CONVÉS PRINCIPAL – 3º Encontro de Profissionais da Comunicação é realizado pela AIEB-Brasil

O CLC Gondar recebendo do Comendador Rodrigo Agostini a Premiação do colunista Ricardo Monteiro.
Vereador da Câmara de Duque de Caxias Alex Freitas foi homenageado pela AIEB-Brasil.
O CLC Francisco Cesar Monteiro Gondar recebendo sua honraria.
Personalidades civis e militares foram congratuladas com o Prêmio.
Sessenta e cinco profissionais da Comunicação foram homenageados pela AIEB-Brasil.
Os profissionais da Comunicação homenageados pela AIEB-Brasil.

No dia 22 de Janeiro, a cidade de Duque de Caxias (RJ) recebeu o “3º Encontro de Profissionais da Comunicação” realizado pela “Associação Internacional dos Embaixadores da Paz” (AIEB-Brasil), representado pelo seu Presidente, Comendador Rodrigo Agostini, e Vice-Presidente Gisele Santana.
O Prêmio “Francisco de Assis Chateaubriand Bandeira de Mello” homenageou 65 profissionais, entre jornalista, colunistas, radialistas e profissionais que fazem parte das Comunicações, seja de televisão, rádio ou internet.
O nome do Patrono escolhido foi jornalista, escritor, advogado, professor de direito e empresário que se destacou como um dos homens públicos mais influentes do Brasil entre as décadas de 1940 e 1960.
A importante homenagem foi entregue pelo Comendador Rodrigo Agostini, fundador da AIEB, instituição que reconhece o valor de cada área profissional e condecora com honra ao mérito as personalidades civis e militares que tenham se destacado.
Entre os agraciados estavam três representantes da Marinha Mercante Brasileira: O capitão de Longo Curso Francisco César Monteiro Gondar (Revista Intermaketing e Revista do CCMM), Prático Luiz Omar Pinheiro (Coluna “Navegação em Foco do jornal “O Liberal”) e o colunista CLC Ricardo Monteiro (Coluna “Convés Principal” do “Portal da Navegação” e “LCNews”).
Parabéns a todos os colegas agraciados e a AIEB-Brasil pelo reconhecimento.

Centro de Intendência da Marinha em Belém (CeIMBe) inaugura Central de Pedidos aos Fornecedores

CMG (IM) Otranto com o Vice-Almirante Edgar por ocasião do descerramento da placa.

No dia 10 de Janeiro, ainda sob o comando do Capitão de Mar e Guerra (IM) Luiz Claudio Otranto Alves, o “Centro de Intendência da Marinha em Belém” (CeIMBe), importante Organização Militar sediada em Belém (PA), inaugurou a “Central de pedidos aos Fornecedores”.
A estrutura representará um aperfeiçoamento da “Nova Sistemática de Municiamento” (NSM) e coordenará a emissão de pedidos e entregas de gêneros alimentícios, com a finalidade de minimizar o contato entre OM e fornecedor.
A Cerimônia Militar de Inauguração teve a presença do Comandante do 4º Distrito Naval, Vice-Almirante Edgar Luiz Siqueira Barbosa, além dos titulares de Organizações Militares (OM) diretamente subordinadas na área Belém (PA).
Atualmente o Diretor do CeIMBe é o Capitão de Mar e Guerra (IM) Marcos Antônio Souza de Assis, onde o colunista está torcendo pelo seu sucesso frente essa OM.

Exército Brasileiro participa de ajuda humanitária em três Estados

Tal qual a Marinha do Brasil e a Força Aérea Brasileira, o nosso glorioso Exército Brasileiro, está participando das ações humanitárias em três Estados, que sofrem com as fortes chuvas, ocorridas na Bahia e Minas Gerais, além das enchentes no Pará, em especial na cidade de Marabá.
Os bravos soldados dessa força têm ajudado nos deslocamentos e transportes das populações atingidas para novos abrigos, bem como levando suprimentos (alimentação, água para consumo e medicamentos), auxiliando os demais órgãos federais, estaduais e municipais.
Não é a toa que a ONU (Organização das Nações Unidas) está elogiando os trabalhos realizados pelas Forças Armadas.

As Belas do Mar e o CIABA

Além da primeira mulher Comandante, nossa grande e ilustríssima Hildelene, ter sido formada no CIABA, das cinco mulheres atualmente em efetivo comando no mar, nos navios de Cabotagem e Longo Curso, quatro também se formaram em nossa “Universidade do Mar”. São elas: Dayse, Isabelle, Thalita e Wannessa.

Centro de Hidrografia e Navegação do Noroeste (CHN-9) realiza levantamento do no rio Madeira

No dia 10 de Janeiro, o Navio Hidroceanográfico Fluvial “Rio Branco” deixou o porto de Manaus (AM) com destino ao trecho entre os municípios de Manicoré e Humaitá, todos no Amazonas, com o objetivo de efetuar o levantamento hidrográfico do rio Madeira.
O trecho compreende ainda o Porto Curuçá e a Costa Santa Rosa com o objetivo de gerar subsídios para as atualizações das Cartas Náuticas 4733, 4734 e 4735 que irá auxiliar na segurança da navegação.

RUMO CERTO.

