CONVÉS PRINCIPAL – CIABA retoma atividades no Grupo de Atendimento ao Público (GAP)

Prédio do GAP com sua rampa de acesso, permitindo melhor deslocamento.

Assim como noticiamos na coluna a retomada das atividades religiosas, o “Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar” (CIABA), voltou também a realizar o atendimento à sociedade por meio do “Grupo de Atendimento ao Público” (GAP).
A estrutura teve significativa reforma, com novas instalações adequadas às regras de acessibilidade, recebendo agora os visitantes e realizando atendimentos dos serviços prestados à Comunidade Marítima e do público em geral. O conforto e habitabilidade oferecidos aos usuários são dignos de “Gestão de Qualidade Total”.
O GAP funciona de segunda a sexta-feira, no período de 08:30 às 11:30 e das 13:30 às 15:30, realizando atendimento físico e eletrônico. Os serviços prestados são de aberturas de requerimentos, agendamento eletrônico, informações sobre processos seletivos do CIABA, emissão de certificado e outras atividades voltadas ao público.
O GAP também recebe pessoas portadoras de dificuldades de locomoção, onde frequentarão o espaço com mais acessibilidade, sendo também reservado um ambiente para atendimento prioritário em que o tempo de espera na fila seja inferior ao atendimento ao público em geral.
Em virtude da situação epidemiológica ainda vigente, o acesso ao GAP deverá ser feito com a utilização de máscara. O local disponibiliza álcool e mantém o distanciamento social.
“Educar e Navegar – CIABA”. (Contribuição e fotos: Assessoria de Comunicação Social – CIABA).

Regata comemora o 48º Aniversário do Clube Naval de Brasília

A regata contou com as presenças de barcos e suas mais coloridas velas.
A regata ocorreu no Lago Paranoá, em Brasília.
Premiação dos competidores, tendo a frente o Vice-Almirante Kerr.

No dia 12 de Março, o “Clube Naval de Brasília” realizou emocionante regata na Raia Sul e Centro do Lago Paranoá, em comemoração ao seu “48° Aniversário de fundação”, tendo o apoio da Federação Náutica de Brasília (FNB).
O clube foi inaugurado em 09 de Março de 1974 pelo Presidente da República Emílio Garrastazu Médici, sendo uma instituição sócio-esportiva, sem fins lucrativos, que busca a manutenção das tradições da Marinha do Brasil.
Atualmente o Comodoro do clube é o Vice-Almirante Gilberto Santos Kerr, tendo como Vice-Comodoro o Capitão de Mar e Guerra (FN) Marcelo Fortunato Heringer Rosa e como Diretor de Náutica o Capitão de Mar e Guerra André de Araújo Costa.
A regata contou com barcos da classe monotipos nas seguintes categorias: Finn, ILCA (3,6 e 7) e Optmist (estreante e escola).
A premiação ocorreu no dia 13 de Março, junto com almoço realizado no galpão de barcos do CNB.

Clube Rotary Rio Comprido Vésper realiza almoço de confraternização

Rotarianos presentes. Em pé, a Presidente Patrícia Magluta.
Rotarianos em confraternização.

O Rotary Club Satélite Rio Comprido Vésper vem se destacando pelas suas atuações na sociedade, onde citamos como belo exemplo a ajuda humanitária realizada em Petrópolis, que sofreu com as fortes chuvas e deslizamentos ocorridos conforme noticiados nos meios de comunicações sociais.
Além das ajudas humanitárias, também realizam diversas atividades, tal qual o casamento comunitário realizado no último domingo (20), que foi um sucesso, onde as famílias presentes demonstraram em seus olhares o sentimento de gratidão.
Após todas essas energias em praticar o bem, os rotarianos se reuniram numa confraternização para celebrar as vitórias conquistadas. A Presidente do Clube, Patrícia Magluta, juntamente com sua Diretoria e membros participantes, realizaram festivo almoço de confraternização.
Em virtude de viagem ao exterior, o colunista não se fez presente fisicamente, mas esteve acompanhando à distância, desejando os parabéns pelas ações. Deus sempre com todos.

CECMA ministra curso de Operações Fluviais da Polícia Militar

Turma do Curso de Operações Fluviais da Polícia Militar.
Treinamento de abordagem.

O “Centro de Embarcações do Comando Militar da Amazônia” (CECMA) ministrou instruções no dia 08 de Março para o Curso de Operações Fluviais da Polícia Militar do Amazonas, ambientando os policiais da corporação para atuarem em ambientes fluviais, aumentando a capacidade de policiamento nos rios e igarapés.
Os alunos tiveram instruções sobre manutenção de embarcações, condução e abordagem fluvial, bem como conheceram embarcações do CECMA. (Contribuição e fotos: CECMA).

RUMO CERTO.

