NAVEGAÇÃO EM FOCO – Petrobras-Transpetro, única empresa de navegação com linha de longo curso

Ela substituiu a FRONAPE – Frota Nacional de Petroleiros -, que junto com o extinto Lloyd Brasileiro, eram as maiores empresas de navegação nacional. Com o fim do Lloyd, passou a ser a maior empresa de navegação brasileira. Já com o nome de Petrobras-Transpetro, teve sua frota de navios renovada e manteve a tradição de batizar os navios com nomes de brasileiros ilustres como “Garrincha”, “Cartola”, “Ataulfo Alves”, “Jorge Amado”, “Darcy Ribeiro”, e outros mais.
Hoje, é a única empresa brasileira que opera na linha de longo curso com 15 navios, sendo 10 classe SUEZMAX (navios de 274 metros de comprimento e 81.429 mil de toneladas brutas), e 5 navios classe AFRAMAX (de 249 metros de comprimento e 61.426 mil de toneladas brutas), que operam na linha de Singapura, China, Europa e Estados Unidos.
É importante destacar que os navios da linha de longo curso estão transportando o LSFO (Low Sulphur Fuel Oil), um tipo de combustível com baixo teor de enxofre produzido no Brasil pela Petrobras e tem o valor comercial superior ao petróleo cru. O produto está sendo muito consumido na Europa, Oriente Médio e Estados Unidos por conta do combate ao Aquecimento Global. Os navios transportam, em média, um milhão de barris por viagem.

Praticagem do Amazonas completa 30 anos.

O Prático Paulo Bernardes, Presidente da Praticagem de Manaus, realizando manobra de um navio de gás no terminal de Coari/AM.

Em 1992, foram abertos concursos para ingresso de seis praticantes de práticos para a Praticagem da Bacia Amazônica. Porém, o número de vagas aumentou para treze, pois seria criada a Praticagem do Estado do Amazonas. Ou seja: ficaram cinco praticantes na Bacia Amazônica e os outros oito seriam os Práticos da futura zona de praticagem do Amazonas, que teria como área de atuação de Itacoatiara até Manaus e no Rio Solimões até a cidade de Letícia, pondo fim no problema de Práticos Peruanos fazendo navegação em águas brasileiras.
Hoje, esta praticagem é a ZP02 e tem três Empresas de Praticagem que congregam os Práticos da ZP02. Além do Porto de Manaus, também tem forte atuação no Rio Solimões, conduzindo os navios para o terminal da Petrobras na cidade de Coari, onde embarcam gás e petróleo produzidos nos campos de petróleo de Urucu. A Cidade de Coari está localizada a 240 milhas náuticas da cidade de Manaus e a 245 quilômetros dos poços de produção de petróleo e gás de Urucu.
As três Empresas de Praticagem da ZP02 colaboram com a Autoridade Marítima para manter a batimetria do Rio Solimões atualizada, o que permite o escoamento ininterrupto da produção da região. A Empresa mais nova da ZP02 é a Praticagem de Manaus, formada pelos experientes Práticos Carlos Tavares e Paulo Bernardes.

Ultima faina.

Os Práticos Luiz Omar e Carlos Eduardo no passadiço do Navio “Epic Boracay”.

Minha última faina de Praticagem no ano de 2021 foi realizada a bordo do navio de gás “Epic Boracay”, no trecho de Fazendinha a Itacoatiara. Do dia 26 ao dia 28 de dezembro, com duração de 50 horas de viagem, na companhia do amigo e irmão Prático Carlos Eduardo.

Mares & Rios

Nos navios de gás de bandeira estrangeira que navegam na Região Amazônica, de 18 tripulantes embarcados, cinco já são brasileiros, inclusive oficiais de náutica. São os primeiros sinais da BR do Mar.

A Mega Logística já está tomando as providências para encaminhar para a Autoridade Marítima a documentação necessária para iniciar os testes de operação de transbordo de grãos na área do porto de Santarém.

O porto da Companhia Docas do Amapá, que teve um número expressivo de toneladas de cargas embarcadas em 2021, planeja aumentar o volume de embarque em 2022. Para isto, está tomando as providências em conjunto com a Serveporto, responsável pela operação marítima na maioria dos navios que operam no porto.

Na última terça feira, dia 28 de dezembro, foi comemorado o Dia da Marinha Mercante. A data faz alusão ao nascimento de Irineu Evangelista de Souza, o Visconde de Mauá, seu patrono. A Marinha do Brasil forma profissionais de Náutica e de Máquinas para atuarem em navios mercantes.

Encerramos a primeira edição de 2022 da Navegação em Foco reforçando a parceria com você, leitor e leitora, que está conosco há quase um ano. Aguardamos sugestões e críticas em nosso e-mail. Que o Ano Novo seja de paz, saúde e sucesso para todos nós! (LOP).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next