CONVÉS PRINCIPAL – Um ano atrás o colunista era escolhido como Patrono da Turma “ATLANTE”

O colunista agradecendo a todos os presentes pela escolha como “Patrono” no Dia Marítimo Mundial de 2020.

Esta data de hoje tem importante relevância para o colunista: exatamente no dia 24 de Setembro de 2020 (um ano atrás) era declarado como Patrono da Turma “Atlante” dos formandos da “Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante” (EFOMM) do “Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar” (CIABA), nossa famosa “Universidade do Mar”.
No Dia Marítimo Mundial, celebrado na última quinta-feira do mês de Setembro, em 2020 caiu nesse dia. O evento serviu para, além das leituras das mensagens do Secretário da IMO (Organização Marítima Mundial) e do Diretor de Portos e Costas (DPC), Vice-Almirante Alexandre Cursino de Oliveira, o próximo Patrono fosse apresentado.
Foi um momento singular para este colunista, ao ouvir as palavras do Comandante-Aluno Danilo Rozeira, exortando a ajuda dada aos futuros Oficiais, em relação aos conhecimentos técnicos de Náutica e Máquinas, deixou-nos com a grata satisfação do dever cumprido.
Participaram do evento o Comandante do CIABA, Capitão de Mar e Guerra Josué Fonseca Teixeira Júnior, os Oficiais que servem nessa Organização Militar, Corpo Docente e todos os Alunos da Turma “Atlante”.
Em minhas palavras, pude proferirs: “Que a proteção divina vos oriente no sentido dos firmes ideais que abraçastes e que represente a manifestação de fé e de esperança de que poderemos contar com vocês brevemente. Felicidades, Turma “Atlante””.
Jamais será esquecida a data, entrando no calendário particular, fins relembrar a cada ano essa grande homenagem que uma das melhores turmas prestou e pela confiança depositada. Oportunamente falaremos sobre o 1º aniversário de formatura dessa turma em dezembro.
Parabéns a Turma “Atlante”, no desejo de coração que todos estejam bem e sejam excelentes profissionais em qual missão abraçar.
Serão eternos amigos e colegas do colunista.

Estandartes da Marinha Mercante Brasileira incorporados nas Guardas-Bandeiras do CIAGA e do CIABA

CLC Alvaro recebendo o Estandarte das mãos do Almirante de Esquadra Paulo Cesar de Quadros Kluster para ser incorporado à Guarda-Bandeira do CIAGA.
CLC Alvaro entregando o Estandarte para a Guarda-Bandeira do CIABA, após receber das mãos do Vice-Almirante Alípio Jorge Rodrigues da Silva.

O CLC Afonso de Almeida Corrêa traz na Capa do Informativo “O Sextante”, Edição 46, no mês de Agosto de 2021, importante matéria sobre o Estandarte da Marinha Mercante Brasileira, que poderá ser lido no próprio site do “Centro dos Capitães da Marinha Mercante” (CCMM).
Em 02 de Fevereiro de 2017, o Estandarte foi inserido na Guarda-Bandeira do “CIAGA” em Cerimônia Militar que contou com as presenças de Autoridades e da Comunidade Marítima.
Já em Belém, no “CIABA”, a Cerimônia ocorreu em 20 de Fevereiro de 2017, com a presença do Comandante do 4º Distrito Naval, o então Vice-Almirante Alípio Jorge Rodrigues da Silva.
Nas duas Cerimônias, os Estandartes foram entregues as suas respectivas Guardas-Bandeiras, pelo Capitão de Longo Curso e Comodoro Alvaro José de Almeida Júnior.

Navegando

Muito oportuno as mensagens enviadas pelo nosso ilustríssimo médico José Cândido, sobre o “Human Papillomavirus”, o famoso HPV como conhecemos. Um perigo que ronda a todos, principalmente as mulheres. Comprar comida despreparada, áreas de baixíssimas rendas e muitas vezes subindo na escala social ajudam na proliferação, além do ato sexual. É uma doença que se propaga de forma aleatória, onde as mulheres necessitam retirar o útero em caso de contaminação. Portanto, sempre devemos orientar nossos meninos e meninas sobre esse risco. Parabéns Doutor Cândido pela ótima divulgação.

Matéria do renomado cientista britânico Karl Frisson comenta que a maioria das pessoas são imunes ao vírus da Covid. Ainda afirma que a “população suscetível efetiva nunca foi 100%”. Os modelos de epidemia teriam errado ao assumir que a maioria das pessoas não tem nenhuma imunidade ao novo coronavirus. É um fato novo a ser levado em conta. Perdemos inúmeros amigos e colegas para esse inimigo invisível e sem piedade.

