CONVÉS PRINCIPAL – Professora Maria do Carmo Maia recebe título de Cidadã Honorária de Brasília.

No dia 10 de Maio, a ilustre professora Maria do Carmo Maia foi agraciada com o Título de Cidadã Honorária de Brasília, em Sessão Solene realizada na Câmara Legislativa do Distrito Federal.
A professora Maria do Carmo possui vasto currículo no campo da educação, com inúmeros trabalhos sociais realizados em prol da comunidade de Brasília, onde é querida.
Ela já foi reconhecida pela nossa Força de Mar, com o agraciamento da Medalha Amigo da Marinha, pelos relevantes serviços prestados, dos quais podemos destacar o Projeto “Soldado Cidadão”, que dá oportunidades a muitos conscritos da Marinha e demais forças a terem uma profissão após o cumprimento do Serviço Militar obrigatório.
Além de diversas autoridades civis e militares, também esteve presente ao evento o Capitão de Cabotagem Alla Moreira, representando nossa Marinha Mercante Brasileira. (Texto e Foto: Allan Moreira).

18 de Maio – Comemorado o “Dia Internacional da Mulher no Mar”

18 de Maio – Dia Internacional da Mulher no Mar.

No último dia 18 de Maio de 2022 foi celebrado o “Dia Internacional da Mulher No Mar”, data importante instituída pela “Organização Marítima Internacional” (IMO), sendo comemorada pela primeira vez em toda a história.
Hoje, no mundo marítimo, temos várias representantes do segmento feminino exercendo importantes funções, sejam a bordo ou em terra. Destaca-se que executam suas atividades com profissionalismo e competência.
No Brasil não poderia ser diferente. Temos a Capitã de Longo Curso Hildelene Lobato Bahia, que foi a primeira Comandante a exercer a função a bordo de navios de grande porte. Destacam-se também as Comandantes Vanessa Cunha, na “Log-In”, e Simone Lopes, na “Mercosul”.
Também temos grandes Chefes de Máquinas exercendo atualmente suas funções como a OSM Tássya Brito, na “log-In”, e Marília Mazzer, em uma empresa do estatal.
O colunista deseja sucessos a todas as mulheres do mar e congratula pelo seu dia comemorativo.

Capitão de Longo Curso ministra palestra para alunos da rede pública.

CLC Gondar com professores e alunos

O Capitão de Longo Curso Francisco César Monteiro Gondar ministrou importante palestra para os alunos de colégio pertencente à rede pública, na cidade de Nilópolis, em 19 de Maio de 2022.
Com os temas sobre “A importância do Comércio Mundial Marítimo, Conjuntura Atual de nossa Marinha Mercante Brasileira e a representação brasileira na IMO estabelecida em Londres”, os alunos conheceram a história e importância do transporte marítimo no contexto mundial, bem como as formas de ingressar na carreira.
Recentemente o Comandante Gondar foi agraciado com duas comendas importantes: a “Medalha Heróis da Guerra dos 6 Dias” e a “Medalha Jubileu de Brilhante da Vitória”. Ele é uma das grandes expressões da Marinha mercante Brasileira.

Por Imediato Ricardo Mendonça: Estress.

Cuidado com o estresse, principalmente a bordo.

Entende-se por estresse ocupacional, a diminuição da capacidade de adaptação as exigências do ambiente de trabalho, causando o desgaste físico, emocional e psicológico do organismo. Quando recorrente, pode levar ao surgimento de doenças mentais como a depressão e transtornos da ansiedade.
A resposta ao estresse é gerada pela forma como cada pessoa percebe a situação. É sabido que fatores genéticos e ambientais também podem influenciar a percepção individual. Porém, a forma como a pessoa se coloca nas relações interpessoais e como se relaciona com o seu trabalho, pode favorecer o surgimento do estresse ocupacional.
Há pessoas que face às exigências e sobrecarga de trabalho tendem a trabalhar ainda mais, agravando os sintomas de estresse. Quando sentimos que estamos prestes a atingir o limite é preferível não forçar e saber parar, assim restauramos as energias. Trabalhar em excesso muitas vezes é uma fuga de situações que não gostaríamos de enfrentar, e que por si só já causa estresse.
ESTABELEÇA METAS E OBJETIVOS PROFISSIONAIS:
A capacidade de manter-se motivado na sua profissão envolve a consciência de suas qualidades, potencialidade e necessidades. Muitas frustrações acontecem, pois temos a impressão que nossos esforços são maiores do que o reconhecimento pretendido. É fundamental perceber as situações difíceis como um desafio e acreditar nas qualidades e competências para ultrapassar as dificuldades. Tenha metas e saiba onde quer chegar, traçando o caminho para alcançar seus objetivos.

