NAVEGAÇÃO EM FOCO – Novos Almirantes de Esquadra da Marinha do Brasil

Vice-Almirante Andre LUIZ Silva Lima de Santana Mendes

Em outubro , o almirantado esteve reunido para fazer a indicação dos novos Almirantes da Marinha do Brasil. Após a reunião, saiu a lista que foi encaminhada para o Ministro da Defesa, General Braga Neto, e será apresentada por ele ao Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro.
Cabe ao Presidente da República fazer as devidas promoções, previstas para o mês de novembro. Foram promovidos ao cargo de Almirante de Esquadra os Vice-Almirantes André Luiz Silva Lima de Santana Mendes e Claudio Henrique Mello de Almeida. Vice Almirante Luís é baiano, tem 59 anos e atualmente comanda o 2º Distrito Naval, com sede na Bahia, e foi declarado Guarda-Marinha em 1984. Já Vice Almirante Mello é carioca, foi declarado Guarda-Marinha em 1985 e hoje ocupa o cargo de Chefe do Estado-Maior do Comando de Operações Navais.

Desembargador na ADESG–PA

O delegado da Adesg, Madson Brandão, presenteando Dr. Mairton

O Ouvidor Agrário do Tribunal de Justiça do Pará, o Desembargador Mairton Carneiro, foi um dos palestrantes da semana no XXI CEPE. O Dr. Mairton abordou o tema “Revolução Agrária no Pará” para os estagiários da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra – ADESG-PA.
Dr. Mairton também é “Adesguino” e profundo conhecedor das questões agrárias do país. Recebeu muitos elogios pela qualidade da palestra e forma didática ao expor o conteúdo tão importante ao nosso Estado.

Nocaute na Violência visita CBF

O desportista Zezé do Boxe, vencedor do Troféu Romulo Maiorana Categoria Personalidade Esportiva em 2020, foi convidado para um almoço na CBF. Foi recebido com todas as honras pelo Vice-Presidente da Confederação, o paraense Antônio Carlos Nunes. O assunto não poderia ser outro: o projeto “nocaute na violência”. Na oportunidade, outros dirigentes do futebol brasileiro participaram do evento. Após a apresentação do projeto, que agradou a todos, poderá servir de exemplo para outros estados do Brasil.
O projeto é organizado pela Associação Desportiva Zezé do Boxe há nove anos e tem como principal objetivo revelar atletas ao mesmo tempo em que dá uma ocupação a jovens garotos e garotas. O projeto começou com quatro academias na praça Batista Campos, em Belém, hoje conta com a participação de 68 agremiações de todo o Pará.

Agradecimentos

Agradecemos o apoio da equipe da Assessoria de Comunicação Social e Cerimonial do I COMAR, que muito colabora com a nossa coluna. Na foto, juntamente com o Colunista Luiz Omar Pinheiro, a Primeiro-tenente Relações Públicas Brenda Alvarez, a Segundo-tenente Relações Públicas Larissa Pontes e Segundo-tenente Relações Públicas Rafaella Lima. Gratidão.

Mares e Rios

Conquista: o Navio de Assistência Hospitalar “Anna Nery”, que teve a Cerimônia de Batismo da Quilha, em Manaus, na semana passada, será o primeiro navio da Esquadra da Marinha do Brasil a ter o nome feminino.

Faltam contêineres para entregar produtos. Por conta do aumento da demanda após a pandemia, os países fornecedores de matérias-primas, como o Brasil, enfrentam a falta de contêineres. Como efeito imediato, a alta nos custos para produtores exportadores. Sem ter como embarcar os produtos, precisam arcar com as despesas de logística e armazenamento até conseguirem escoar a produção.

De acordo com a Confederação Nacional de Agricultura (CNA), antes da pandemia, o preço do aluguel de um contêiner na rota China-Brasil era de US $2.000. Agora, custa US $14,5 mil. Na outra ponta, o aumento do frete pode elevar os preços para o consumidor dos países importadores. Altas expressivas nos fretes marítimos do comércio internacional podem implicar uma inflação de preços mundial.

Na ultima sexta feira, 29, os membros do projeto “De Comida para quem tem fome” fizeram a distribuição, de água, refrigerante, sopa, bolo, hot-dog e arroz de galinha, na Praça Waldemar Henrique, Ordem Terceira, Ver-o-Peso, São Brás e Ofhir Loyola. O Projeto é coordenado pelo Sargento José Jorge Machado, da Reserva da Marinha. Machado serviu por muitos anos como Secretário do Capitão dos Portos da Amazônia Ocidental.

Em continuidade à 40ª Operação Antártica (OPERANTAR XL), o Navio de Apoio Oceanográfico “Ary Rongel” desatracou, de Punta Arena, no Chile, na última segunda, 25, rumo ao continente gelado. A comissão teve início no dia 13 de outubro, quando o navio partiu do Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro/RJ.(LOP).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next