Comando do 4º Distrito Naval inspeciona quase quatro mil embarcações durante Operação Verão 2021/202

Marinha intensificou inspeções navais nos estados do Pará, Amapá, Maranhão e Piauí

O Comando do 4º Distrito Naval incrementou as ações de inspeção naval durante a Operação Verão 2021/2022, realizada de 17 de dezembro de 2021 a 17 de janeiro de 2022, nos estados do Pará, Amapá, Maranhão e Piauí. As fiscalizações foram intensificadas nas travessias e nas praias objetivando assegurar a salvaguarda da vida humana no mar, rios e lagos, a segurança da navegação e a prevenção da poluição hídrica oriunda de embarcações.

Além das abordagens em embarcações e orientações sobre os procedimentos de embarque e desembarque, foram distribuídos panfletos educativos e realizadas ações de conscientização para prevenir acidentes de escalpelamento. No Pará, a atividade ocorreu nos municípios de Belém, Salinópolis, Abaetetuba, Marudá, Vigia, Vista Alegre, Breves, onde a Capitania dos Portos da Amazônia Oriental efetuou 1.268 abordagens em embarcações, sendo 42 notificadas e 15 apreendidas. Já a Capitania Fluvial de Santarém inspecionou 510 meios, sendo 21 notificados e dois apreendidos.

Também houve, em Santarém, doação de 22 coletes salva-vidas para ribeirinhos e ministração de 82 palestras sobre segurança da navegação, atingindo 1.638 pessoas. Durante a Operação Verão, a Capitania dos Portos do Amapá e a Agência da Capitania dos Portos no Oiapoque reforçaram as ações de fiscalização do tráfego aquaviário e a divulgação, junto a comandantes, tripulantes e passageiros de embarcações, sobre a importância de não trafegarem com embarcações irregulares, que colocam em risco a segurança do tráfego de embarcações e dos passageiros.

Realizada nos municípios de Macapá, Santana, Mazagão, Itaubal e Oiapoque, todos no Amapá, a Operação contabilizou 766 abordagens, 47 notificações e 11 apreensões de embarcações. Foram realizados ainda 52 testes com etilômetro, 163 palestras educativas com alcance de 1.032 ouvintes, doação de 20 coletes salva-vidas, 22 arqueações e instalação de seis coberturas de eixo de motor de barcos para prevenir o escalpelamento.

No Piauí, foram realizadas 188 abordagens, com oito notificações e abertos dois Inquéritos Administrativos de Acidentes e Fatos da Navegação. Além do incremento nas inspeções navais, militares da Capitania dos Portos do Piauí também orientaram passageiros e tripulantes sobre as medidas necessárias para uma navegação segura.

No Maranhão, as atividades da Operação Verão 2021/2022 se estenderão até 8 de março de 2022 na orla metropolitana de São Luís e localidades onde há maior concentração turística, verificando as condições gerais das embarcações, lotação, documentações como inscrição da embarcação e habilitação dos condutores e, demais tripulantes e materiais de salvatagem. Até o momento, Capitania dos Portos do Maranhão fiscalizou 945 embarcações, sendo 11 notificadas e uma apreendida devido as infrações à Lei de Segurança do Tráfego Aquaviário.

Por Portal da Navegação, via O Liberal.

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next