NAVEGAÇÃO EM FOCO – CMN terá novo comandante

O futuro general de exército Costa Neves

Em agosto, o general de exército, João Chalella Júnior irá transmitir o cargo de comandante do Comando Militar do Norte (CMN) ao futuro general de exército, Ricardo Augusto Ferreira Costa Neves.
Após passar um ano à frente do CMN, Chalella seguirá para Brasília, onde vai assumir o cargo de chefia do Departamento Geral do Pessoal. Durante a passagem em Belém, o general foi o principal incentivador do projeto “Conheça seu Exército”, que tem como objetivo divulgar as ações do Exército Brasileiro e ressaltar as peculiaridades da profissão militar.
Costa Neves, que atualmente é sub-comandante de operações terrestres (SCmt Op Ter), será promovido a general de exército no próximo dia 31 de julho, ou seja, antes de assumir o Comando Militar do Norte.
Aliás, o CMN completou 9 anos no último domingo. Criado em 26 de junho de 2013, é responsável pela defesa e proteção da Amazônia Oriental, com quartéis instalados nos Estados do Pará, Maranhão, Amapá e Tocantins. Com um efetivo de 9.561 militares, o Comando possui 30 organizações espalhadas nos quatros Estados, para atender as necessidades da região.
O CMN participa de diversas operações nas faixas de fronteira, a exemplo da recém-realizada Operação Ágata Norte 2022, de combate ilícitos transfronteiriços e ambientais. O Comando também emprega esforços em ações de socorro às vítimas de enchentes e, desde, 2020 atua na Operação Covid-19, com suporte na aplicação de vacinas, descontaminação de ambientes e transportes de usinas e cilindros de oxigênio.

Visita técnica da ATP em Belém

Murillo Barbosa, diretor–presidente da ATP

A Associação dos Terminais Portuários Privados (ATP), que tem como diretor presidente o vice-almirante (R1) Murillo Barbosa, estará realizando reunião de conselho e também uma vista técnica aos principais portos da região do rio Amazonas. Na manhã de hoje, visita aos terminais da Unitapajós, HBSA, Porto da CDP E TGPM, todos localizados no complexo portuário de Vila do Conde, em Barcarena. Pela parte da tarde, será realizada a reunião do conselho diretor e assembleia no auditório do escritório da TGPM. O encerramento, às 20h, será servido um jantar aos membros do conselho e convidados.
A ATP foi criada em 24 de outubro de 2013 para representar os interesses e atuar em defesa do segmento portuário privado e na modernização dos portos brasileiros. Atualmente, representa 30 empresas de grande porte e congrega 60 Terminais de Uso Privado (TUP) do País e tem como foco um trabalho de articulação constante com o governo, entidades públicas e privadas para garantir segurança jurídica e um ambiente de negócios favorável ao investimento. Promove a participação ativa do empresariado nas discussões técnicas e jurídicas com o objetivo de contribuir para o crescimento dos Terminais de Uso Privado no Brasil.

Mares & Rios

A cerimônia de encerramento do Curso de Mestrado em Ciências de Defesa e Segurança Interamericanas, do Colégio Interamericano de Defesa (CID), nos Estados Unidos da América (EUA), aconteceu nesta sexta-feira (24/06). Entre os formandos estavam os coronéis aviadores James Souza Short e Luciano Fontana Lima. O curso reuniu 58 estudantes civis e militares de 14 países do continente americano.

Nesta quinta, encerram as inscrições para o seminário “O Movimento da Independência: Ontem e Hoje / 200 Anos de Independência do Brasil”, que será realizado de 28 a 30 de junho, na Câmara dos Deputados. O evento tem como objetivo refletir sobre o projeto de país que vem sendo construído desde 7 de setembro de 1822. As inscrições devem ser feitas na página do evento no portal da Câmara. O encontro terá transmissão ao vivo pelo canal da Câmara no YouTube.

No próximo dia 22 de julho, estará acontecendo a troca de comando na Capitania dos Portos do Amapá, quando o capitão de mar e guerra Kaysel Ribeiro, após dois anos a frente da Capitania transmitirá o cargo para o capitão de fragata João Batista da Conceição Reis.

A solenidade cívica militar em comemoração do 9º aniversário do Comando Militar do Norte, estará ocorrendo no próximo dia 30 de junho, no Batalhão de Infantaria Selva (2ºBIS).

O veleiro Kûara chegou a Belém na segunda-feira. A última parada de uma jornada que durou quase dois anos. A tripulação é formada pelo líder da expedição Olímpio Guarany, a esposa Bia Oliveira e Boris, o cachorro “o velejador” – atração à parte nas publicações da aventura nas mídias sociais. A chegada ocorreu na Direct Marina.

Jander Travassos acompanhando de perto um embarque de soja no terminal da Hermasa.

Da equipe pioneira que iniciou o projeto de embarque de grãos no terminal da Hermasa, em Itacoatiara, em 1997, apenas um integrante continua em atividade: Jander Travassos dos Santos, que na época era operador de sala de controle e hoje ocupa o cargo de especialista em operações terminais. Vale ressaltar que Jander tornou-se uma referência nas operações de embarque de grãos nos terminais da região Amazônica.

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Previous
Next