NAVEGAÇÃO EM FOCO – Praticagem da Barra do Pará realiza resgate de aluno da UFPA em navio.

Na madrugada do dia 03 de dezembro, a Praticagem da Barra do Pará realizou o resgate de um aluno do Curso de Oceanografia da Universidade Federal do Pará (UFPA) que estava a bordo do Navio de Ensino e Pesquisa Ciências do Mar II, com indícios de falta de ar ocasionada por possíveis complicações alérgicas
Ao receber o chamado de socorro por meio do seu Centro de Operações que funciona 24 horas por dia, a Barra do Pará acionou imediatamente uma lancha de praticagem para prestar apoio e agilizar o traslado do aluno com segurança para a ambulância do SAMU que o aguardava na Base Naval de Val de Cães, em Belém (PA), para realizar os primeiros atendimentos médicos e em seguida encaminhá-lo para um hospital local. A Barra do Pará coopera, quando solicitada, com as ações de busca e salvamento (SAR) da Marinha do Brasil, cumprindo um dever das Normas da Autoridade Marítima para o Serviço de Praticagem (Normam-12).

O Capitão de Longo Curso Álvaro Almeida Júnior

CLC Álvaro Almeida Júnior com o Almirante de Esquadra Leal Ferreira.

Paraense de Belém, formou-se como Segundo Oficial de Náutica, em 1949, pela Escola de Marinha Mercante do Pará – EMMPA. A partir daí, fez uma carreira brilhante a bordo dos navios Brasileiros da Costeira, Lloyd Brasileiro e Empresa de Navegação Aliança. Tornou-se referência na Marinha Mercante Brasileira. Na última sexta-feira, o CLC Álvaro completou idade nova.
Foram 47 anos no mar, sendo 37 como comandante. Neste período, comandou 15 navios, todos na linha de longo curso, totalizando 3 milhões e 710 mil milhas náuticas navegadas e 8 mil e 25 dias de mar. Com certeza, uma marca quase que dificilmente será superada. Juntamente com o CLC Ronaldo Cevidanes, foram os primeiros comandantes mercantes a fazer o Curso de Estratégia Marítima, na Escola de Guerra Naval em 1986.
Foi, ainda, o Comodoro na empresa de navegação Aliança, onde se aposentou. Vale ressaltar que Álvaro Almeida Júnior comandou o primeiro navio Full Container Brasileiro, o lendário F/C “Flamengo”. Ainda está em atividade como Presidente do Centro de Capitães da Marinha Mercante. Vida longa a este ícone da nossa Marinha Mercante!

1º Fórum para o Desenvolvimento da Navegação interior faz história

Prefeito de Barcarena Renato Ogawa, Governador Hélder Barbalho e José Rebelo III

Na última quarta, a bordo do Ferry Boat “Almirante Fortuna”, o encontro promovido pela ABANI (Associação Brasileira para o Desenvolvimento da Navegação Interior), com apoio do Sindarpa (Sindicato das Empresas de Navegação do Estado do Pará) e da FAEPA, certamente entrou para a história. Navegando sobre as águas da Baía de Guajará, ocorreu o 1º Fórum para o Desenvolvimento da Navegação Interior, iniciativa multissetorial que contou com a participação de grande diversidade representativa do setor.
O tema principal das discussões foi a implantação da Ferrogrão, projeto que irá intensificar e dinamizar o escoamento da produção agrícola de Mato Grosso, pelo Arco Amazônico, a partir da cidade de Sinop/MT, integrando com Itaituba, no Oeste do Pará. Esta logística, que já é realidade, será capaz de dobrar o volume da carga para os próximos 10 anos, consolidando o Estado do Pará como a principal rota de escoamento do agronegócio do Brasil através dos Portos de Vila do Conde e Santarém.
Após os debates, foi elaborada a “Carta de Integração Logística do Pará (Ferrogrão- Rio Tapajós – Rio Pará)” que foi entregue, por uma comissão, ao Governador Helder Barbalho, que a recebeu com bastante interesse e prometeu estudos e ações fortes, como exige o projeto.
As entidades participantes do evento foram – Abani, Sindarpa, Antaq, CDP, Fiepa, Faepa, Fecomercio e as Prefeituras de Barcarena e Itaituba. Contou, ainda, com representantes do Governo do Estado, Marinha do Brasil, Secretaria de Segurança Pública, Praticagem, Sindicatos e a sociedade civil.

Neta do colunista – Formatura de ABC

Beatriz de Carvalho Pinheiro Risuenho

Hoje, deixo um registro especial à minha netinha Beatriz de Carvalho Pinheiro Risuenho. A rotina de Prático não me permitiu estar presente na cerimônia que aconteceu na última quinta-feira (2). A Paraninfa foi minha querida esposa e avó, Francisca Pinheiro. Parabéns pela formatura de ABC, Bia!

Mares & Rios

Amanhã, às 10h, será realizada a cerimônia de posse do novo Comandante do 4º Distrito Naval. Quem vai assumir o posto é o Vice-Almirante Edgar Luiz Siqueira Barbosa. A cerimônia contará com a presença de um número expressivo de Oficiais Generais das Forças Armadas. O Comandante de Operações Navais, Almirante de Esquadra Alípio Jorge Rodrigues da Silva, estará em Belém para conduzir a cerimônia militar.

Amanhã também será inaugurada no Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar CIABA, a sala de aula padrão denominada Nortepilot.

O protocolo anti-covid da Empresa de Navegação Mercosul Line traz medidas injustificáveis. Os Práticos não podem circular na superestrutura do navio, nem se estiver chovendo, nem à noite, durante as trocas de serviço, colocando em risco a integridade física dos profissionais. O absurdo é tanto que, caso pudesse transitar entre o camarote e o passadiço, não cruzaria com nenhum tripulante.

Detalhe: no passadiço, que é o único local onde o Prático pode estar durante a viagem, circula metade da tripulação do navio. Por conta desse absurdo, o Prático que não concordou, teve que permanecer no passadiço por 33 horas. Máscara, distanciamento, vacina e bom senso são fundamentais para combater a pandemia!

Na semana que vem, o Comandante do Exército, General de Exército Paulo Sérgio, estará em Belém para cumprir uma série de compromissos. Entre eles, realizar a palestra de encerramento do XXI CEPE da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra ADESG-PA. A turma tem o nome dele (LOP).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next