General de Divisão Miranda Filho e Fernando Gurjão.

NAVEGAÇÃO EM FOCO – CMN celebra Tomada de Monte Castello e General Gurjão

O Comando Militar do Norte (CMN), que tem como comandante o General de Exército João Chalella, celebrou na segunda, na Praça Dom Pedro II, em Belém, a solenidade cívico-militar para comemorar os 77 anos de uma das mais importantes batalhas em que participaram brasileiros durante a Segunda Guerra Mundial: a Tomada de Monte Castello, que ocorreu em 1945, na Itália. A data enaltece os grandes heróis da Força Expedicionária Brasileira (FEB) e marca o fim do combate entre os Aliados e o Eixo nazifascista.
A batalha mostrou a força, persistência e resiliência do brasileiro em busca da vitória. Foi o exemplo de coragem e determinação, de crença em si mesmo, que nossos heróis nos deram. “Rendemos aqui nossa homenagem à Força Expedicionária Brasileira”, ressaltou o Comandante da 8ª Região Militar, General de Divisão Miranda Filho, que presidiu a solenidade.
Na mesma cerimônia, o CMN prestou homenagens ao General Hilário Maximiano Antunes Gurjão, o primeiro paraense a chegar ao posto de Oficial-General do Exército Brasileiro. O distinto militar completaria 202 anos. Para Fernando Gurjão (tetraneto do ilustre paraense), é importante “relembrar o passado, a grandeza do povo, relembrar a força do paraense no Exército, dando a sua vida pela pátria. A celebração do Exército em comemorar os feitos do General Gurjão traz de volta ao paraense a memória de seu antepassado, a memória do Gen Hilário Gurjão”.

CIABA mantém certificação no Sistema de Gestão da Qualidade

O Comandante do CIABA, CMG João Enes, na reunião de encerramento da auditoria

O Centro de Instrução “Almirante Braz de Aguiar” (CIABA) manteve, em 18 de fevereiro, a Certificação no Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) para a execução de cursos de formação, aperfeiçoamento, atualização, especialização e certificação, constantes do Programa de Ensino Profissional Marítimo (PREPOM) e dos cursos e adestramentos constantes do Programa de Geral de Adestramento (PGAD) do Comando do 4° Distrito Naval.
Para conservar a excelência no ensino, o CIABA foi submetido, na semana passada, a uma rigorosa Auditoria de Manutenção da Certificação ISO 9001:2015 realizada pelo Organismo Certificador (OR) RINA Brasil Serviços Técnicos LTDA, fundação multinacional de certificação da qualidade desde 1861.
O escopo da Auditoria foi avaliar a eficácia do Sistema de Gestão da Qualidade e constatar conformidades nos processos, consoante aos requisitos da Norma. Segundo o Auditor da Certificadora, os processos do CIABA mantêm concordância com a Norma ABNT NBR ISO 9001:2015 e recomendou a permanência da Certificação no Sistema de Gestão da Qualidade.

O saudoso João Carlos Frazão

A SOAMAR/Brasil e a SOAMAR/Pará lamentaram profundamente a partida de João Carlos Frazão, filho do Vice-Almirante Eugênio Marques Rodrigues Frazão, que comandou o 4º Distrito Naval no período de 1971 a 1973. Frazão foi diretor da Soamar e se destacou por grandes atuações. Por isso, foi agraciado com as medalhas “Amigo da Marinha”, “Mérito Tamandaré” e “Mérito Naval”.
Além de apaixonado por fotografia, Frazão mantinha em casa um espaço especial para abrigar coleção invejável de modelos de navios da Marinha do Brasil, além de brasões, medalhas, bonés, entre outros objetos da Armada. Para os amigos, um verdadeiro museu.
Parentes e amigos convidam para a Missa de 7º dia, que será realizada na Igreja de Santo Amaro e Nossa Senhora dos Navegantes, na Rod. Arthur Bernardes, Base Naval de Val-de-Cans, sábado, 26, às 18h.

Mares & Rios

A Marinha do Brasil, em apoio ao Comando Conjunto Leste, vem realizando diversas ações na cidade de Petrópolis/RJ, com a utilização de cerca de 370 militares, 60 viaturas e uma aeronave UH 15. Um gerador foi transportado para o Morro do Morin, que estava sem energia e onde ficam instaladas as torres de rádio, televisão e celular. Em outro ponto da cidade, na Paróquia Santo Antônio, no Alto da Serra , militares da Marinha distribuíram medicamentos para atender 200 pessoas que estão abrigadas no local.

Já se encontra fundeado em Mosqueiro o Navio “Yasa Falcon”, o primeiro navio tipo Panamax a operar no quadro de bóia na área do Porto de Vila do Conde, após readequação do sistema para quatro bóias aprovado pela Marinha do Brasil. A operação, que será realizada pela Mega Logística Serviços Portuários, deverá ocorrer dentro de sete dias.

Os Práticos da Bacia Amazônica, Alvim Spinola e Reginaldo Rodrigues, responsáveis pela navegação do Navio “ASTRAEA SB”, com 11.75M de calado, utilizaram a altura da maré para fazerem a travessia com segurança na área mais crítica na passagem do arco lamoso na Barra Norte do Rio Amazonas. De acordo com a NORMAN 33, que versa sobre calado dinâmico, no domingo, dia da viagem, a altura da maré foi de 3.10 metros.

Hoje, o colunista estará participando de um encontro com a Natura Kaiak e a Família Schurmann para conhecer, de perto, o veleiro KAT e toda tripulação que faz parte da expedição “Voz dos Oceanos”. (LOP).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next