Movimentação do setor portuário cresce 6,3% de janeiro a setembro de 2021

Foram 910,6 milhões de toneladas no período. As informações são do Painel Estatístico Aquaviário da ANTAQ

O setor portuário nacional (portos organizados + terminais autorizados) movimentou, de janeiro a setembro, 910,6 milhões de toneladas. Isso representou um crescimento de 6,3% em relação ao mesmo período de 2020. Os portos públicos movimentaram 312,5 milhões de toneladas, aumento de 6%. Já as instalações privadas contribuíram com 598,1 milhões de toneladas (+ 6,4%). As informações são do Painel Estatístico Aquaviário da ANTAQ.

Em relação aos perfis de carga, o granel sólido (58,5% do total) cresceu 2,4% em comparação com o mesmo período do ano passado, alcançando a movimentação de 532,6 milhões de toneladas. O granel líquido totalizou 234,7 milhões de toneladas (25,8% do total), apresentando, até setembro de 2021, aumento de 11,3% em relação aos nove meses do ano passado.  A movimentação de carga conteinerizada alcançou 99,3 milhões de toneladas, participação de 10,9% e crescimento de 15,1%. A carga geral solta (4,8% do total) cresceu 12,2%, chegando a 44,1 milhões de toneladas.

Conforme a tabela acima, analisando apenas o terceiro trimestre, registrou-se decréscimo na movimentação. Entre as mercadorias que puxaram a queda, citam-se especialmente o milho, com redução de 41,6% em comparação com o mesmo período de 2020, a bauxita (-21,9%) e o açúcar (-21,2%).

O minério de ferro foi a carga mais movimentada no setor portuário nacional entre janeiro e setembro: 275,2 milhões de toneladas, alta de 7,15%. Em segundo, apareceram petróleo e derivados (208,4 milhões de toneladas, + 9,20%). Na terceira posição, figurou a soja — 99,4 milhões de toneladas, queda de 1,38%.

Já as instalações com maiores crescimentos relativos foram:

 ■Terminal Aquaviário de São Francisco do Sul ▲92,8%

Total: 13,1 mi t, 17º em movimentação 

 ■Terminal Aquaviário de Osório ▲51,9%

Total: 10,6 mi t, 20º em movimentação 

 ■Terminal Portuário do Pecém ▲34,9%

Total: 15,6 mi t, 15º em movimentação 

 ■Terminal Aquaviário da Ilha d’Água ▲31,2%

Total: 16,1 mi t, 14º em movimentação

 ■Itaqui ▲27,5%

Total: 24,4 mi t, 8º em movimentação

 ■Terminal Ilha Guaíba – TIG ▲25,0%

Total: 20,2 mi t, 11º em movimentação 

 ■Itaguaí ▲24,6%

Total: 40,9 mi t, 5º em movimentação

Navegações

Entre as navegações, o longo curso, que representa 70,5% da movimentação, apresentou crescimento de 6,7% até setembro de 2021 em comparação com mesmo período de 2020. A cabotagem no todo cresceu 7,9%, sendo que a de contêineres cresceu 18,9% em toneladas (16,4% em TEUs), e, por fim, a navegação interior apresentou queda de 4,5% no período. Confira o quadro abaixo.

Por Portal da Navegação, via ANTAQ

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next