RECORDAR É VIVER – Jantar em homenagem ao Almirante Vinicius

Na coluna hoje, o registro do jantar na residência de Roberto Massoud, então Presidente da Soamar-Brasil, há 10 anos. Foi uma homenagem ao Almirante de Esquadra Marcus Vinicius. O jantar aconteceu durante uma viagem do Almirante a Belém para participar de um evento militar. Na época, era Comandante de Operações Navais (CON) da Marinha do Brasil. O Almirante de Esquadra Marcus Vinicius, quando na ativa, entrou para o seleto grupo de Oficiais da Marinha do Brasil que serviram em Belém. Como Capitão-de-Mar-e-Guerra, foi Capitão dos Portos da Bacia Amazônica Oriental; Quando Vice-Almirante, comandou o 4º Distrito Naval. Depois, chegou ao posto máximo de Almirante de Esquadra.
Por conta dessa trajetória, desfruta, até hoje, de grande conceito na sociedade paraense, além de boas lembranças pelo excelente trabalho realizado nas Organizações Militares que comandou. Na foto, da esquerda para direita, Roberto Massoud, presidente Soamar-Brasil, o jornalista Alyrio Sabbá; Rodrigo Otávio, Vice-Almirante e Comandante do 4º Distrito Naval; Odair Correia, Vice-Governador do Pará; Marcus Vinicius Almirante de Esquadra (COM); Raul Moreira, Presidente Soamar-Pará; Dr. Abady, Superintendente da Polícia Federal; General de Exército Milton Peixoto, Comandante da 8ª Região Militar.

Reparos no navio HTC Delta terminam hoje

O conserto no sistema de ar condicionado do navio HTC Delta está sendo realizado. Após a conclusão, prevista para hoje, o navio seguirá viagem para Porto Trombetas. Como noticiado nesta coluna na última terça, o problema foi comunicado pela Cooperativa de Apoio e Logística aos Práticos da ZP1 (Unipilot) à Autoridade Marítima, e também ao Ministério Público do Trabalho, já que a tripulação do navio precisa descansar para não pôr em risco a segurança da navegação.
Vale lembrar que a Marinha do Brasil observou a Convenção sobre Trabalho Marítimo (CTM) de 2006, que passou a vigorar no Brasil em abril deste ano, após Decreto Presidencial 10.671/2021. Esta Convenção tem o mesmo peso do RIPEAM, SOLAS, MARPOL, ISM CODE – todas Convenções Internacionais incorporadas e relacionadas à Marinha Mercante. A CTM garante mais dignidade aos trabalhadores marítimos, tratados na convenção como ¨Gente do Mar¨

Evandro: uma lenda da Praticagem da Bacia Amazônica

“À querida Cleia, uma lembrança de hoje para recordares amanhã”, escreveu Evandro, em 1956, no verso da foto com a esposa durante uma viagem pelo Amazonas.

O Pratico Evandro Pinto Rebello nasceu em Santarém e iniciou a profissão nos anos 40 como Praticante de Prático na Navegação Costeira. Como Prático, fez parte do quadro do Lloyd. Em 1964 quando o Lloyd encerrou as atividades na Amazônia, passou a trabalhar na Enasa, que também encerrou as operações. Em 1970, junto com outros Práticos, participou da fundação da Associação de Praticagem da Bacia Amazônica (APBAM), onde exerceu atividades Profissionais até se aposentar, em 2004. Foram 54 navegando pela Amazônia.
Nossa lenda ajudou a construir uma família ligada à Praticagem. Os saudosos irmãos Guilherme Pinto Rebello e Lairton Pinto Rebello também foram Práticos do Rio Amazonas. O filho, Ricardo Campbell, vem seguindo os ensinamentos. Orgulhoso da trajetória do pai, enviou as imagens que ilustram este texto.
Evandro está abordo do navio “Almirante Alexandrino” do Lloyd Brasileiro durante uma viagem no Amazonas, em 1956, ao lado da esposa, Clecia Rebello, com quem teve três filhos e viveram juntos até seu falecimento, em 2004. Como não havia celular com trocas de mensagens, escrevia dedicatórias a mão. Para recordarmos para além do amanhã.

Mares & Rios

As exportações brasileiras de soja voltaram a apresentar resultado inédito. Em maio, as vendas dos grãos atingiram a marca de 16,4 milhões de toneladas, representando alta de 16.3 % em relação ao mesmo período de 2020. Em números absolutos, foram 14 milhões a mais de soja embarcada, segundo dados divulgados pela Secretaria de Comércio e Exterior (SECEX), do Ministério da Economia.

Segundo a ANTAQ (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), responsável pela regulação e fiscalização dos portos no Brasil, foram movimentados 278 milhões de toneladas de cargas nos primeiros três meses de 2021. Isto representa um crescimento de 10,5% em relação ao mesmo período do ano passado. As previsões seguem otimistas com a nova safra de grãos que chega aos portos.

O Governo Federal restringiu o desembarque de tripulantes marítimos estrangeiros que atuam a bordo de embarcações ou plataformas. O objetivo é evitar a circulação de novas cepas da Covid-19 no Brasil após a confirmação de casos da “variante indiana” (B.1.617) em tripulantes de um navio ancorado em alto-mar na costa de São Luís-MA.

O Sindmar (Sindicato Nacional de Oficiais e Eletricista da Marinha Mercante) solicitou à Sesma (Secretaria Municipal de Saúde de Belém) a inclusão dos marítimos no grupo prioritário da vacinação à Covid-19.

O Governo Federal inaugurou na última terça o cabo submarino que conecta o Brasil a Portugal. O Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Marcos Pontes, participou da inauguração das operações do cabo submarino de fibra ótica de alta capacidade. A cerimônia ocorreu na cidade de Sines, em Portugal. A obra foi executada pela Ella Link com apoio da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNEP) e teve o custo estimado em US$ 185 milhões.

O nível do rio Amazonas, em Santarém, vem estabilizando desde o final do mês de maio, quando chegou à marca de 8.06 metros. Nos últimos dias do mês, marcou 8.04 metros. Porém, ainda é preciso ficar atento ao mês de junho, período que costuma registrar enchentes.

A Marinha Mercante abriu 263 vagas para admissão às Escolas de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (Efomm/2022) em Belém e no Rio de janeiro. O concurso é destinado a jovens que concluíram o nível médio e têm idade entre 17 e 23 anos. Mais informações em https://www.marinha.mil.br/ciaga/node/2180. (LOP)

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next