CONVÉS PRINCIPAL – Período de Adaptação é encerrado no CIABA e CIAGA

Candidatos do CIABA em visita ao NApOc “Iguatemi” durante o Período de Adaptação.
Candidatos do CIAGA em aula de Ordem Unida, um dos eventos bastante treinado no Período de Adaptação.

Iniciados em 10 de Janeiro, tanto o CIABA (Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar), em Belém (PA), quanto o CIAGA (Centro de Instrução Almirante Graça Aranha), no Rio de Janeiro (RJ) receberam candidatos de diversos Estados da Federação Brasileira para o Período de Adaptação.
Os futuros Alunos da EFOMM (Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante) tiveram os primeiros contatos com as rotinas militar e da instituição, que será seu lar por durante 3 anos, quando cumprirão o ciclo escolar, antes de partir para o estágio final de Praticagem a bordo dos navios e embarcações nacionais e internacionais.
Foi o momento para conhecer os colegas de turma e adaptadores, bem como receberem as primeiras instruções de Ordem Unida, que servirá para as Cerimônias Militares das quais participarão. Também receberam conhecimentos teóricos e práticos sobre diversos regulamentos e normas, tanto da Marinha do Brasil como da Disciplina Escolar.
As atividades físicas e esportivas foram bastante aplicadas no período como forma de manter o bem estar social e o foco na saúde.
No último dia 27 de Janeiro o Período de Adaptação foi encerrado, onde os candidatos se congratularam por essa etapa vencida em suas vidas na carreira mercante. Já no dia 28 de Janeiro, foram entregues as Platinas do 1º Ano do Curso Fundamental (Fotos: Jornais “Canal 16” e “O Pelicano”).

Encerramento da XXXV Viagem de Instrução dos Guardas-Marinha

Recepção do Contra-Almirante Iunis.

No dia 09 de Janeiro foi encerrada a “XXXV Viagem de Instrução de Guardas-Marinha” (VIGM) quando o Navio-Escola “Brasil” atracou na Base Naval do Rio de Janeiro.
Após cinco meses embarcados desde quando a viagem iniciou, em 24 de Julho de 2021, os 178 Guardas-Marinha da Turma “Capitão-Mor Jerônimo Albuquerque” finalmente foram promovidos ao posto de Segundo Tenente.
Familiares estiveram presentes dando as boas vindas aos filhos da Pátria Brasileira que retornaram, sendo recepcionados pelo Comandante da Força de Superfície, Contra-Almirante Iunis Távora Said.

Governo Federal prorroga presença da Força Nacional de Segurança na Região Amazônica.

A Portaria “MJSP Nº 9” de 13 de Janeiro de 2022, assinada pelo Ministro da Justiça, Anderson Torres, divulgado no Diário Oficial da União do dia 14, prorrogou a presença da Força Nacional de Segurança Pública na Amazônia.
O período, que será de um ano, iniciou no último dia 14 de Janeiro de 2022 (sexta-feira) e irá até 13 de Janeiro de 2023.
A Força Nacional irá atuar em apoio ao “Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis” (Ibama), agindo nas ações de fiscalização e de repressão ao desmatamento ilegal e outros crimes ambientais, além de participar nos combates a incêndios florestais e queimadas.

MSC compra 67% das “Log-In” e entra na Cabotagem

Log-In agora operada pela MSC.

A “Mediterranean Shipping Company” (MSC) fez importante aquisição no último dia 13 de Janeiro de 2022 ao comprar 67% das ações da empresa brasileira de navegação “Log-In”, consolidando sua entrada na Cabotagem.
A “Log-In” já vinha demonstrando interesse em venda de ações, uma vez que foi a empresa que mais cresceu em 2021, conforme relatos.
Entre as grandes companhias que arvoram a bandeira nacional, era a única empesa independente que operava no transporte de carga pela costa brasileira sem uma empresa de navegação global por trás.
Outras empresas já possuem grandes operadores internacionais como a Aliança do grupo Maersk e a Mercosul Line da “CMA CGM”.

