NAVEGAÇÃO EM FOCO – Almirante de Esquadra retorna a Belém.

No próximo final de semana, Belém receberá a visita do Almirante de Esquadra (RM1) Alípio Jorge (foto), que vai assumir, em fevereiro, importante cargo de Conselheiro Militar na Missão Permanente do Brasil junto à ONU em Genebra, na Suíça. Jorge vem agradecer o apoio dos amigos paraenses que sempre estiveram ao lado dele durante o período que comandou o 4º Distrito Naval.
Vale ressaltar que o Almirante de Esquadra Alípio Jorge foi o último comandante do 4º Distrito Naval, ainda como Vice-Almirante, que chegou ao posto máximo da Marinha do Brasil. Antes de ir para a reserva, exercia o posto de Comandante de Operações Navais.

Autorizado, de forma experimental, calado de 11.90 metros na Barra Norte do Rio Amazonas

Navio com mais de 11.50 de calado navegando no Amazonas. Agora podem navegar na Barra Norte.

O Comando do 4º Distrito Naval, através do Comandante Vice-Almirante Edgar Luiz Siqueira Barbosa, autorizou, em caráter experimental, a navegação de navios com calado de até 11.90 metros no canal Grande do Curuá, passando pelo Arco Lamoso, localizado na Barra Norte do Rio Amazonas. A liberação não abarca navios tanques e navios transportando cargas perigosas.
Algumas medidas devem ser adotadas para os navios com calado compreendido entre 11.75 e 11.90 metros: comunicar ao Comando do 4º Distrito Naval, com 24 horas de antecedência, a intenção da singradura; considerar a maré, antes de demandar os trechos críticos, de forma a manter uma folga de meio metro, no mínimo, abaixo da quilha; e observar a altura da maré no Arco Lamoso, que deve ser maior ou igual a 3.10 metros, de acordo com a Tábua de Maré da Diretoria de Hidrografia e Navegação.
Vale ressaltar que esta autorização é fruto do grande trabalho de batimetria realizado na área pela Marinha do Brasil, em conjunto com a Cooperativa Unipilot, na entrada da Barra Norte do Rio Amazonas, do Arco Lamoso ao Canal do Curuá.
Este aumento de calado trará grande benefício para os exportadores de grãos do Arco Norte, já que o volume de toneladas embarcadas nos terminais de Santarém e Itacoatiara deve ter um aumento significativo.

Conhecendo a Amazônia – Itacoatiara, a cidade da pedra pintada.

A cidade tem como cartão-postal a Avenida Parque, inaugurada em 1928, sendo inspirada na famosa avenida parisiense Champs Elysées.

Banhada pelo rio Amazonas, a cidade de Itacoatiara é conhecida carinhosamente como “Velha Serpa”. O nome da cidade, em Tupi, deriva de “Ita”, que significa pedra, e “coatiara”, que significa pintado, gravado, escrito e esculpido.
Considerada uma das cidades mais antigas do Amazonas, Itacoatiara é um dos polos do estado mais visitados, seja no turismo ou em negócios. Distante 269 km de Manaus, o município é muito conhecido pela promoção do Festival da Canção de Itacoatiara, conhecido por Fecani, sendo o maior festival de música da região Norte do Brasil, realizado em setembro.
Apesar da distância, pertence à Região Metropolitana de Manaus, capital do Amazonas. É a terceira cidade mais populosa do estado, com 104 046 habitantes, de acordo com estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2021.
Itacoatiara possui o segundo maior PIB do Amazonas, com R $2,05 bilhões, e é considerado um dos maiores pólos agropecuários do Brasil. Conta com um importante porto fluvial, responsável por uma grande quantidade de transporte de cargas, sendo o segundo maior porto fluvial escoador do país, pois chegam, diariamente, cargas vindas de cidades como Belém, Cuiabá, Manaus e Santarém
Como o único terminal portuário do Amazonas pertencente ao denominado “Arco Norte”, o porto de Itacoatiara/HERMASA apresentou um crescimento impressionante de 5.236% no volume de soja exportada. Em 2021, houve o escoamento de 44.804 quilos de soja por meio do terminal, em 2021, o número foi bem maior, com 2.390.969 quilos exportados, segundo dados do Ministério da Economia (ME).
Um dos pontos turísticos da cidade, o prédio Oscar Ramos foi construído em 1903, no auge da exploração da borracha. Hoje, é símbolo e patrimônio cultural de Itacoatiara. Outro ponto da cidade, o seringal do Jauari é um fragmento florestal repleto de árvores da seringueira, além de ser um importante sítio arqueológico, com registro de objetos usados pelos indígenas que foram os primeiros habitantes da região.

Mares & Rios

Ainda sobre o aumento de calado na Barra Norte do rio Amazonas: os navios com calado superior a 11.50 metros, para fazer a passagem da Barra Norte, obrigatoriamente, deverão utilizar os serviços de Praticagem. A Unipilot deverá escalar Práticos com pelo menos cinco anos de experiência de navegação da área e coordenar o embarque de, no mínimo, um representante da Autoridade Marítima.

A Capitania Fluvial de Santarém, que tem como Comandante o Capitão de Fragata Fabrício Fróes, está realizando a Operação “Verão 2021/2022”. Além das abordagens em embarcações que em alguns casos resultaram em notificações e apreensões, também fez doações de coletes salva-vidas e 21 palestras para evitar o escalpelamento e sobre a segurança do tráfego aquaviário para 862 pessoas. As atividades foram realizadas nas praias fluviais de Santarém.

A UBS Fluvial de Cametá segue no combate à gripe no município. Depois do anúncio de 8 mortes de jovens no município, a prefeitura está intensificando os atendimentos médicos, coletas de exames, distribuição de medicamentos e aplicação de vacinas em 16 comunidades do interior.

ERRATA: Na edição passada, dissemos que o Comandante Kaysel Costa Ribeiro, Capitão dos Portos do Amapá, era Capitão de Fragata. Porém, no dia 25 de dezembro de 2021, Kaysel foi promovido ao posto de Capitão-de-Mar-e-Guerra. (LOP).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next