CONVÉS PRINCIPAL – Dia Marítimo Mundial – data será comemorada amanhã pela IMO

Amanhã solenemente estaremos comemorando o “Dia Marítimo Mundial”, data esta sempre celebrada na última quinta-feira do mês de Setembro, estabelecida pela IMO desde 1978.
Agência especializada das Nações Unidas, a “Organização Marítima Internacional” estará homenageando um dos modais mais utilizados e que tem participação efetiva no crescimento da economia de uma nação.
No Brasil, a data é festejada pela Comunidade Marítima com Cerimônias nas “Escolas de Formação de Oficiais da Marinha Mercante” do CIAGA e CIABA, nas Capitanias dos Portos, Agências e Delegacias em várias cidades, sendo a “Diretoria De portos e Costas” responsável pelos eventos, por ser considerada a Autoridade Marítima Brasileira.
No Rio de Janeiro, a Cerimônia que será realizada, contará com as presenças de diversas autoridades civis e militares, onde vários aquaviários da Marinha Mercante Brasileira, entre Oficiais e Subalternos, serão agraciados como a “Medalha de Mérito Marítimo”, em suas diversas âncoras, valorizando a dedicação desses profissionais. Também será entrega o Distintivo de “Comodoro da Marinha Mercante” a um Capitão de Longo Curso.
As fotos lembram as celebrações em anos anteriores, onde os Alunos do CIAGA formam para o Cerimonial, tendo a representação do “Centro dos Capitães da Marinha Mercante” (CLC Gondar) e a nossa Capitão de Longo Curso Hildelene Lobato Bahia recebendo a Medalha no ano de 2019.

CIABA realiza Regata Ecológica em comemoração ao Dia Mundial da Limpeza.

Ainda celebrado o “Dia Mundial da Limpeza” (World Clean Up Day 2021), nossa “Universidade do Mar – CIABA” realizou a 1ª Regata Ecológica do Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar (CIABA), no dia 25 de Setembro de 2021.
O evento também faz parte da “Comemoração dos 200 Anos da Independência do Brasil” que será comemorado no dia 07 de Setembro de 2022. Torçamos para que até lá a pandemia já tenha se dizimado e que possamos voltar à vida cotidiana de sempre.
A Regata Ecológica teve a finalidade principal de desenvolver a consciência ambiental dos futuros Oficiais da Marinha Mercante Brasileira, onde uma vez a bordo, colocarão em prática os aprendizados obtidos nos bancos escolares em relação a preservação do nosso meio marinho e terrestre.
O evento também serviu para que os Alunos contribuíssem com a Comunidade Marítima, efetuando e promovendo a limpeza da Baía do Guajará, em Belém do Pará, terra do açaí e da farinha “baguda” de mandioca.
Duas das competições promovidas durante o evento foram a “Maior Quantidade de Lixo Recolhida” e “Lixo Mais Exótico”. Ao final, recolheu-se o total de 556,4 Kg de lixo flutuante às margens do CIABA.
Outra competição bastante disputada foi a de vela na classe “laser”, onde 18 embarcações tiveram o espírito esportivo em prol do meio ambiente, com as participações dos próprios Alunos da EFOMM e de clubes náuticos da região.
O Comando do 4º Distrito Naval, tendo a frente o Vice-Almirante Valter Citavicius Filho, e o CIABA, com o Capitão de Mar e Guerra Josué Fonseca Teixeira Júnior estão de parabéns pelo belo evento e demonstração de conscientização de limpeza e preservação do meio ambiente.
Bravo Zulu!

Navegando

Na última segunda-feira, fez 31 anos que um dos grandes heróis da Marinha Mercante Brasileira nos deixou. Trata-se do Prático Nelcy da Silva Campos, falecido em 27 de Setembro de 1990. Seus atos salvaram muitas vidas e parte da cidade de Recife. O incidente ocorrido em 12 de Maio de 1985, madrugada de um sábado para domingo, quando um dos três tanques em um navio petroleiro, atracado no porto, foi atingido por um incêndio de grandes proporções. O Prático Nelcy retirou o navio da área portuária e o levou para o alto mar. De volta em terra firme, são e salvo, o Prático recebeu Medalha pela coragem e dedicação. Cinco anos depois desse ato heroico, ele nos deixava para o grande reino de Deus.

