CONVÉS PRINCIPAL – CLC Jaime Gomes da Silva se despede da tradicional Universidade do Mar “CIABA”

Professor Jaime, sua esposa Ruth e o Mestre Garcia.

Belíssima e significante homenagem foi prestada ao Capitão de Longo Curso Jaime Gomes da Silva, mestre da nossa Universidade do Mar, o “Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar” (CIABA).
Percorrendo os corredores da Superintendência de Ensino pela última vez, como professor, o querido Jaime, acompanhado de sua esposa Ruth e mais outros colegas de trabalho, foram aplaudidos pelos Alunos da “Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante” (EFOMM) que fizeram uma passagem de ambos os lados, ao som da Canção “Adeus, minha escola querida”.
O CLC Jaime é formado no CIABA na Turma de 1978, tendo curso de especialização em “Gerenciamento de Transporte Fluvial” pela UFPA (Universidade Federal do Pará).
Inúmeras gerações de Oficiais e guarnições, em suas várias categorias, foram formadas tendo o professor ministrando diversas matérias nos currículos.
O colunista e sua turma tiveram o prazer de tê-lo como professor nas matérias “Arte naval”, no primeiro semestre de 1994 (1º Ano Básico), e “Operador-Arpa”, no primeiro semestre de 1997 (4º Ano do Curso Fundamental de Náutica).
Sempre foi uma pessoa carismática, disposta a ensinar e dando conselhos para os Alunos. Sabe interagir com a classe aquaviária. Sempre teve orgulho de ser marítimo.
O Capitão de Mar e Guerra Josué Fonseca Teixeira Júnior, Comandante do CIABA, o Capitão de Corveta (T) Antônio Rodrigues da Silva Neto (Superintendente de Ensino), Oficiais e Guarnições dessa Organização Militar estão de parabéns pela homenagem prestada àquele que dedicou sua vida aos ensinamentos.

XI Workshop de Direito Marítimo realizado pela Corte do Mar

O Vice-Almirante Lima Filho na abertura do XI Workshop

Importante Workshop foi realizado pelo Tribunal Marítimo no último dia 24 de Novembro. Com o tema “Sustentabilidade e Atividade Marítima: Essenciais na Economia Azul”, vários assuntos sobre o setor foram tratados.
A abertura, realizada pelo Vice-Almirante Wilson Pereira de Lima Filho, Presidente da Corte Marítima Brasileira, explanou sobre essencialidade do binômio navio x porto explicitado pela pandemia, além das funções do Tribunal.
O Workshop foi composto de painéis que abordaram os seguintes tópicos: reciclagens de embarcações no Brasil, convenções internacionais e legislação pertinente, além da internalização do trabalho marítimo – atualidades e perspectivas.
Participaram, presencialmente, do evento as seguintes autoridades: Vice-Almirante Luiz Otávio Barros Coutinho (Diretor da Procuradoria Especial da Marinha), Contra-Almirante Paulo Vecchi Ruiz Cardoso da Silva (Comandante do CIAGA), Juiz Nelson Cavalcante Silva Filho (Vice-Presidente do Tribunal Marítimo) e do Desembargador Antônio Carlos Esteves Torres.
O evento foi transmitido pelo canal do TM no youtube. Para assistir, basta acessar o link:
https://www.youtube.com/watch?v=L5q6kJfCBIQ&t=9252s

Oficial de destaque na Marinha do Brasil é promovido ao posto de Contra-Almirante

Contra-Almirante Jaques.

Conforme anunciamos anteriormente, o ilustre Oficial dos Quadros da Armada de nossa briosa, Ricardo Jaques Ferreira foi promovido ao posto de Contra-Almirante, sendo elevado ao grau de Oficiais Generais.
Ele que esteve no “Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte”, no qual o colunista teve a oportunidade de conhecê-lo, bem como Chefe do Estado Maior do Comando do 4º Distrito Naval, quando ainda Capitão de Mar e Guerra.
A promoção ocorreu no dia 25 de Novembro, no momento em que atua como Capitão dos Portos do Estado do Rio de Janeiro.
Ao Contra-Almirante Jaques, desejamos sucessos contínuos, na certeza de que nossa Armada conta com um Oficial competente e profissional de grau elevado.
Parabéns, Almirante!

Navegando

O pior aconteceu em relação a “BR do Mar”. O Senado Federal aprovou novo texto onde a obrigatoriedade da tripulação brasileira foi reduzida para 1/3, já incluindo Comandante e Chefe de Máquinas. Menos empregos para brasileiros. Mais empregos para estrangeiros. Lamentável!

