NAVEGAÇÃO EM FOCO – Marinha celebra o Dia do Marinheiro

Coronel Aviador Ricardo Mendes, Colunista Luiz Omar e Coronel Médico Jorge Feijó
Colunista Luiz Omar Pinheiro e o Comandante Militar do Norte General de Exército João Chalella.
Tiago Pinto, sua esposa Tatiana e sua filha Isabella

O dia 13 de dezembro é considerado o Dia do Marinheiro, pois marca a data do nascimento de Marques de Tamandaré, um dos grandes heróis de Nossa Nação. Em Belém, a solenidade referente a data foi realizada na Base Naval de Val-de-Cães e foi presidida pelo Comandante do 4º Distrito naval Vice-Almirante Edgar Luiz Siqueira Barbosa.
Na oportunidade, foi lida a Ordem do Dia do Comandante da Marinha Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos: “Ao longo de uma vida de dedicação à Marinha, o Almirante Tamandaré sempre se destacou por sua excepcional habilidade marinheira.” Também foi lida a mensagem do Presidente da Republica Jair Messias Bolsonaro: “Consagrado herói da Pátria, exemplo de coragem e altruísmo, participou com notável bravura das lutas em defesa dos interesses nacionais nos rios e mares.”
Durante a cerimônia também foram agraciados com a Medalha do Mérito Tamandaré varias personalidades civis e militares do nosso Estado. Sendo eles: Hospital Naval de Belém, Representado pela atual titular, CMG Dra. Mônica Medeiros Luna; Desembargadora Célia Regina de Lima Pinheiro, Presidente do TJ/PA; Coronel Médico Jorge Antonio Carvalho Feijó, Diretor do Hospital de Aeronáutica de Belém; Coronel Aviador Ricardo Bevilaqua Mendes, Comandante da ALA 9; Sr. Arnaldo Sinésio Guerreiro da Costa, Engenheiro Naval Diretor, no Brasil, da DockGuard do Reino Unido; Capitão de Fragata (IM) Fabiano Vitorino Ferreira, Vice-Diretor do Centro de Intendência da Marinha em Belém; Servidora Civil Marilza Ribeiro Lamarão, Encarregada de Seção do Comando do 4º DN; Tiago Pinto, executivo da Atlântica Matapi; Suboficial (FN-IF) Mauro dos Santos, Adjunto de Inteligência do 2º Batalhão de Op. Ribeirinhas; Servidor Civil Ivaldo Brito, Artífice de Mecânica da Base Naval de Val-de-Cães; Suboficial SPV Eric Sena de Azevedo, Auxiliar da Comissão de Aeroportos da Amazônia (COMARA).

Formatura – ADESG.

A formatura dos estagiários da XXI CEPE, da Associação dos Diplomatas da Escola Superior de Guerra-ADESG, turma General de Exército Paulo Sérgio, Comandante do Exército, foi realizada em meio a um jantar com a participação dos familiares dos estagiários e seus respectivos paraninfos, e foi presidida pelo Delegado Madson Brandão

Conhecendo a Amazônia – Santa Isabel do Rio Negro, o lar do Parque Nacional do Pico da Neblina

Santa Izabel do Rio Negro chama a atenção pela preservação da natureza

Dentro da área de 62.846,4 km² que pertence ao município de Santa Isabel do Rio Negro, está o ponto mais alto do Brasil: o Pico da Neblina (2.995 metros acima do nível do mar). Cerca de 70% do Parque Nacional do Pico da Neblina (Parna) fica no município.
Além disso, Santa Isabel do Rio Negro é uma das últimas fronteiras da pesca na Amazônia. Localizada no extremo norte do estado do Amazonas, a cerca de 900 km da capital Manaus, é uma das regiões mais remotas e preservadas, considerada o território dos grandes tucunarés-açus, com exemplares se aproximando dos 10 quilos. O município oferece ótimos pontos de pesca, que são escolhidos de acordo com o nível das águas, os principaís são o próprio rio Negro (Paranã da Floresta, Jacuraru, Rabo do Silva e lagos fechados) ou seus principais afluentes Paranã do Marauiá, Téa, Eneuixi, Ayuanã, Jurubaxi, Atauí, Preto e Padauari.
Uma região de extrema beleza natural marcada por pedrais, ilhas, praias de arreia branca e o por do sol bronze resultado do reflexo do sol na água preta do rio Negro.

Mares & Rios

No último domingo, foi realizado o Círio de Nossa Senhora do Ó, na ilha do Mosqueiro. O almoço do círio, a base de muito pato no tucupi e maniçoba, foi na casa do Juiz de Direito Dr. José Torquatto;

Na última semana, foi realizado mais um embarque de transbordo de grãos na área do Porto de Vila do Conde. Esta operação consiste com o navio amarrado em um quadro de quatro bóias. O navio foi um SupraMax de 200 metros de comprimento e 32 de boca. Na coluna de quinta, vamos detalhar a operação.

Já está marcado para o dia 11 de Janeiro de 2022, no simulador de teste da USP, na cidade de São Paulo, a simulação de manobra de aproximação, atracação e desatracação de navios no Pier de Dolfins do Porto das Docas do Pará, em Santarém.

O mesmo procedimento encontra-se em fase final de estudos no Rio Jari, no Pier da Jari Celulose (JARCEL), que tem por finalidade aumentar o comprimento dos navios que operam no porto de 200 metros para 201,80 cm. E para tal, só falta confirmar a data do teste do simulador da USP (LOP).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next