Até mesmo para embarques, os marítimos passam por uma quarentena que levam de 7 a 14 dias de isolamento, podendo se estender dependendo das programações dos navios, com exames rápidos e em laboratórios, fins garantir que os mesmos adentrem as embarcações livres desses vírus. É uma parte penosa, porém necessária.

O projeto “BR do Mar” passou por aprovação pela “Comissão de Assuntos Econômicos” (CAE) do Senado na última terça-feira, dia 21 de Setembro. Um dos pilares foi a flexibilização do afretamento de embarcações estrangeiras para serem usadas na cabotagem. As propostas ainda passarão pelas comissões de “Agricultura e Reforma Agrária” (CRA), de “Constituição e Justiça” (CCJ) e de “Infraestrutura” (CI), antes de ir a votação em Plenário. Estaremos no aguardo dos resultados.

As notícias do momento em nosso setor marítimo tratam-se da “Log In”, que atualmente tem avaliação em R$ 2,65 bilhões. O anúncio ocorrido nesses dias em que a empresa “MSC” (Mediterranean Shipping Company) mostra interesse na aquisição do controle acionário. A Log In é composta por sete navios entre 1.700 TEU e 2.880 TEU.

Na chegada em Singapura, o colunista manteve breve contato com o colunista Luiz Omar Pinheiro, responsável pela coluna “Navegação em Foco”, de grande destaque no jornal “O Liberal”. Elogio do mesmo veio para a nossa coluna “Convés Principal”, da qual é leitor assíduo e achou ótima. Também podemos dizer que sua coluna é excelente e bastante divulgada nos meios navais e marítimos. O saudoso amigo Alyrio Sabbá deixou um grande legado.

O Capitão de Longo Curso José Menezes enviou atencioso jornal da época da guerra no Golfo Pérsico. Ainda repercute a matéria anterior da coluna sob o seu heroísmo e da tripulação ao adentrar em áreas perigosas para garantir o abastecimento de nosso país.

O “Tribunal Marítimo” (TM) e a “Diretoria de Hidrografia e Navegação” (DGN), em 15 de setembro realizaram dinâmico workshop que teve como destaque a Segurança da Navegação. Os temas desenvolvidos “A Evolução da Hidrografia e da Navegação” e “Hidrografia e os Acidentes da Navegação – Uma visão do Tribunal Marítimo” pode ser visto pelo canal da Marinha no Youtube.

O Capitão de Longo Curso Luiz Otávio de Miranda é um dos grandes Comandantes da Marinha Mercante, sendo referência para muitos jovens. Estivemos juntos em 1998, quando o colunista fazia seu primeiro embarque como 2º Oficial de Náutica e ele era o Oficial de Radiocomunicações. O navio foi o NT “Jundiá”, que cumpriu muitas missões no Brasil e no exterior.

Uma verdadeira frase dita por um colega foi que muitos Executivos entram em grandes empresas com o único objetivo de ganhar dinheiro de forma ilícita sendo considerados como verdadeiras aves de rapinas. Sempre lamentável quando conseguimos identificar pessoas desse tipo, onde muitas das vezes saem ilesas. Porém, sempre afirmo que ainda terá mais uma justiça porvir: a Divina.

Nosso grande amigo Alexandre da “TV Jaguanum” sempre trazendo notícias interessantes, inclusive algumas do nosso setor. Ele sempre acompanha nossa coluna. Agradecimentos pelo total apoio.

O Grupo “Papa Chibé”, formado exclusivamente por Comandantes e Chefes de Máquinas paraenses travam verdadeiras guerra, no bom sentido, quando o assunto é sobre Remo e Paysandu. Dependendo de quem esteja em melhor campanha, as mensagens de “zoação” são repletas e engraçadas. Porém, quando perdem, somem do grupo por um tempo. Normal do torcedor de futebol.

O colunista ficou bastante admirado com o desempenho de seu 1º Oficial de Náutica Luís Henrique Anselmo de Oliveira, conhecido a bordo como Anselminho, por falar tudo com “inho”. Não se intimidou com o grande tráfego no Estreito de Malaca e fez um excelente apoio ao Comandante num dos lugares que tem navios de todos os tipos e diversas nacionalidades. Fato esse elogioso merece destaque na coluna e também para servir de exemplo e motivação para os mais jovens que futuramente abraçarão a carreira de Oficial da Marinha Mercante. Posso afirmar com convicção que o Piloto será um grande Imediato e um excelente Comandante, futuramente. Anotem o que digo. (RM).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next