MP apura denúncia de falhas em motor e intoxicação em barcos de saúde em Manaus

Manaus (AM) – O MPAM (Ministério Público do Amazonas) abriu procedimento administrativo para investigar denúncia de problemas nas unidades fluviais Ney Lacerda e Antônio Levino, da Semsa (Secretaria Municipal de Saúde) em Manaus. Os barcos têm serviços médicos a ribeirinhos nas margens dos rios Negro e Amazonas.
A investigação ocorre no Plano de Contingência Nacional para Infecção Humana pelo Novo Coronavírus, definido na Nota Técnica n° 04/2020, expedida pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).
O Ministério Público pediu informações à Semsa. “A investigação relaciona irregularidades físicas e funcionais, muitas delas inerentes às embarcações em si, como defeitos no motor e intoxicação pelo uso de combustível”, disse a promotora de Justiça Luissandra Chíxaro de Menezes.

Por Portal da Navegação, via AMAZONAS atual.

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next