  • O Comandante Marco Antônio Carvalho e sua tripulação já se encontram em viagem de retorno ao Brasil, após boa estadia em Singapura onde operou e obteve ótimo resultado na inspeção.
  • O professor e Mestre, Capitão de Longo Curso Garcia, que formou gerações de marítimos e fluviais, sempre ajudando com regras da língua portuguesa. O colunista agradece a ajuda.
  • O Governador Helder Barbalho iniciou com toda a força e vigor as obras de construção do novo pilar da ponte de Outeiro, interditada após uma balsa ter supostamente batido no pilar que foi destruído.
  • O Capitão de Longo Curso Francisco Cesar Monteiro Gondar e a Dra. Maria Célia estarão ministrando importante palestra para jovens e adolescentes de 13 a 18 anos com o tema: Marinha Mercante – A profissão que o Brasil desconhece.
  • O Capitão de Mar e Guerra (RM1) Alexandre Santiago, como Consultor de Planejamento e Navegação da “Mega Logística Serviços Portuários” está bastante feliz com a primeira operação de transbordo de soja em 2022.
  • O Presidente da “Mega Logística” é o ilustríssimo empresário Eduardo Carvalho, que tem excelente conceito junto à Marinha do Brasil e autoridades locais.
  • A professora Selma Grello, sempre lendo nossa coluna, envia mensagens de incentivos e agradecimentos. Congratulações a nossa grande amiga.
  • Grande amigo Milton Imbiriba, também conhecido como “magrão”, é um dos formados na Turma “Ayrton Senna da Silva” que exerce a função na Marinha Mercante até os dias de hoje.
  • Os Oficiais Renato Pinto de Almeida (Máquinas) e Ricardo de Sá Mendonça (Náutica), amigos desde a época de EFOMM-CIABA, hoje embarcados juntos. Amizade é importante.
  • O Marinheiro de Convés Lindiomar já na ansiedade de voltar a embarcar sob o comando do colunista. Ele que é um excelente e exemplar tripulante.

NAVEGANDO

Os vários navios de bandeira brasileira que recentemente operaram em Singapura, com exceção de um, já se encontram em viagem de retorno ao Brasil, após realizarem operações de descargas. Seus Comandantes e tripulantes estão de parabéns, uma vez que cumpriram suas honrosas missões conforme predestinadas. Lembrando que tiveram passagem de ano fora das águas territoriais brasileiras.

O CIABA, nossa gloriosa “Universidade do Mar”, forma navegadores para os 7 mares. Conforme citamos acima, dos 5 navios brasileiros que estão no extremo oriente, mais precisamente no Estreito de Singapura, 4 Comandantes, 4 Imediatos e 5 Chefes de Máquinas são formados no CIABA.

Já nossa outra “Universidade do Mar”, o CIAGA, com sua beleza nas águas da Baía da Guanabara, temos 1 Comandante, 1 Imediato e 3 Chefes de Máquinas nesses navios. Também registram-se os vários Oficiais oriundos das duas Escolas presentes nas embarcações.

Na data de ontem foi encerrada o Período de Adaptação para os candidatos que cursarão a “Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante” (EFOMM) do “Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar” (CIABA). Em importante cerimônia interna, os agora Alunos receberam do Capitão de Mar Guerra Enes, juntamente com seus Oficiais, as platinas de 1º Ano do Curso Fundamental. Parabéns a todos que, com afinco e dedicação, passaram por esse tempo. Bem vindo, futuros e novos mercantes!

Em nossa matéria sobre o VLOO “José Bonifácio” em edição anterior, cabe destacar que muitos dos Oficiais a bordo nesse “Gigante dos Mares” exerceram funções gerenciais em terra nas empresas estatais. O primeiro a ir para “terra” foi o digníssimo Capitão de Longo Curso José Menezes Filho, em 1993. A partir daí, o Chefe de Máquinas Rogério Figueiró, a convite do CLC Menezes, exerceu cargo gerencial, sendo o primeiro Oficial de Máquinas a ocupar função na alta administração.

A 8ª Região Militar do nosso glorioso Exército Brasileiro completou 114 anos de existência no dia 04 de Janeiro. A Organização Militar da força terrestre tem por missão prestar o apoio logístico e administrativo aos Estados do Pará, Maranhão e Amapá, além da região norte do Tocantins.

Em 18 de Janeiro, o “2º Batalhão de Infantaria de Selva” (Batalhão Pedro Teixeira) do glorioso Exército Brasileiro, sediado em Belém do Pará, realizou importante solenidade marcando o início do ano de instrução. A cerimônia militar foi presidida pelo Coronel Hiarlley Gonçalves Cruz Landim, Comandante do Batalhão, que parabenizou os promovidos em dezembro e os atletas vencedores de competição.

No combate aos atos e transportes ilícitos em nossa região, o Comando do 4º Distrito Naval apreendeu no dia 18 de janeiro, a embarcação “Comte Sério” transportando 400 caixas de cachaça, 10 caixas de fumo e 2 mil litros de combustível. A apreensão foi realizada pelo Navio-Patrulha “Guanabara”, pertencente ao “Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte”. Como agravante, os tripulantes não possuíam habilitação e a embarcação não estava com seus documentos.

A Escola Naval está com as inscrições abertas para o concurso de admissão desde 17 de Janeiro, devendo se encerrar em 13 de Fevereiro. Serão ofertadas 20 vagas para o ensino médio, sendo 12 para mulheres e 8 para homens. Para mais informações e edital podem ser consultado o site da Marinha do Brasil.

A Força Aérea Brasileira realizou Cerimônia Militar alusiva aos 81 Anos de criação do Ministério da Aeronáutica, hoje Comando da Aeronáutica, que faz parte do Ministério da Defesa. A Aeronáutica teve início em 20 de Janeiro de 1941. Na formatura foi realizada a entrega do título “Membro Honorário da FAB” e a imposição da Medalha Militar de Tempo de Serviço. (RM).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next