Representantes dos aquaviários são recebidos por vice-prefeito de Belém

Conforme antecipado por esta coluna, o Comandante Rodolfo Nóbrega, presidente da Federação dos Marítimos do Estado do Pará, e Haroldo Chagas, presidente do Sindicato dos Condutores da Marinha Mercante, estiveram presentes em uma audiência com o vice-prefeito de Belém, Edilson Moura.
Entre as pautas da reunião, os representantes dos aquaviários pediram a inclusão dos profissionais da categoria na lista de prioridade para receber a vacina contra a Covid-19. Nesta pandemia, os aquaviários vem desenvolvendo atividades essenciais, sem paralisação.
O vice-prefeito acolheu o pedido e comprometeu-se em defender a inclusão da categoria no plano de vacinação em reunião na Secretaria Municipal de Saúde (SESMA).

Grupamento Fluvial impede entrada de imigrantes clandestinos no Pará

Policiais do Grupamento Fluvial apreendem produtos e impedem a entrada de imigrantes ilegais no Pará ASCOM/SEGUP.

Os imigrantes estavam a bordo da embarcação “Ana Beatriz”. Durante abordagem, foram identificados 17 haitianos portando passaportes com visto negado. Dentro do navio, equipes do Grupamento Fluvial identificaram, ainda, carga como roupas, bonés, eletrônicos, suplementos, entre outros, sendo transportados sem comprovação fiscal.
De acordo com a Polícia Civil, a embarcação que saiu de Macapá/AP, na última sexta-feira, foi conduzida até o Porto Líder, situado na Avenida Bernardo Sayão, para início dos procedimentos legais. Uma equipe da Polícia Federal conduziu a abordagem dos imigrantes por ser sua competência. A carga apreendida foi transportada até a embarcação ‘André Luiz’ e encaminhada à Receita Federal.
A ação fez parte da Operação ‘Corpus Christi’ da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SEGUP). Voltada para a prevenção e repressão de crimes nos rios, tem como foco embarcações vindas de outros estados como Amapá, Amazonas e algumas cidades paraenses, como Santarém, e que tinham como destino a capital paraense durante o feriado prolongado.

Mares & Rios

Os meses de junho e julho costumam registrar as maiores cheias do Rio Amazonas. É neste período que começa, também, a ocorrer os repiquetes anunciando a chegada da vazante. A régua de Santarém apresenta níveis bem mais baixos. Ontem estava marcando 7.90 metros.

Na próxima sexta-feira, a Marinha do Brasil vai comemorar a Vitória na Batalha do Riachuelo. A data Magna também marcará a cerimônia de entrega da Medalha do Mérito Naval. O Desembargador Milton Nobre e o Comandante da 8ª Região Militar, General de Divisão, Maurílio Miranda Netto Ribeiro, receberão as medalhas de grau Grande-Oficial.

O 2ª Batalhão de Operações Ribeirinhas realizou a cerimônia de Juramento à Bandeira Nacional da primeira turma de 2021 do Estágio de Instrução e Adaptação (EIA) de 169 Marinheiros-Recrutas, os quais prestaram o solene juramento ao Pavilhão Nacional.

Na semana que vem, começa a coleta de assinaturas dos moradores para autorização de mudança de nome de parte da Avenida Artur Bernardes, propondo “Avenida Jornalista Alyrio Sabbá”, no trecho entre o Aeroporto de Val-de-Cans e a Avenida Pedro Álvares Cabral.

Com o propósito de conhecer a atuação da Corte Marítima Brasileira e sua relação direta em prol da justiça e da segurança da navegação, o Comandante da Marinha, o Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos, visitou as instalações do Tribunal Marítimo (TM). Na oportunidade, foi recebido pelo Presidente do Tribunal, o Vice-Almirante (RM1) Wilson Pereira de Lima Filho.

O Capitão-de-Mar-e-Guerra Rodrigo Antônio da Costa Costeira, atualmente Comandante da base Naval de Belém, vem realizando grande trabalho desde janeiro de 2020. Costeira é paraense, filho de João Antônio e Ivete Costa Costeira, e tem excelente formação acadêmica: bacharel em Ciências Navais pela Escola Naval e cursado em Estado-Maior para Oficiais Superiores com nível mestrado pela Escola de Guerra Naval. (LOP)

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next