Agora o Projeto retorna para a Câmara dos Deputados onde passará por nova aprovação para posterior sanção da Presidência da República. A esperança existe, porém remota.

No último dia 27 de Novembro, a “Academia Militar das Agulhas Negras” (AMAN), situada na cidade de Resende (RJ) formou 391 Aspirantes a Oficiais, em Cerimônia que contou com as presenças do Presidente da República Jair Bolsonaro, do Vice-Presidente Hamilton Mourão, além das autoridades civis, militares e familiares dos novos Oficiais do Exército Brasileiro. A turma tem como Patrono a Dona Rosa da Fonseca, Patrona da Família Militar. Foi primeira turma a formar 23 mulheres nessa instituição em toda a sua história

O Capitão de Longo Curso Renato Ramos Diniz, em mais uma viagem no navio suezmax de uma empresa estatal, navega com destino a Singapura, onde recentemente iniciou sua viagem. Ele que possui o “Curso de Política e Estratégias Marítimas” da Escola de Guerra Naval. Ostenta as mais altas condecorações da Marinha do Brasil. Boa viagem ao Comandante e sua tripulação.

Os navios gaseiros de bandeira brasileira dessa mesma empresa estatal voltaram a demandar o Terminal de Miramar, no porto de Belém (PA). Já foi provado no passado que esses navios e suas tripulações competem de igual para igual com os navios estrangeiros.

O Capitão de Longo Curso João Américo da Costa Gas Neto, juntamente com o seu Chefe de Máquinas Waldemar de Oliveira Valente Neto em breve estarão desembarcando para cumprimento de seus repousos junto aos familiares, após cumprirem uma extensa rota no longo curso, que teve o destino Singapura.

O Capitão de Mar e Guerra Josué Fonseca Teixeira Júnior, bastante emocionado, agradeceu as palavras proferidas pelo professor Garcia, quando no majestoso evento de despedida do professor Jaime. Realmente será inesquecível o que o ilustre Oficial da nossa Marinha do Brasil realizou nesse Centro de Instrução.

O Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas comemorou seu 11º Aniversário de criação, na última terça-feira (23). Várias personalidades civis e militares foram agraciadas com a “Medalha Mérito EMCFA”, entre eles o Ministro da Defesa, General Walter Souza Braga Netto. A instituição foi criada em 25 de Agosto de 2010.

O bom amigo, Almirante de Esquadra Alípio Jorge Rodrigues da Silva, em breve estará transmitindo o Comando de operações Navais. Ele que deverá assumir importante Comissão junto à organização das Nações Unidas, em Genebra.

As operações Offshores são bastante desgastantes para aqueles que trabalham nesse setor. Não é a toa que os regimes de embarques e repousos são diferenciados em relação às empresas de navegação. Algumas adotam os regimes 28 x 28 e por aí vai.

Para turma “Drakkar”, cuja formatura se aproxima, cada vez mais a ansiedade toma conta dos familiares que estarão presentes na Cerimônia Militar a ser realizada na manhã do dia 07 de Dezembro no CIABA. É chegada a hora de receber as Platinas de Praticantes Oficiais de Náutica e de Máquinas.

Já a Cerimônia do CIAGA ocorrerá no dia 02 de Dezembro e contará com a presença do Almirantado no Rio de Janeiro. Nessa turma, muitos Alunos amigos do colunista estarão se formando. Apesar do convite recebido, não poderemos comparecer em virtude de compromisso assumido. Desejo sorte aos novos Oficiais.

Em Janeiro estará acontecendo o 3º Encontro de Profissionais da Comunicação, onde 50 profissionais serão homenageados com Moções, acompanhados de troféus. O evento terá realização da AIEB (Associação Internacional dos Embaixadores da Paz) e Folha de Miraí (MG). A data ainda será confirmada.

O Oficial Superior de Máquinas Sérgio Miranda Costeira, agora em sua aposentadoria depois de longo tempo no mar, onde realizou inúmeras viagens para o Japão, manteve contato com o colunista relembrando os velhos tempos de embarques no NT “Grajaú”. Seu primo, o Capitão de Mar e Guerra Costeira, em janeiro estará transmitindo o Comando da Base Naval de Val de Cães (BNVC).

Um dos formados na Turma “Ayrton Senna da Silva”, um grande amigo, hoje presta serviços na Polícia Rodoviária Federal. Trata-se do policial José Leônidas Alves do Nascimento, que cursou náutica. Pernambucano de origem que adotou a Cidade das Mangueiras como seu novo lar. (RM).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next