora os “BOMBEIROS” não entraram em ação.

Muita gente não sabe, mas a Praticagem da Barra vem cumprindo sua missão de forma ética e eficaz, isto desde 1787, sem registrar qualquer acidente.

A Empresa mantém uma frota de mais de 15 lanchas construídas especialmente para o transporte dos PRÁTICOS para manobrar os navios que demandam sua jurisdição.

Continuam aumentando consideravelmente em Belém o número de jet-skis. Nos finais de semana observa-se esses equipamentos náuticos em todas as direções da Guajará e rio Guamá.

Há muitos anos não é construído, tanto em Belém como em Manaus, um navio convencional. A moda pegou. Agora, só catamarãs e Ferry-Boats.

Além de Oficiais Superiores da Reserva da Marinha, têm PRÁTICOS das ZP-s, das diversas profissões, como Economista, Administrador, Oficiais Mercantes, Médicos e Engenheiros, entre outras.

A Capitania dos Portos da Amazônia Oriental – CPAOR. Tem jurisdição em cerca de 101 municípios paraenses. Alguns titulares desta importante OM da Marinha chegaram ao posto de Almirante-de-Esquadra.

Na Marinha Mercante Americana, ao contrário do Brasil, um navio de bandeira estrangeira não pode operar na rota de cabotagem. Isto é muito bom porque ampara os marítimos americanos.

O anúncio da instalação do Planetário no CIABA – Centro de Instrução “Almirante Braz de Aguiar”, foi recebido com muita satisfação. É a nossa Universidade do Mar cada vez melhor.

Não tem um Vereador na Câmara Municipal de Belém que defenda junto à Prefeitura a criação de uma linha fluvial Belém/Mosqueiro/Belém diária. Triste.

Gente importante de Brasília, informando que a qualquer momento teremos novidades com relação a possível mudança na cúpula da CDP-Companhia Docas do Pará. Resta aguardar, para confirmar ou não.

Muita gente não sabe, mas hoje cerca de 180 PRÁTICOS participam das empresas de Praticagem que atuam na ZP-1 (Rio Amazonas), que é a maior do mundo, envolvendo três Estados, o Pará, Amapá e Amazonas. (AS).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next