Aniversariante de 28 de Janeiro – CCB Luciene Oliveira

Capitã de Cabotagem Luciene Oliveira..

Aniversariou no último dia 28 de Janeiro, a Capitã de Cabotagem Luciene Oliveira, natural de Belém do Pará.
A Comandante é Bacharel em Ciências Náuticas, tendo ingressado “Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante” (EFOMM) do “Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar” (CIABA) em 1997 e se formada em 2000 na primeira turma de mulheres Oficiais.
Atualmente é Instrutora do Simulador de Navios na “Universidade do Mar” que é o nosso querido CIABA.
Feliz aniversário, Luciene. Muita paz, saúde, fé e esperança!

Pelo seu especial conteúdo, publicamos mensagem na íntegra do CLC José Menezes Filho

Desejo que você, amado companheiro Severino, faça esta singradura rumo ao Pai Celeste, em mares e ventos tranquilos, pelo tanto que você merece por tantas tempestades e mares bravios que, destemidamente, enfrentou na busca por uma grandiosa Marinha Mercante Brasileira, pra que seus marítimos fossem tratados com merecida dignidade.
Não há dúvidas de que todas as relevantes conquistas obtidas para os nossos mercantes, foi fruto da sua “Obra feita” e o “Padrão de Luta” você deixou como legado e hoje navega adiante rumo ao Pai do Céu que, com certeza, o receberá como um corajoso filho muito amado d’Ele.
Assim, tal qual o grande navegador português, Diogo Cão, você pode navegar adiante com a certeza de que da “Obra ousada, foi sua a parte feita” como citado nos versos de Fernando Pessoa:
“…O esforço é grande e o homem é pequeno.
Eu, Diogo Cão, navegador, deixei
Este padrão ao pé do areal moreno
E para diante naveguei.
A alma é divina e a obra é imperfeita.
Este padrão sinala ao vento e aos céus
Que, da obra ousada, é minha a parte feita:
O por-fazer é só com Deus.”
Vá em paz meu irmão.
José Menezes Filho

RUMO CERTO.

  • Mesmo no Rio de Janeiro, o nosso amigo Capitão de Mar e Guerra (IM) Luiz Cláudio Otranto Alves continua lendo a coluna. Desejamos sucesso no curso da EGN.
  • O Capitão de Cabotagem Allan Moreira, que hoje atua na Log-In exercendo a função de Imediato, em breve estará desembarcando de sua unidade, após seu período de trabalho.
  • O Capitão de Longo Curso Renato Ramos Diniz já se encontra em preparativos do seu navio para realizar a próxima operação no exterior.
  • Os Praticantes a bordo do NT “André Rebouças” na contagem regressiva para seus desembarques, onde cumpriram seus deveres com honra e louvor.
  • A Primeiro Tenente (RM2-T) Layza Serrão da Silva atuando de maneira eficiente como Assessora de Comunicação Social do CIABA, sempre atualizando os eventos da “Universidade do Mar”.
  • O Praticante Oficial de Náutica Danilo Rozeira, Comandante-Aluno da Turma “Atlante” manteve cordial contato com o colunista. Sem dúvida nenhuma já é um Oficial exemplar.
  • O Capitão de Mar e Guerra Fábio da Silva Andrade relembrou a Cerimônia de Aniversário do Ingresso das Mulheres no CIABA, que contou a presença ilustre do nosso querido mestre Alyrio Sabbá.
  • O colunista teve a honra de conhecer pessoalmente o Capitão de Corveta Gabriel Lima, que atua no Comando do 4º Distrito Naval. Leitor de nossa coluna.
  • Os Capitães de Longo Curso Ricardo Cruz e Piedade curtindo a merecida aposentadoria junto aos familiares. De uma coisa é certa: sentem saudades das coisas boas de bordo.
  • Também curtindo a aposentadoria em Brasília o grande amigo Capitão de Mar e Guerra (IM) Marcus Vinícius de Morais Gorjão, depois de vários anos servindo a nossa briosa Marinha do Brasil.

