NAVEGAÇÃO EM FOCO – CIABA comemora 20 anos da 1ª Turma de Mulheres da EFOMM

Na última sexta-feira, dia 10 de setembro, o Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar (CIABA) realizou um evento em homenagem aos 20 anos da formatura da 1ª turma de mulheres da Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (EFOMM) nas fileiras da Marinha Mercante Brasileira.
As pioneiras são da Turma “Praticagem da Barra do Pará”, que iniciou em 1997 com 14 alunas, mas somente 9 concluíram o curso, que à época era de quatro anos.
O descerramento da placa comemorativa foi feito pelo Capitão-de-Mar-e-Guerra Josué, Comandante do CIABA; Aluna Beatriz Oliveira, atual Comandante-Aluna da EFOMM; e as ex-alunas Hildelene, 1ª mulher brasileira Comandante de Navio Mercante; e Luciene, Capitão de Cabotagem e Professora do CIABA.
Na ocasião, também foi feita a entrega do livro que conta a história do CIABA, no qual o ingresso da 1ª turma de mulheres na EFOMM possui um capítulo exclusivo. O evento também contou com a presença do atual corpo feminino de alunas da EFOMM, de representantes do Corpo Docente e da Tripulação do CIABA.

Belém receberá 2ª etapa do Campeonato de Vela

Cerca de 30 barcos a vela são esperados na 2ª etapa do Campeonato Paraense de Vela Classe Laser.

No fim de semana, 30 competidores são esperados no Combu para disputar oito regatas que valem pontos para o ranking nacional de Vela Classe Laser. O evento tem apoio da Associação Brasileira de Vela. Velejadores de Belém, Barcarena, Salinas e Santarém estarão reunidos no Espaço Náutico a partir das 8h de sábado.
A 1ª etapa do Campeonato aconteceu na praia do Caripi, em Barcarena, em maio. Laser é um barco a vela de classe olímpica, o mais popular do mundo, com mais de 210.000 barcos produzidos, cuja principal característica é a simplicidade e o baixo preço. Os barcos da classe Laser são tripulados por um velejador. É um barco bastante veloz e pode planar em dias de vento forte.
O tema desta etapa é “Venha Velejar na Amazônia” e tem como principal objetivo difundir o esporte através da criação de escolas de Vela de Belém e Barcarena.

RECORDAR É VIVER # O Prático Francisco de Oliveira Rossetti

O Prático Francisco Rossetti, de camisa listrada, ao lado do então candidato à Presidência do Brasil, Almirante Fortuna.

Desde a infância, o Prático Francisco Rossetti mostrava forte ligação com o Rio Amazonas. O pai, Giovani Rossetti, era armador fluvial e proprietário de dois navios que faziam a linha de regatão entre Belém e Manaus/AM. O irmão mais velho, José Mário Rossetti, também era Prático do Rio Amazonas e acompanhava seu Giovani nas viagens.
Por conta disso, muito novo, aos 22 anos, tirou a carta de Prático do Rio Amazonas e se tornou especialista na linha dos rios Jari e Pará, na região das ilhas. Foi profundo conhecedor da navegação. Rossetti conhecia, como a palma da mão, todos os portos, especialmente os que existiam no Estreito de Breves.
Além do seu alto nível profissional, era bem relacionado no meio da comunidade marítima e tomadores de serviço (armadores). Por isso, era carinhosamente chamado de “Chico Bilha”. Foi o mestre de quase todos os Práticos neste trecho de navegação tão difícil da Praticagem.
Na foto enviada à Navegação em Foco, está ao lado do Almirante de Esquadra, Ernani Fortuna, em 1994. Na ocasião, o Almirante esteve em Belém para o lançamento da candidatura à Presidência da República.

Social no setor.

Ariel Brandão

O Dr. Madson Brandão, Delegado da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra – ADESG/PA preparou, orgulhoso, uma grande festa em comemoração à aprovação da filha Ariel Barros Brandão da Costa (FOTO ACIMA) na OAB. A coluna deseja sucesso à nova advogada!

Mares & Rios

O Navio-Patrulha “Bracuí”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte, que tem como comandante o CMG Imamura, realizou, no último dia 9 de setembro, nas águas jurisdicionais de responsabilidade do Comando do 4o Distrito Naval, o exercício PASSEX com o Navio-Patrulha “La Resolue”, da Marinha Nacional da França, durante sua estadia no porto de Belém.

A Coordenadoria de Operações da Unidade de Rebocadores da Wilson Sons, sob a gestão de Vicente Carvalho, é responsável pelos rebocadores que operam em Porto Trombetas “WS Zeus” e “WS Arcturus”; no Porto de Santarém, “Cetus”; e no Porto de Belém, em Vila do Conde, “Omega” e “Neptuno”.

Já começaram os preparativos para o aniversário de 80 anos do Capitão Fluvial Antonio Lemos Neto, que ocorrerá no próximo dia 23 de setembro.

Estão abertas, no CIAGA, as inscrições para o curso ATOM – Atualização Para Oficiais de Máquinas que estão há mais de 5 anos sem embarcar (LOP).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next