Praticagem – Pesquisa da IMPA sobre escadas vai até 15 de outubro.

Até 15 de outubro, práticos do mundo inteiro podem relatar as condições dos arranjos de embarque e desembarque dos navios para a Associação Internacional de Práticos Marítimos (IMPA). É possível fazê-lo no aplicativo No Rumo Certo, que tem novas funcionalidades, ou no site da IMPA.

Em 2020, os brasileiros bateram recorde de participação na pesquisa, com 2.906 relatórios enviados, quase a metade do total enviado no mundo; demonstrando toda a preocupação da categoria com o tema. De acordo com o levantamento, 12,11% dos meios de acesso aos navios estavam instalados incorretamente ou malconservados, pondo em risco a vida do prático no embarque e desembarque.

Escada de quebra-peito e escada de quebra-peito combinada com escada de portaló são os principais dispositivos de transferência do prático da lancha de praticagem para o navio e devem estar em acordo com a Convenção Internacional para a Salvaguarda da Vida Humana no Mar (Solas).

Em 2020, dos 774 arranjos irregulares relatados no mundo somente 12,4% foram comunicados às autoridades para providências.

– A nossa participação expressiva na campanha deve ser exaltada. Mas é fundamental que tenhamos também a consciência de levar os problemas adiante para os comandantes das embarcações e as Capitanias dos Portos. Somos responsáveis pela nossa própria segurança – lembra o diretor técnico do Conselho Nacional de Praticagem, prático Bruno Fonseca.

NO RUMO CERTO: https://www.praticagemdobrasil.org.br/aplicativo-rumo-certo

IMPA: https://survey.impahq.org

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next