NAVEGAÇÃO EM FOCO – Secretário de Estado recebe a “Navegação em Foco”

O colunista Luiz Omar Pinheiro esteve, ontem, na Secretária de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme) e foi recebido pelo Secretário José Fernando Gomes. Na oportunidade, foi apresentada parte dos estudos que estão sendo desenvolvidos, em parceria com a UFPA, com a finalidade de viabilizar o aumento do calado dos navios para navegação segura do Canal do Quiriri. Com isso, espera-se aumentar o volume de carga embarcada no complexo portuário de Vila do Conde e incentivar a instalação de novos portos na costa litorânea.
O estudos deverão se estender por dois anos e estão sobre a responsabilidade do professor dr. Ito Braga. Hoje, o calado máximo para navegar no canal do Quiriri é de 13,80 metros e, após a realização dos estudos, deverá aumentar, possibilitando mais competitividade aos portos do Pará, já que terminais portuários de outros estados operam com calado superior aos 13,80 m do Quiriri.
O Secretário também está com o olhar atento aos terminais portuários localizados nas demais regiões do Estado, especialmente os da Região do Oeste do Pará, onde estão localizados os terminais de Santarém, Juruti, Porto Trombetas e do Rio Jari. É uma estrutura que também contribui para o número expressivo de toneladas de cargas embarcadas nos Portos do Arco Amazônico.

Projeto vai interligar Marajó e Baixo Tocantins à capital Belém

Mapa mostra as regiões do Baixo Tocantins e Marajó interligadas por uma rodovia que facilitará o acesso de oito municípios a Belém.

O prefeito de Cametá, Victor Cassiano (MDB), esteve reunido com o governador Helder Barbalho (MDB) para propor um projeto de integração entre as regiões do Baixo Tocantins e Marajó. Estiveram presentes, ainda, o prefeito Portel Paulo Ferreira (MDB), o Deputado Federal José Priante (MDB) e Secretário de Transportes do Estado, Adler Silveira.
O projeto prevê integração viária por meio de uma rodovia que interliga oito municípios das duas regiões (ver mapa). Cametá, que está a cerca de 200 km da capital, seria a principal rota para a Região Metropolitana de Belém. Com isso, o tempo de viagens, partindo de cidades como Portel, cerca de 18h de navio, seria reduzido em até oito horas. O Governador deu aceite no projeto e liberou a realização de convênios com as prefeituras para o início das obras.

Mares & Rios

A Marinha do Brasil, Mares & Rios através do Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte, que tem como Comandante o CMG Imamura, está intensificando as atividades de Inspeção Naval nas áreas de Belém e Barcarena. As ações vêm resultando em apreensão de embarcações que trafegam irregularmente. Até flagrante de porte de arma de fogo sem registro já foi registrado.

Sob forte articulação do Governo Federal, o Congresso Nacional decidiu manter o veto do Presidente Jair Bolsonaro ao emprego de 2/3 de marítimos brasileiros em navios estrangeiros inscritos no programa BR do Mar.

A decisão é muito prejudicial ao trabalhador marítimo brasileiro. Só para ter uma idéia, tem uma empresa brasileira que opera na cabotagem na linha Porto Trombetas/Juruti para Alumar, no Maranhão, com cinco navios, porém, apenas um é de bandeira brasileira. Os outros quatro são de bandeira estrangeira. Com isso, o navio nacional emprega 20 marítimos. Nos outros quatro, são apenas 20 marítimos brasileiros e 60 estrangeiros.

A Força Aérea Brasileira (FAB) interceptou, na madrugada deste domingo (20), no Mato Grosso do Sul, uma aeronave de modelo PA-34 Sêneca que transportava 465 quilos de drogas. Dois caças A-29 Super Tucano e uma aeronave E-99 da FAB foram empregados na missão, realizada em conjunto com a Polícia Federal (PF).

Tradicionalmente, o Pará é um celeiro de grandes lutadores e treinadores de Boxe, a exemplo de Zezé do Boxe e Ulysses Pereira, que entraram para história da nobre arte. É impossível falar de Boxe no Pará, sem falar de Ubirajara Lima que esteve na seleção Brasileira como treinador.

O Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) realizou, no dia 14 de março, em São José dos Campos (SP), a cerimônia militar alusiva à comemoração dos 53 anos de criação da Organização Militar. O evento foi presidido pelo Diretor-Geral do DCTA, Major-Brigadeiro do Ar Maurício Augusto Silveira de Medeiros. Participaram do evento, ainda, Oficiais-Generais do DCTA, Comandantes, Chefes e Diretores da Guarnição de Aeronáutica de São José dos Campos (GUARNAE-SJ), dentre outras autoridades civis e militares (LOP).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next