Pará – Segurança Pública investe na capacitação dos profissionais que trabalham nos rios

Pará, Belém, Brasil. Grupamento fluvial de segurança pública intensifica operações de prevenção e repreensão à criminalidade e balanço das ações realizadas em 2019. Fotos: Pedro Guerreiro / Ag. Pará

Aline Saavedra (SEGUP)

Com aprimoramento, a expectativa é que agentes atuem com dinamismo nas novas embarcações entregues em diversas regiões paraenses a fim de potencializar as ações preventivas e ostensivas

O Grupamento Fluvial de Segurança Pública (Gflu), por meio da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup), vem investindo na oferta de cursos de capacitação para o serviço público. Somente este ano, quatro deles foram disponibilizados para servidores que desejam atuar amplamente na defesa e serviço da população do estado. Os cursos são solicitados pelo GFlu e realizados pela Marinha do Brasil, por meio da Capitania dos Portos.

A capacitação contribui ainda para o melhor dinamismo nas novas embarcações entregues em diversas regiões paraenses a fim de potencializar as ações preventivas e de ostensividade e, com isto, reduzir a incidência de crimes fluviais em todo o território. Em menos de um ano já foram entregues 11 novas embarcações, sendo duas blindadas.

Dinâmica

Entre aulas práticas e operacionais, o objetivo é que mais agentes sejam habilitados para atender os diversos municípios que receberam ou que ainda terão as novas embarcações para, assim, promover a atuação em todo o estado. Até o momento, o Gflu intermediou a formação de 45 servidores no total, incluindo agentes da Polícia Civil, Polícia Militar e Guarda Municipal.

Para o diretor do Grupamento Fluvial, delegado Arthur Braga, a oferta de cursos preparatórios é importante para orientar no treinamento operacional das embarcações. “Nós tivemos esse ano três edições do Curso Especial para Tripulação de Embarcações no Serviço Público (Etsp). Esse curso é para operar embarcações pequenas de até oito metros. Outro curso que é destinado a quem já possui essa habilitação citada, é o curso especial para Condução de Embarcações de Estado, para operar embarcações maiores de oito metros na navegação interior”, diz o diretor do Gflu.

O curso de Condução de Embarcações de Estado no serviço público foi realizado no mês de outubro. As aulas, com duração de duas semanas, iniciaram no dia 18 de outubro, e as atividades foram encerradas com a certificação dos agentes participantes. A capacitação foi ministrada pela Marinha do Brasil para militares do Exército e dois servidores do Sistema Integrado de Segurança Pública.

“Até então, nós tínhamos capacitado os agentes apenas para conduzir embarcações de pequeno porte. Agora nós habilitamos dois servidores, um do Gflu e outro da Companhia Fluvial para compor a direção de embarcações de médio e grande porte, que são embarcações que precisam de uma habilitação especial”, completou Arthur Braga.

Além das habilitações realizadas este ano, a previsão é de que mais cursos especiais sejam ofertados até o final de 2021, como garante o diretor do Gflu. “No passado já teve essa oferta, mas eram cursos mais específicos, com ênfase na prática. Por ser um curso de nível dois, a expectativa é que mais profissionais sejam capacitados para operar nas ações do Grupamento Fluvial”, reitera.

Por Portal da Navegação, via Agência Pará.

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next