NAVEGAÇÃO EM FOCO – Emoção marca entrega da boina aos soldados do efetivo 2022

Amanhã da sexta-feira, 29 de abril, foi especial para 123 soldados do efetivo variável (recrutas) da Base de Administração e Apoio do Comando Militar do Norte (B Adm Ap CMN) que foram incorporados ao Exército Brasileiro neste ano. Eles receberam a boina durante a tradicional cerimônia militar realizada no Quartel General Integrado (QGI), em Belém.
A formatura marca a conclusão da Instrução Individual Básica (IIB), que teve duração de nove semanas. Os recrutas foram treinados para desenvolver atitudes e habilidades necessárias à formação do soldado e preparados para participar do Estágio Básico de Combatente de Selva (EBCS). Na oportunidade, foram homenageados os soldados Herik, destaque como melhor Atirador Combatente; Rodrigo, destaque do IIB; e Reis e Trindade, destaques do EBCS.
A solenidade voltou a contar com a presença dos familiares depois de dois anos de pandemia. “Hoje estamos celebrando vitórias. Faz dois meses que os candidatos ao serviço militar adentraram pelo portão deste quartel para um grande desafio. Nesse período de formação básica, aprenderam na prática o sentido de patriotismo, a real noção do que é o nosso Exército Brasileiro e o dever e responsabilidade junto à nossa sociedade”, explicou o Coronel Luciano da Silva Melo, Comandante da B Adm Ap CMN.

Grupo Atlântica Matapi celebra parceria inédita na exportação de madeira para Índia

A madeira da teca produzida no Pará vai movimentar o Porto de Belém

O diretor de operações do Grupo Atlântica Matapi, Carlos Pinto, esteve em Redenção, no Sul do Pará, visitando as florestas de teca (tectona grandis) das fazendas sob gestão do grupo TRC, empresa brasileira especializada em gestão de ativos florestais. Carlos foi recebido por Luan Lima, coordenador de logística e exportação, e João Lucas, diretor de operações da TRC.
Em uma das florestas que ficam no distrito redendense Casa de Tábua, a 900 km da capital Belém, foi possível conhecer parte dos 20 mil hectares de produção da madeira largamente consumida pela Índia. Atualmente, é viável exportar cerca de 250 mil metros cúbicos da madeira por ano. Os números são tão grandiosos que as fazendas sob administração da TRC poderiam abastecer o mercado indiano por mais de 30 anos.


Com a solução logística apresentada pela Matapi, será possível exportar a produção de madeira para o mercado indiano a partir do Porto de Belém, a exemplo do que aconteceu na parceria entre o operador logístico, Companhia Docas do Pará (CDP) e Soreidom, em março e abril, quando o porto da capital voltou a embarcar madeira depois de 20 anos. O embarque-teste está previsto para junho e deve movimentar 10 mil toneladas de teca, o equivalente a 12 mil metros cúbicos. Com o volume da produção em Redenção, será possível fazer embarques mensais. “Essa nova parceria traz desenvolvimento para o Porto de Belém. Acredito que a função do operador portuário é trazer parceiros ao porto”, comenta Carlos Pinto (FOTO).
Além do Porto de Belém, o Porto de Outeiro poderá ser uma opção para viabilizar a exportação de teca. “Pensando no futuro, uma operação de embarque pelo Porto de Outeiro para navios maiores, com 30 mil toneladas”, projeta o diretor do Grupo Atlântica Matapi.

Mares & Rios

Amanhã, às 9h30, no 2º Batalhão de Infantaria de Selva (2ºBIS), o Comandante Militar do Norte, general de Exército João Chalella Júnior estará presidindo a solenidade alusiva ao Dia da Vitória, uma reverência eterna a bravura das Forças Armadas Brasileira na 2ª Guerra Mundial.

O Centro de Instrução “Almirante Braz de Aguiar” (CIABA) apoiou o Curso de Sobrevivência no Mar, que foi desenvolvido para aprimorar as técnicas de sobrevivência em ambientes costeiros e em emergência no mar. Durante o curso, foi disponibilizada a infraestrutura do CIABA para a realização do treinamento, que contou com a participação de 37 tripulantes das Unidades Aéreas subordinadas à Base Aérea de Belém, além de um tripulante do Grupamento Aéreo de Segurança Pública do Pará. Segundo o Comandante da Base Aérea, coronel Ricardo Bevilaqua Mendes, a parceria com o CIABA contribuiu com as ações desenvolvidas pela FAB.

Nesta sexta-feira, às 18h30, tomará posse para o triênio 2022/2025 a diretoria colegiada do Sindicato dos Operadores Portuário do Estado do Pará, entidade que representa um setor de relevante importância para o setor portuário paraense. O atual presidente, Ruy Lourenço, foi reconduzido por aclamação para este novo mandato. Sucesso!

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ) realizou, nesta terça-feira (3), no Centro de Cultura e Turismo Sesc Ver-o-Peso, o fórum “Navegue Seguro”. Durante o evento, foi realizado o lançamento do primeiro aplicativo da Agência “Navegue Seguro” que permitirá a consulta de empresas e embarcações de transporte de passageiros e/ou cargas que são autorizadas pela autarquia. Também foi apresentado ao público o painel da navegação, que trouxe dados e informações sobre as Empresas Brasileiras de Navegação (EBN) outorgadas pela Agência, além das respectivas frotas.

Na última segunda-feira (02), o governador Helder Barbalho autorizou a construção do novo terminal hidroviário público que auxiliará na melhoria da mobilidade em Icoaraci e Outeiro e colocará Belém na rota dos grandes cruzeiros nacionais e internacionais. A previsão inicial é que as obras comecem ainda no fim do primeiro semestre, após contratação da empresa vencedora da licitação. No ato de assinatura estiveram presentes o presidente da Companhia de Portos do Pará (CPH), Abraão Benassuly, e o deputado estadual José Priante, autor da emenda parlamentar que destinará R$ 10 milhões para a obra.

No dia 30 de abril, uma representação de alunos da Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (EFOMM) participou do workshop de “Orientação Profissional”, no Colégio Integrado, em Belém. Na ocasião, os alunos da EFOMM esclareceram a forma de ingresso no CIABA, tiraram dúvidas e mostraram por meio de fotos e filmes as instalações da “Universidade do Mar”. (LOP).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next