NAVEGAÇÃO EM FOCO – Exército inicia operação de transporte de suprimentos para Humaitá

Na tarde do dia 24 de janeiro, duas balsas e um empurrador partiram do Centro de Embarcações do Comando Militar da Amazônia (CECMA), com destino a Humaitá/AM, transportando suprimentos da capital Manaus. As embarcações integram o Plano Geral de Transportes (PGT) do Eixo Amazônico, realizado semestralmente por meio da logística que integra os modais terrestre e fluvial, como forma de adestrar a tropa para realização de manobras militares.
O empurrador e as duas balsas compõem um módulo logístico que realizará o transporte por 30 dias. Estão sendo transportados 15 contêineres, um veículo (caminhão de transporte de carga tipo Sidelifter) e diversos materiais das Classes II, V e VIII, num total de 90 toneladas, que auxiliarão no aumento da capacidade operativa das frações destacadas na fronteira. O Comandante do CECMA, Tenente-Coronel Anderson Siqueira da Silva, acompanhou a desatracação do módulo logístico.
A partir do ano de 2022, o PGT será realizado de forma inédita na cidade de Humaitá, o que possibilitará a otimização de recursos. O Porto Passarão será o local de atracagem. Será permitido o transbordo dos contêineres com materiais advindos das cidades do Rio de Janeiro (modal terrestre) e de Manaus (modal fluvial). As informações são do CECMA.

Ciaba encerra período de adaptação 2022

Adaptandos em formatura no CIABA

O Centro de Instrução “Almirante Braz de Aguiar” (CIABA), realizou, no dia 28 de janeiro, a Cerimônia de Encerramento do Período de Adaptação 2022. Os 125 candidatos foram matriculados como Alunos e receberam as platinas do 1º ano de curso da Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (EFOMM). Ao todo, encerraram a Adaptação 120 brasileiros, sendo 76 homens e 44 mulheres, além de cinco estrangeiros da República de Cabo Verde e República de Angola.
O Período de Adaptação, com duração de três semanas, teve início no dia 10 de janeiro e foi destinado a preparar os Adaptandos para as atividades a serem desenvolvidas durante o Ciclo Escolar da EFOMM e do Núcleo de Formação de Oficiais da Reserva da Marinha (NFORM). Durante esse período, foram desenvolvidas inúmeras atividades focando a familiarização dos futuros profissionais da Marinha Mercante com a rotina a bordo do CIABA.

Mares & Rios

O Navio-Patrulha “Bocaina”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte, que tem como Comandante o CMG Imamura, realizou o adestramento empregando sistema de lançamento de minas SH-60 com o propósito de elevar o nível de adestramento da tripulação na montagem do dispositivo, no guarnecimento de postos e no lançamento simulado de minas de exercício. O treinamento ocorreu na Base Naval de Val de Cães, em Belém.

O coronel Hayman Apolo de Souza, comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Pará e coordenador da Defesa Civil Estadual, informou que cerca de 400 cestas de ajuda humanitária estão sendo entregues a famílias atingidas pelas enchentes nos municípios de Itupiranga, Bom Jesus do Tocantins, Pau D’Arco e São João do Araguaia. Além disso, as pessoas desabrigadas e desalojadas pelas cheias vão receber recursos do Programa “Recomeçar”, do governo do Estado, que dá direito a um salário mínimo.

Os Portos do Brasil registraram movimentação e faturamento recorde em 2021. Os portos de Santos/SP, Suape/PE e do Rio de Janeiro/RJ bateram recorde de movimentação e faturamento no ano de 2021. De acordo com as companhias que administram os terminais, os principais fatores para este crescimento foram a taxa de câmbio e a alta da exportação de commodities.

Segundo a Agência Nacional de Transporte Aquaviarios (ANTAQ), até outubro do ano passado, o setor já havia movimentado um bilhão de toneladas de carga, um aumento de 5,5% em relação ao mesmo período de 2020. Na próxima coluna traremos os números atualizados, inclusive a movimentação dos portos do Arco Norte.

As Autoridades competentes, em especial a ANVISA, deveriam fazer uma revisão dos protocolos de combate à covid-19. Durante o embarque como prático, deparo-me com vários tipos de protocolo e cada um mais absurdo que o outro. Tem uns que até proíbem o marítimo de desembarcar. Nas próximas colunas voltaremos ao tema. (LOP).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next