NAVEGAÇÃO EM FOCO – 4º Distrito Naval terá mais um Almirante

Como a Marinha do Brasil decidiu dar ao 4º Distrito Naval o mesmo status do 1º Distrito Naval, o posto de Chefe do Estado Maior (CEM) será ocupado por um Contra-Almirante. A mudança deverá ocorrer entre março e abril de 2022. Com isso, o 1º e o 4º Distritos Navais serão os únicos no Brasil com dois Almirantes em seus quadros.
O novo CEM do 4º Distrito Naval terá o Contra-Almirante Carlos Roberto Rocha e Silva Junior, recém promovido ao posto. Junior, como CMG, era o Adido de Defesa Naval no Uruguai, antes de ser promovido. Foi substituído pelo também CMG Manoel Pinho, que foi Capitão dos Portos da Bacia Amazônica Oriental.
O Contra-Almirante Carlos Roberto irá substituir na função o CMG Abreu, que está completando dois anos no posto. Com esta mudança, o Estado do Pará passa ter seis Oficiais Generais em posto de Comando na capital, sendo três Generais no Exército, um Major-Brigadeiro na Aeronáutica e dois Almirantes da Marinha.

Cametá recebe ações de prevenção de acidentes com escalpelamento

Militares da Marinha do Brasil distribuírem coletes salva-vidas no Rio Tocantins, em Cametá.

A campanha “Rios Seguros” realizada pela Prefeitura de Cametá, Governo do Pará e Capitania dos Portos da Amazônia Oriental, por meio do Grupamento de Patrulh
A Marinha do Brasil informou que foram doados 155 coletes salva-vidas, 83 coberturas de eixo de motores instaladas em pequenas embarcações e 50 toucas especiais de cabelo entregues para crianças e mulheres protegerem os cabelos durante as viagens pelos rios entre os dias 8 e 11 de fevereiro. Além destas ações, foram realizadas a distribuição de panfletos e cartazes em espaços públicos de Cametá.
No ano passado, o Pará registrou 16 casos e, em 2022, outros dois só no mês de janeiro. Mulheres e crianças são as maiores vítimas e geralmente ficam com graves sequelas físicas e psicológicas.
A participação das prefeituras em ações com o Governo do Estado são fundamentais. “60 % da população de Cametá é rural e convive diariamente com o transporte fluvial em pequenas embarcações. O trabalho de prevenção ao acidente com escalpelamento é uma ação necessária e importante pois previne risco a maior parte da população do nosso município”, pontuou o prefeito de Cametá, Victor Cassiano.

Praticagem presente na troca de comando em Manaus (AM)

Prático Paulo Bernades e a esposa 1° Tenente (RM2-CD) Rozeane Neves Bernardes, juntamente com o Capitão de Fragata (FN) André Cavalcante da Silva Melo.

Na troca de Comando no 1º Batalhão de Operações Ribeirinha em Manaus/AM, no dia 11 de fevereiro, quando o Capitão de Fragata (FN) Luiz Felipe de Almeida Rodrigues assumiu o comando em substituição ao também Capitão de Fragata (FN) André Cavalcante da Silva Melo, a Praticagem de Manaus se fez presente na solenidade representada pelo Presidente Paulo Bernardes, que estava acompanhado de esposa 1º Tenente (RM2-CD) Rozeane Neves Bernardes, que serviu durante sete anos no 1º Batalhão de Operações em Manaus e deu baixa do serviço militar no ultimo dia 9 de fevereiro.

Ainda troca de comando do I COMAR

Vice-Almirante Edgar Barbosa (4ºDN), General de Exército Chalella, Relton Osvaldo Pinto (Soamar-PA), Major Brigadeiro do Ar Maurício e General de Divisão Miranda filho.

A coluna registra mais um momento durante a cerimônia de troca de comando do I COMAR, quando o agora Tenente Brigadeiro do Ar Mauricio Medeiros passou o Comando para o Major Brigadeiro do Ar Raimundo Nogueira.

Mares & Rios

A Mega Logística Serviços Portuários, por meio do Presidente Eduardo Carvalho e do Consultor de Planejamento e Navegação, Comandante Alexandre Santiago, já estão tomando as devidas providências para o primeiro embarque com navios Panamax no quadro de bóias na área do Porto de Vila do Conde. A operação deverá ocorrer no próximo dia 22.

No ultimo domingo, na cidade do Rio de Janeiro/RJ, ocorreu a primeira etapa do evento Velas “Latinoamerica”, que contou com um desfile naval na orla da cidade. O desfile teve como guia o Veleiro “Cisne Branco”, seguido dos Navios-Veleiros de Peru, Argentina, Equador e Uruguai, além do Navio-Patrulha Oceânico da Colômbia. Os navios atracaram no Píer Mauá, no Centro, onde ficarão em exibição até o dia 20 deste mês.

A Praticagem da Barra do Rio Grande, no Rio Grande do Sul, mantém há quase cinco décadas uma parceria com o Centro de Recuperação de Animais Marinhos da Universidade Federal do Rio Grande (CRAM-FURG). Graças a esta parceria, a Praticagem conseguiu reconduzir ao mar uma tartaruga marinha que foi encontrada enroscada em redes de pesca na praia do Cassino/RS. Após receber tratamento médico, o animal, foi transportado na lancha da Praticagem. (LOP.)

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next