CONVÉS PRINCIPAL – Veleiro “Amundsen” campeão em 2022 na XVII Regata Salvador-Ilhéus

O Comandante Medrado do veleiro “Amundsen” recebendo o troféu de campeão.
Tripulação feliz com o título conquistado.
Marcus Lisbôa ao lado de um dos organizadores do evento.

Novamente campeão, os tripulantes do veleiro “Amundsen” comemoram mais um título ao se consagrarem no 1º lugar da “XVII Regata Salvador – Ilhéus”, iniciada no dia 10 de Fevereiro de 2022, conforme noticiamos na coluna.
Com a chegada em Ilhéus na tarde do dia 11 de Fevereiro, a tripulação, composta pelos senhores Medrado (Juiz, Comandante do Veleiro “Amundsen”), Lisbôa (Consultor Internacional de Meio Ambiente), Machado (Agente Marítimo em Paranaguá) e o Yoriaki (Prático da Barra Norte ZP1), defendeu o título com firmeza e exatidão.
Esses bravos homens do mar, há 40 anos, eram formados na “Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante” (EFOMM), onde até os dias de hoje, mantém as tradições navais de navegar pelas águas oceânicas.
Já no dia 12 de Fevereiro, o veleiro saiu com rumo a Taipus de Fora, na Península de Marau. Os velejadores não param por aí. Muitas navegações e títulos virão ainda pela frente.
Na passagem do navio próximo a Salvador (BA), em 15 de Fevereiro, estando o veleiro no Morro de São Paulo (BA), o colunista recebeu atencioso contato do Sr. Lisbôa, agradecendo a nota enviada. Gente fina é outra coisa
Parabéns tripulação do veleiro “Amundsen”. A torcida deu certo para a vitória!

Encerra hoje a visitação aos veleiros participantes de “Velas Latinoamerica 2022”

Sete países participam do evento.
Trajeto da Parada Naval.
Os veleiros foram abertos para visitação até hoje.
Trajeto “Velas Latinoamerica 2022”.

Como parte das comemorações do Bicentenário da Independência do Brasil, no último fim de semana (13) foi realizado na orla do Rio de Janeiro (RJ) a Parada Naval que reuniu os veleiros de sete países no “Velas Latinoamérica 2022”, evento esse que ocorre a cada quatro.
A partir das 08 horas, foi possível ver nas praias da Tijuca, São Conrado, Leblon, Ipanema e Copacabana, os navios “Cisne Branco” (Brasil), “Libertad” e “Bernardo Houssay” (Argentina), “Guayas” (Equador), “Unión” (Peru), “Capitán Miranda” (Uruguai) e “20 de Julio” (Colômbia).
Os veleiros estão recebendo visitação pública desde segunda-feira (14), com encerramento para hoje, na Praça Mauá.
As atividades das embarcações no Brasil se encerrarão no próximo domingo (20), quando um novo Desfile Naval de despedida será realizado, seguindo com destino a Montevideo, no Uruguai. Ao longo dos 4 meses, os navios visitarão importantes cidades e portos no Brasil, Uruguai, Argentina, Peru, Equador, Panamá, Colômbia, República Dominicana, Curaçao e México.
Estaremos acompanhando essa emocionante viagem. Viva o Brasil! (Foto e contribuição: Assessoria de Comunicação Social da Marinha).

No passado dois cursos foram extintos na Marinha Mercante Brasileira.

Antigamente, os navios mercantes contavam com tripulantes nas categorias de Comissário e de Radiocomunicação. Eram formados nas nossas escolas, CIABA (Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar) e CIAGA (Centro de Instrução Almirante Graça Aranha). Hoje somente existem os cursos de Náutica e de Máquinas.
A Marinha do Brasil, através da DPC (Diretoria de Portos e Costas) deu oportunidades para que os profissionais dessas duas categorias realizassem as adaptações nas próprias escolas para o curso de Náutica.
Muitos já chegaram a Capitão de Longo Curso, exercendo funções de Comando. Citamos entre eles o CLC Marco Antônio Panda Carvalho e o CLC Jorge Luiz Mendonça Cardoso.

Sobre a expansão do Conselho da IMO.

Na expansão do Conselho da “Organização Marítima Internacional” (IMO, sigla em inglês), são previstos 12 assentos nas categorias “a” e “b” e 28 assentos na categoria “c”.
As categorias são:
(a) – Estados com maior interesse na prestação de serviços de transporte marítimo internacional.
(b) – Estados com maior interesse no comércio marítimo internacional cada.
(c) – Estados não eleitos em “a” ou “b”, que tenham interesses especiais em transporte marítimo ou navegação e cuja eleição para o Conselho garante representação de todas as principais áreas geográficas do mundo.

RUMO CERTO.