Navegando

Na edição passada, comentamos sobre os Oficiais que exerceram funções gerenciais em terra nas empresas estatais. Pois bem, por ironia do destino o Chefe de Máquinas Rogério Figueiró viria a ser Diretor de Transporte Marítimo, trabalhando ao lado do CLC José Menezes Filho. Ambos conservam amizade iniciada, quando o Figueiró embarcou no navio “José Bonifácio”, ainda como Aluno, em 1978, para fazer o PIM (Programa de Instrução no Mar).

Outra grande expressão da Marinha Mercante Brasileira a migrar para os quadros de terra foi o Capitão de Longo Curso Ronaldo Cevidanes. Em 1997, já aposentado e fora da empresa desde 1992, o Comandante Ronaldo foi indicado para Superintendente da Fronape (Frota Nacional de Petroleiros) pelo Almirante Arnaldo, Diretor de Transporte da Petrobrás.

No mundo real, vemos alguns vendendo os colegas (se fazendo de amigo) para tirarem proveito pessoal. Cumprimenta as pessoas como se fosse algo vindo do fundo do coração: pura falsidade. Sentimento zero pelas pessoas que pra eles são meios de alcançarem seus propósitos. Infelizmente nos nossos meios de trabalhos existem colegas assim. O livro “Mentes Perigosas” de Ana Beatriz explica bem essas formas de agir.

A Empresa “Elcano” incorporou novo graneleiro em sua frota, sendo efetuada a troca da bandeira estrangeira para a nacional. O navio de 120.000 toneladas realizará o transporte de minério de ferro para a siderúrgica de Pecém (CE), provenientes de Tubarão (ES) e Itaqui (MA). Em Março chegará outro navio. Parabéns a Elcano, que vai apostando no marítimo brasileiro.

Enquanto a Elcano vai trazendo navios e incorporando à bandeira brasileira, outra empesa via na contramão, fazendo estudos para venda de navios brasileiros e afretamentos de estrangeiros. Lamentável essa atitude. Lembrando que Marinha Mercante também é Soberania Nacional.

O AFRMM (Adicional ao Frete para Renovação da Marinha Mercante) teve arrecadação de R$ 13,5 bilhões no ano de 2021. Cerca de R$ 214 milhões foram para financiamento de projetos de embarcação, tendo uma diminuição de 37% em relação ao ano anterior, quando se registrou o valor de R$ 340 milhões.

O Japão testou recentemente uma embarcação com o primeiro sistema de navegação totalmente autônomo do mundo. A balsa percorreu 240 km no Mar Lyonda, com velocidade de 48 Km/h. Inclusive realizou os procedimentos de atracação ao final da viagem, tudo de forma totalmente autônoma. Quando ocorre tudo bem, fica fácil elogiar. O difícil é quando acontece algo errado durante a viagem. Será que foram testadas as possíveis panes ou avarias por ocasião de uma entrada ou manobra no porto? Restam as dúvidas.

No dia 23 de Janeiro, o 11º Batalhão de Infantaria de Montanha (11º BIMth) homenageou o ex-combatente da Segunda Guerra Mundial, Edson de Souza Campos, por ocasião de seu aniversário de 100 anos. O evento ocorreu em frente à sua residência, localizada no município de Lagoa Dourada (MG). Momento de emoção foi a execução da “Canção do Expedicionário”.

A “Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra” (Adesg) tem novo Presidente. Trata-se do Sr. Antônio Celente Videira, que é Coronel Intendente Reformado da Aeronáutica. Ele é membro do Corpo Docente da ESG, membro da Academia Brasileira de Defesa e membro do Instituto Militar do Brasil. Juntamente com sua Diretoria, estará atuando no Biênio 2022/2023. Sucesso a todos.

Infelizmente a 3ª onda da pandemia chegou no meio marítimo. Vários profissionais adquiriram a variante ômicron da Covid-19 em diversas embarcações. Apesar de ser menos letal do que as demais variantes anteriores, propaga-se de maneira rápida, sendo a mais contagiante de todas. Cuidar da saúde é um dever de todos. (RM).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next