NAVEGAÇÃO EM FOCO – Com medalha inédita de Sargento, PROLIM encerra participação histórica em Tóquio 2020

A Sargento Ana Marcela Cunha, eleita seis vezes a melhor nadadora de águas abertas do mundo e campeã por cinco vezes do mundialde maratona aquática, finalmente conquistou a tão sonhada medalha de ouro nos jogos olímpicos, completando os 10 quilômetros de prova em 1h59m30s8.
Com a medalha de Ana, o Brasil fechou as Olimpíadas de Tóquio na melhor posição da história no quadro de medalhas, com recorde de pódios e igualando marca de ouros da Rio 2016, ficando no 12º posto no quadro e subindo uma colocação no ranking. Muito se deve à performance dos atletas das Forças Armadas. Protagonistas, em oito pódios, eles foram responsáveis por 38.09% das medalhas conquistadas pela delegação brasileira.
Só os atletas do Programa Olímpico da Marinha (PROLIM) conquistaram 6 medalhas: 3 ouros, 1 prata e 2 bronzes. Ao todo, foram 44 atletas militares em Tóquio. A Comissão de Desportos da Marinha (CDM) e o Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN) permanecerão apoiando o Desporto Nacional e os nossos Atletas de alto rendimento do PROLIM, contribuindo para tornar o Brasil uma potência olímpica.

Forças de segurança encerram operação verão

Encerramento do Programa Verão 2021 em Mosqueiro, os delegados Walter e Magno e equipe.

As férias de julho deste ano registraram um baixo índice de ocorrências policiais devido ao forte esquema de segurança montado pelos Órgãos de Segurança Pública do Estado, com destaque para Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Defesa Civil, Polícia Civil e a Capitania dos Portos da Amazônia Oriental.
A Polícia Civil, que tem à frente o Delegado Geral Dr. Walter Resende, coordenou as atividades nos principais balneários do Estado através das delegacias locais. Este ano teve, um fato novo que foi o grande movimento na travessia para os restaurantes da Ilha do Combu e as praias de Cotijuba. Por isso, foi fundamental o apoio da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental, através da Polícia Naval e com a Divisão de Polícia Fluvial, que tem como Diretor o Delegado Arthur Rosário.
O encerramento do Programa de Segurança ocorreu na ilha de Mosqueiro, além do Delegado Geral Dr. Walter Resende, também esteve presente o Diretor de Polícia Especial, Delegado Benedito Magno.

35 anos de atividade da 2ª turma concursada da praticagem

Práticos a turma de 1986: Alberto Melres, Paulo André Salgado e Ferdinando Fialho

A 2ª turma que ingressou na praticagem da Bacia Amazônica através de concurso no ano de 1986 também foi a primeira com um número expressivo de oficiais mercantes. O que marcou uma Nova Era no serviço de praticagem. Agora, estará completando, em agosto, 35 anos de atividades.
A turma foi composta por 16 praticantes, sendo um capitão de cabotagem, Cesar Augusto; oito oficiais de náutica: Alberto Melres, Frederico Lemos, Fernando Tocantins, João Rayol, Almir, Carlos Eduardo Morais, Peri Soares e Raimundo Teixeira; Quatro pilotos Fluviais: Gilberto Maia, Francisco das Chagas Silva, Francisco Machado e José Maria Monteiro; além de três civis: Paulo André Salgado, Armando Menezes Filho e Ferdinando Fialho. Desta turma, dois faleceram (Gilberto Maia e José Maria Monteiro). Almir é Pratico do Porto de Itaqui, no Maranhão. O restante continua em atividade.

Mares & Rios

O campeão Olímpico na Canoagem de Velocidade, Isaquias Queiroz, é patrocinado pelo Conapra. É a Praticagem do Brasil acreditando e apoiando nossos atletas olímpicos.

Os atletas que representam o Brasil nos Jogos de Tóquio, ao menos 242 são bolsistas do programa do Governo Federal, e 92 são militares atletas entre 21 e 39 anos de idade, sendo 44 da Marinha , 26 do Exército e 22 da Aeronáutica.

A Empresa de Praticagem do Norte (Nortepilot), Praticagem da Bacia Amazônica (ZP-1), aderiu ao Projeto “Adote uma sala de aula”, do Centro de Instrução Braz de Aguiar (CIABA). Será a terceira empresa a participar do projeto, que tem como objetivo a modernização das salas de aulas, tornando esses ambientes locais de excelentes condições de habilidade e conforto para os alunos da EFOMM.

Na próxima semana, acontecerá o maior exercício realizado pela Marinha no Planalto Central, a chamada Operação Formosa. A operação, realizada anualmente desde 1988, envolve mais de 2 mil militares da Força, sendo 100 Exército e 30 da FAB. Este ano a operação será dividida em quatro fases. A 3ª etapa integrará as três Forças Armadas, fazendo parte do calendário do Ministério da Defesa. A operação poderá ser acompanhada pelas mídias sociais da Marinha do Brasil.

A ANTAQ realizará na sexta que vem, na B3, em São Paulo, leilões de quatro áreas portuárias. As sessões públicas acontecerão a partir das 15h. Serão leiloadas uma área no Porto de Santana/AP, outra no Porto de Maceió/AL, mais uma no Porto de Fortaleza/CE, e outra área no Porto de Salvador/BA. Mais informações na coluna de quinta (LOP).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next