Praticagem de São Paulo é pioneira na adoção do Programa de Gestão de Emissão de Poluentes Atmosféricos

A Praticagem de São Paulo adotou o Programa de Gestão Ambiental (VGP) do Instituto Via Green e torna-se a primeira do país a elaborar um inventário de emissões de Gases de Efeito Estufa, demonstrando a sua contribuição no combate às mudanças climáticas.

Buscar melhores práticas operacionais através da gestão de impactos ambientais e contribuir para um clima mais equilibrado e uma vida melhor. Esses são os objetivos da Praticagem do Estado de São Paulo que adotou o Programa de Gestão Ambiental (VGP) do Instituto Via Green.

“Entendemos que as empresas devem fazer sua parte e colaborar com essa causa, quanto maior o alcance das metas melhores os benefícios para todos”, diz Bruno Tavares, Presidente da Praticagem de São Paulo.

O Instituto Via Green é uma organização de pesquisa e desenvolvimento de projetos sustentáveis. A proposta do VGP é reduzir os impactos ambientais negativos relacionados às atividades empresariais, através do monitoramento do consumo de água e energia, geração de efluentes líquidos e resíduos sólidos e emissões de poluentes atmosféricos.

Para Bruno Tavares, adotar o programa é uma forma de incentivar as melhores práticas e envolver seus colaboradores nessa importante iniciativa de responsabilidade socioambiental. “Já começamos a identificar e a mudar os pontos necessários para adequação ao VGP em nossa sede, no estaleiro e até em nossas lanchas. Entre as providências tomadas estão aproveitar as águas pluviais, de reuso, usar energia solar no estaleiro e adaptar motores eletrônicos nas lanchas. E vamos continuar repensando processos com o apoio de toda nossa equipe. Sabemos que empresas inovadoras quando investem em sustentabilidade agregam um valor institucional importante à atividade”.

Por Portal da Navegação, via Ascom.

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next