Um busto do Prático Herói Nelcy da Silva Campos está localizado na entrada do Terminal Marítimo de Passageiros em Recife. Quando passarem pelo monumento, lembrem-se da sua coragem e convicção onde os homens do mar se arriscam e não medem esforços para salvar vidas. Ele sim, um grande herói.

A Marinha do Brasil, até o final deste ano, contará com a operação de um dos submarinos mais modernos do mundo. A embarcação será a primeira de uma série de cinco, sendo construído numa base naval da Marinha, no litoral do Rio de Janeiro. É o nosso poder naval em ascensão na modernização, garantindo maior eficiência nas defesas de nossas águas e Soberania Nacional.

Nova Unidade da Marinha foi instalada na cidade de Chapecó. Trata-se da “Patromoria da Capitania dos Portos de Santa Catarina”, que irá auxiliar no controle do tráfego aquaviário desse Estado, facilitando a prestação de serviços e fiscalizações no Rio Uruguai e nos lagos formados pela hidrelétrica local.

O colunista envia fraternal abraço ao Sargento (FN) Clidenor, hoje na reserva da Marinha. Ele foi um dos grandes amigos da Turma “Ayrton Senna da Silva” da EFOMM-CIABA, entre os anos de 1994 e 1997. Responsável pelo aprendizado de Ordem Unida e toques de cornetas, onde até os dias de hoje temos memoráveis celebrações e lembranças.

Outro grande amigo do colunista, também da reserva da Marinha, o Capitão de Fragata (RM1) Ricardo Rebelo, que alguns anos atrás, exerceu a função de Imediato do “Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar”, sendo uma pessoa de bom coração e amável. Amigos sempre ficam nas lembranças, mesmo longe.

Nossa bela Guarda-Marinha (RM2) Tainá em breve estará se formando no Curso da qual está presente nesse exato momento. Ela deverá prestar seus serviços na “Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental” (CFAOC). Para a grande amiga “um beijo e uma rosa”, como dizia o nosso eterno amigo Alyrio Sabbá.

O Capitão de Longo Curso Marco Antônio Carvalho está apenas um pouco mais de 30 dias na residência e já pensa em retornar ao Longo Curso. Por uma ironia do destino, quase isso acontecia, porém tudo foi normalizado. Descanse bem, meu amigo, pois a “longada” é um pouco trabalhosa, principalmente quando se opera nos portos estrangeiros. Em breve estará de volto com toda força e vigor.

Os Praticantes a bordo sob o Comando do colunista têm se demonstrado com bastante interesse nos aprendizados de suas funções que, mais à frente, irão exercer. Com certeza serão excelentes Oficiais. O dever acima de tudo, o comprometimento e lealdade sempre estão nas características de grandes profissionais.

Em uma passagem pela Praça de Máquinas, deu orgulho de ver a minha afilhada da Turma “Atlante”, Praticante de Maquinas Raíra Lino dos Santos, integrada à Seção apoiando o Chefe de Máquinas e demais membros em uma manutenção de rotina que exigiu perícia e proatividade. Isso ela mostrou de sobra. “Eu já sabia. É Atlante” Parabéns.

Um dos grandes tripulantes que embarcaram em navios gaseiros e que deixou inúmeros Oficiais com as garras afiadas no aprendizado foi o Condutor-Bombeador Humberto Lopes da Silva. Estivemos trabalhando juntos por 13 anos nessa classe de embarcação. Quando chegou sua aposentadoria, sua falta foi sentida. Além de ser ótimo profissional, também era brincalhão.

O Comando do 5º Distrito Naval, por meio do “Serviço de Busca e Salvamento Marítimo do Sul” (Salvamar-Sul), realizou com sucesso a Evacuação Aeromédica (EVAM) de um tripulante com hipertensão arterial. O navio “Bora Bora”, bandeira de Malta, estava a 30 milhas náuticas a leste do Farol de Albardão, no Rio Grande do Sul.

A maioria das pessoas não gosta de aprender com o sucesso da outra, ainda que seja pequeno. Prefere desenvolver outros sentimentos como a vaidade, o ciúme e a inveja. A pior delas, para mim, é a inveja. Se cada um colhesse o que o próximo apresenta de bom e colocasse em prática, com certeza esses sentimentos seriam anulados. Coisas dessa natureza chegam a ser difíceis de acreditar, quando acontecem. Depois conto uma dessas. (RM).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next