RUMO CERTO

  • O 1º Oficial de Náutica Daniel Moura embarcou, assumindo a função de Imediato no navio da “log-In”, em Santos (SP). Bom embarque ao amigo.
  • O Major do Quadro de Combatentes da Polícia Militar do Pará (PMPA), Juniel Costa Maciel, foi condecorado com a “Medalha Ciquentenário das Forças de Paz no Brasil”, em Cerimônia realizada na Câmara Municipal de Duque de Caxias no último dia 20 de Maio.
  • Outro grande amigo que será condecorado é o colunista Luiz Omar Pinheiro, com a “Medalha do Mérito Aeronáutico”. Merecido. Parabéns pela comenda.
  • O Colunista agradece as várias mensagens recebidas dos leitores por ocasião da passagem de comando do NT “André Rebouças”. Sem dúvidas nenhuma, todos foram nossos navegadores virtuais.
  • Hoje, estarei com o CLC Gondar no “Centro dos Capitães da Marinha Mercante” (CCMM), para rever o amigo.
  • Ainda pela noite, o colunista estará voando para a belíssima Cidade das Mangueiras, onde aterrissará na madrugada de terça-feira. Finalmente retornando para a terrinha papa-chibé.

NAVEGANDO

O mau tempo que atingiu as regiões sul e sudeste do país deixaram as barras dos portos fechadas, como a de Santos e São Sebastião, no Estado de São Paulo, atrapalhando as operações dos navios, que tiveram interrupções. As temperaturas caíram bastante, com ventos fortes e mar agitado.

No último dia 08 de Maio foi comemorado o “Dia da Vitória”. Há Setenta e sete anos ocorria o triunfo dos países aliados sobre as forças nazifascistas na Europa. Essa data relembra o fim da Segunda Guerra Mundial, por isso é tão importante para a história da humanidade. Marinheiros, soldados e aviadores combateram por nossa liberdade.

Por falar nessa guerra, no inicio o Brasil era neutro. O afundamento de nossos navios da Marinha Mercante e de Guerra, ceifando 1.474 vidas, levou nossa população a clamar, fazendo com que o governo brasileiro aderisse ao esforço de guerra dos países livres. “A cobra vai fumar”. E fumou.

Nos campos de batalhas e nos mares, até em nossa própria costa, o sangue dos nossos militares foi vertido e muitos pagaram, com a própria vida, pela liberdade que nós herdamos. Jamais devemos esquecer os feitos daqueles que lutaram e são os heróis de ontem, hoje e sempre.

Conforme noticiou o site “Defesa em Foco”, a companhia área “Gol” retomou os serviços de bordo nos voos domésticos, a partir do último domingo (22). O colunista, que viajou nessa companhia de São Paulo para Belém, pôde comprovar os fatos. É verdade.

No dia 11 de Maio, a “Capitania dos Portos da Amazônia Oriental” (CPAOR), Organização Militar sob jurisdição do Comando do 4º Distrito Naval, realizou o Fórum Permanente de Segurança do Tráfego Aquaviário da Amazônia Oriental 2022, em Belém (PA). A reunião contou com as presenças de diversas personalidades civis e militares. O Capitão de Mar e Guerra André Luiz Martini Vieira e sua tripulação vêm se destacando à frente dessa OM.

Todos os jovens e adultos estão ansiosos pelo lançamento do filme “Top Gun – Maverick” que estreará nesse mês de maio. O primeiro filme foi um sucesso de bilheteria. E até os dias de hoje encantam gerações pelo enredo e ousadia dos militares da Marinha.

A “Escola Superior de Guerra” (ESG) tem novo Subcomandante. Assumiu o General de Brigada Himario Brandão Trinas no lugar do Contra-Almirante Cassiano Marques. Cabe destaca que essa instituição tem a passagem de diversos Oficiais da Marinha Mercante em seus cursos.

O Exército Brasileiro também atua nos meios fluviais da nossa região amazônica. Recentemente uma embarcação transportando suprimentos desatracou do “Centro de Embarcações do Comando Militar da Amazônia” (CECMA), com destino às guarnições de Tefé e Tabatinga, no Amazonas.

O colunista passou o Comando do navio “André Rebouças”, após 103 dias de embarque, com navegações e operações pelas cidades de Angra dos Reis-Brasil, Sines-Portugal, Galveston-Estados Unidos, finalizando em São Sebastião, novamente no Brasil. Assumiu o Comando o Capitão de Longo Curso Luciano Santos Rodrigues. Agora é hora do merecido descanso. (RM).

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next