  • O Capitão de Mar e Guerra (RM1) Fábio da Silva Andrade, um dos grandes Comandantes que o CIABA já teve, sempre zelou pela aproximação dos mercantes da Escola querida e da Marinha.
  • Hoje a “Universidade do Mar” é comandada pelo Capitão de Mar e Guerra João Orlando Enes Prudencio, que vem realizando excelente administração.
  • Seu antecessor, o Capitão de Mar e Guerra Josué Fonseca Teixeira Júnior, atualmente está matriculado no Curso de Política e Estratégia Marítima (C-PEM) da “Escola de Guerra Naval” (EGN).
  • O colega de turma e amigo Adriano Quintanilla é classificador do “American Bureau Shipping” (ABS). Já esteve com o colunista a bordo do NT “Guaporé” e NT “João Cândido” realizando inspeção. Gente da melhor qualidade.
  • A amiga de Abrammil, Sra. Suely Saad, sempre marcando presenças em vários eventos, levando sua alegria na música e na recitação de poemas.
  • O Capitão de Longo Curso Marco Antônio da Silva Panda Carvalho, atualmente de repouso junto a família, está meio que sumido. Será que é por causa do seu time que não vai bem?
  • O Capitão de Longo Curso Ferruso vem realizando ótimo trabalho a frente do Terminal “Almirante Barroso” (TEBAR) em São Sebastião (SP).
  • Esse Terminal tem como Gerente o Sr. Maia que já esteve a bordo almoçando com o colunista, quando da escala do NT “Abdias Nascimento” nesse porto.
  • Também almoçou a bordo o Gerente Ildemar, que na época estava como Gerente substituto do Sr. Maia. A partir daí, o colunista almoçou no Terminal Tebar.
  • Outro amigo de repouso, ex tripulante do colunista, é o 1º Oficial de Náutica Daniel Moura, que agora curte a família em sua cidade no Piauí.

NAVEGANDO

O veto dos 2/3 obrigatórios de tripulantes brasileiros no “BR do Mar” teve forte articulação do Ministro Tarcisio Freitas, a frente do Governo Federal. Outros vetos foram derrubados, a fim de beneficiar empresas. O Sindmar, representando pelo Capitão de Longo Curso Carlos Augusto Müller, teve atuação digna em favor dos marítimos brasileiros. Resta aguardar os acontecimentos.

O Comando de Patrulha Naval do Norte (ComGptNavN), com o seu Navio de Apoio Oceânico (NApO) “Iguatemi” participou de importante exercício de simulação em 15 de Março, ao prestar apoio e adestramento da Tripulação Aérea de Resgate (TAR) do 1º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Norte, realizado na calha principal do Rio Pará.

No dia 16 de Março, em Cerimônia de Mostra de Desarmamento realizado no Complexo Naval da Ponta da Armação, em Niterói (RJ), o Navio Hidrográfico (NH) “Sirius” deixou o serviço ativo da Marinha do Brasil após 64 anos de relevantes serviços prestados. O evento foi presidido pelo Almirante de Esquadra Renato Rodrigues de Aguiar Freire, Chefe do Estado-Maior da Armada.

Por suas ações realizadas em Petrópolis (RJ), a Marinha do Brasil recebeu atenciosa homenagem do “Instituto Brasileiro de Museus”, em 15 de Março, tendo a frente o Seu Presidente, Sr. Pedro Machado Mastrobuono. No Mês de Fevereiro, fortes chuvas atingiram essa cidade, mobilizando as Forças Armadas, Forças de Segurança Pública, além de várias instituições públicas e privadas.

A “Operação Verão 2021/2022” do Comando do 3º Distrito Naval foi encerrada nesse mês de Março, nos cinco Estados sob sua jurisdição. Mais de 17 mil embarcações foram inspecionadas, tendo como resultados 626 notificações e 39 apreensões realizadas em suas diversas Capitanias dos Portos e Agências subordinadas.

Outra operação conjunta entre a Marinha e Polícia Federal, resultou na apreensão da embarcação “Gato” com carga de 90 toneladas de cigarros contrabandeados, desta vez na costa da Bahia. A Corveta “Caboclo”, subordinada ao Comando do Grupamento Naval do Leste, realizou a abordagem. A ação também contou com o apoio da FAB.

O concurso “Amazul” tem como lema “Tecnologia Nacional em Benefício da Sociedade”, teve 9.897 candidatos inscritos. Essa estatal está vinculada ao Ministério da Defesa, por meio do Comando da Marinha do Brasil. São 140 vagas imediatas, além do cadastro de reserva.

Foi uma risada geral o comentário de um amigo: “quando um colega de está por cima, acha-se um rei e atua como se fosse um dos maiorais do “talibã”. Quando cai, some que nem dá sinal de vida”. Isso não ocorre só com colegas, tem amigos também que agem dessa maneira.

O estresse é uma das principais causas de doenças mentais atualmente no meio marítimo. A sociedade está caminhando para o conhecimento desse problema que antes era visto como simulação, fraqueza ou meio de enganar. Isso realmente existe e pode ter proporções catastróficas para alguns.

A coluna volta na segunda-feira. (RM).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next