  • A amiga Capitã de Longo Curso Simone Lopes, primeira Comandante feminina da empresa “Mercosul Lines” agradeceu a nota citada na coluna. Ela ficou felicíssima.
  • O Comendador Rodrigo Agostini em luta incansável para ajudar os moradores atingidos pelas cheias na cidade de Miraí (MG). Para colaborar, o pix é o CNPJ 16.812.060/0001-49.
  • O Sr. Altair Souza, do grupo “Safety Seeds”, que atualmente realiza os “Jobsafe Podcast”, sempre comentando a coluna e nos enviando mensagens. Leitor fiel.
  • Recebemos os agradecimentos dos dois Comandantes de nossas Escolas CIABA e CIAGA, por ocasião das matérias publicadas na última edição da coluna.
  • São eles o Contra-Almirante Paulo Vecchi Ruiz Cardoso da Silva (CIAGA) e o Capitão de Mar e Guerra João Orlando Enes Prudencio (CIABA), que sempre estão nos acompanhando.
  • Após a edição passada, o CLC Ricardo Cruz, curtindo aposentadoria, teve diálogo com a CLC Simone Lopes, onde segundo ele, teve choros de alegrias. Ela foi sua Imediata no NT “Itaituba”.
  • O professor do CIABA, CLC Garcia, tecendo elogios ao Almirante de Esquadra Alípio Jorge Rodrigues da Silva: “fala com grandes colocações e uma oratória impecável. Quem quiser aprender, é só ouvi-lo”. É verdade.
  • Nosso grande irmão de Abrammil José Cândido está atuando para arrecadação de materiais e alimentos para as famílias atingidas em Petrópolis, tendo arrecadado até o presente momento mais de uma tonelada de macarrão.
  • Também o Rotary Club Satélite Vésper atuando para que os materiais e alimentação sejam arrecadados e cheguem em Petrópolis.
  • Depois de quase três anos, o colunista volta a trabalhar com o Contramestre Francisco César Piveta, natural de Pelotas (RS). Ótimo tripulante.

NAVEGANDO

O próximo Comandante do Estado-Maior (CEM) do 4º Distrito Naval será um Contra-Almirante, cuja posse ocorrerá ainda nesse ano. Com isso, a força naval do norte contará com mais um Oficial General. Designado para o cargo está o Contra-Almirante Carlos Roberto Rocha e Silva Júnior.

A Associação de Navios e Cruzeiros mais uma vez decidiram por manter as suas operações suspensas nos portos brasileiros até 04 de Março, onde fará nova avaliação para decidir por manter ou não proposta. Tudo isso em função do aumento de contágio pela variante Ômicron. O Covid foi diagnosticado em 1,1 mil pessoas que estavam a bordo dos navios.

O Comandante do Exército, General de Exército Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, foi presenteado com a nossa chuva característica dessa época do ano, ao presidir formatura com militares de todas as organizações sediadas em Belém. Na ocasião, recebeu a Medalha do Serviço Amazônico. Que essa chuva traga bons tempos para o General.

O principal investimento e implementação do conceito de E-Navigation, pela Autoridade Marítima Brasileira, é o projeto do Simulador Integrado Marítimo (SIM), que desenvolve a integração de simuladores que existem no “Centro de Instrução Almirante Graça Aranha” (CIAGA), como os simuladores de Passadiço, de Máquinas, de Operações Comerciais e de Radar ECDIS.

Preço do frete da Ásia para o Brasil aumentou 5,7 vezes desde o início da pandemia em 2020. A disparada do frete ocorreu no segundo semestre, em meio à retomada da economia global. No começo da pandemia, restrições ao contato social e a queda na demanda paralisaram o comércio internacional. Hoje, já vemos melhora.

A Marinha do Brasil deslocou comboio para Petrópolis. Um grande temporal devastou a cidade, com vítimas fatais e muitos desabrigados. O prefeito da cidade decretou estado de calamidade pública. Além dos militares, também uma aeronave H-16 fez reconhecimento aéreo da região atingida.

Um acordo de cooperação técnica foi celebrado em 08 de Fevereiro entre a Marinha do Brasil, através do Comando do 4º Distrito Naval, e a Cooperativa de Apoio e Logística aos Práticos da ZP1 Ltda (Unipilot). Será previsto o monitoramento de dados ambientais, a realização de avaliações e testes em prol do transporte e segurança da navegação. Nota 10.

Uma vez realizadas as Aulas Inaugurais em ambos os Centros de Instruções, CIAGA e CIABA, agora as atividades se voltam também ao combate contra o Covid-19 durante o Período Escolar. Estaremos torcendo para que os Alunos, professores, instrutores, militares e servidores civis vençam mais um ano nessa guerra contra o inimigo invisível.

Durante a “Operação Verão” do Detran, mesmo com os motoristas e pedestres imprudentes, muito foi feito para a segurança no trânsito, onde até veículos foram recuperados. Em atuação junto com a Polícia Militar do Pará e demais órgãos da Segurança Pública, o trabalho será contínuo.

O colunista e sua tripulação já saíram das águas territoriais brasileiras, navegando pelo Oceano Atlântico, cujo destino é a cidade de Sines, em Portugal. Será a terceira operação realizada no Comando de um navio da classe Suezmax, em toda a carreira. Que Deus abençoe o navio, a tripulação e aqueles que nos acompanham. (RM).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next